16 novembro 2019

Resenha: Quando ela desaparecer - Victor Bonini

em 16 novembro 2019

Comente aqui

“Qual a arma mais letal do mundo? Os segredos das pessoas."
Do autor de O CASAMENTO e COLEGA DE QUARTO.
Uma garota de dezesseis anos desaparece durante uma excursão escolar. Mas não se trata de qualquer garota. Dois anos atrás, ela esteve à beira da morte, e quando foi encontrada, ninguém acreditou que sobreviveria.
Agora, há dois meses desaparecida, não restam dúvidas de que esteja morta. Rastros de sangue e um colar arrancado são as únicas pistas. Pressionados, os policiais estão desesperados por respostas, mas ninguém na longa lista de suspeitos parece ter forte motivação para cometer um crime.
Até que o caso vira de cabeça para baixo e segredos muito bem enterrados emergem para revelar o lado cruel de um lugar aparentemente tranquilo. No meio de tantos possíveis culpados, os inocentes é que estão mais aflitos… porque alguns deles começaram a morrer.



                                                Ficha Técnica Da Obra
Páginas: 272 | Ano: 2019 | Idioma: Português | Editora: Faro Editorial | ISBN: 9788595810587 | Gênero: Suspense e Mistério / Literatura Nacional / Ficção | Skoob | Livro gentilmente cedido em parceria com a editora.

                          Compre: ♥AMAZON SUBMARINO AMERICANAS 



Meia hora depois, o diretor e o professor de biologia encerraram o intervalo e chamaram os alunos para fazer uma fila. Era o fim do passeio. Mas no momento de contar os nomes, perceberam que faltava um. Quem? Demorou até que dessem pela ausência dela, talvez porque Kika não tinha amigos que sentissem sua falta.
Reencontramos o investigador Conrado Bardelli, em mais um caso misterioso e cheio de surpresas. Trazendo flashbacks, investigações, arquivos de jornais, iniciamos a história. O crime já consumado e resolvido, porém, temos o miolo desse caso. Todos os personagens, fatos e suspeitos ainda são completamente novos, e muita coisa acontece até entendermos finalmente o por que de tudo.

Conhecemos neste livro, a história de Kika, uma adolescente de 16 anos que não teve um começo de vida fácil. Passou por um grande baque, depois quase foi morta, e agora, sem mais nem menos, desaparece. Essa quantidade de coisa ruim na vida de uma jovem faz com que a gente se pergunte o que pode estar acontecendo de tão ruim com ela.

O autor tem uma habilidade tamanha em nos fazer hipnotizados pelo mistério, te entrega certas informações e pistas, mas deixa sempre algo no fim de cada capítulo que não te deixa esquecer a leitura. A pista fica martelando na sua mente, te fazendo criar possibilidades e teorias, o que, pra mim, leitora de suspenses há muitos anos, é simplesmente apetitoso demais! 



Segui por ali, entre o mato, pisando em poças que me fizeram molhar o calcanhar. Me dei conta de que me distanciava do caminho e da presença de outras pessoas.
Com uma velocidade vertiginosa, a história de desenrola de maneira muito bem construída e quando você tem certeza de que encontrou o culpado, está bem enganado! 
Gosto de como há milhares de pistas falsas e reviravoltas que são o tempero do mistério e  culminam em mais um final surpreendente e, definitivamente, muito bem amarrado.
Recomendo a todos, e a principalmente aos leitores de suspenses policiais. Este livro não deixa nada a desejar pra nenhum romance internacional super famoso, tanto que os direitos do livro foram comprados para fazerem uma série. 



A edição da Faro, como sempre, muito caprichada! Simples e leve, as ilustrações e os arquivos policiais e jornalísticos dão um toque ainda mais legal pra essa história fantástica!

— Geralmente, num caso assim, a gente mergulha nos arredores e consegue pelo menos alguma coisa: um indício de pra onde a pessoa foi, câmera mostrando onde ela passou, testemunha que viu. No caso da Kika, não tinha nada, nada. Ficávamos olhando um pro outro, tentando entender, “gente, o que aconteceu aqui?”. É que, claro, não sabíamos ainda o tamanho da coisa.

0 comentários :

Postar um comentário

TOPO