26 julho 2019

Resenha: O Oitavo Vilarejo (As Aventuras de Tibor Lobato # 1) - Gustavo Rosseb

em 26 julho 2019

18 comentários

Depois de perder os pais num terrível incêndio e passar dois anos num orfanato, Tibor Lobato e a irmã Sátir são encontrados pela avó e vão morar em seu sítio, onde fazem amizade com Rurique, bom conhecedor das lendas e histórias do lugar. Na época da quaresma, coisas muito estranhas acontecem na região. Seres fantásticos e assombrações passam a aterrorizar os habitantes dos Sete Vilarejos.

Os amigos começam a correr perigo quando descobrem segredos sinistros que ligam a família dos irmãos a esses seres fantásticos e a um lendário Oitavo Vilarejo. A partir daí, inicia-se uma aventura cheia de magia, que os levará a reconhecer e valorizar virtudes como lealdade, coragem, esperança e amizade.



Ficha Técnica Da Obra
Páginas: 224 | Ano: 2016 | Idioma: Português | Editora: Jangada | ISBN: 9788555390449 | Gênero: Aventura / Fábula / Fantasia / Ficção / Infantojuvenil / Literatura Brasileira | Skoob

Compre: AMAZON  SUBMARINO AMERICANAS 





Quem acompanha o blog lá no Instagram deve ter visto eu comentar sobre essa leitura essa semana, e viu o quanto esse livro é especial pra mim, pois li ele em 2011, e fazer essa releitura foi uma coisa muito bacana e trouxe vários sentimentos legais a tona.

No primeiro livro da trilogia vamos ser apresentados a Tibor Lobato e sua irmã Sátir, dois órfãos que perderam seus pais em um grande incêndio, e que depois de anos vivendo em um orfanato acabaram encontrando a avó, uma senhorinha muito amorosa que vive em um sítio cheio de aventuras para os garotos.

Eles acabam fazendo amizade com Rurique, um garoto que ajudava a avó deles nas tarefas do sítio, e é através de Rurique que eles vão descobrir que ali nos setes vilarejos a época da Quaresma é algo bem assustador, repleto de seres mágicos que apavoram todos os moradores da região.

Os jovens logo de cara não acreditam muito em Rurique, mas conforme a Quaresma começa e coisas estranhas começam a aparecer, Tibor e Sátir junto com o novo amigo vão aprender que as histórias são muito mais reais que eles imaginam, e que sua família está ligada a todos esses acontecimentos.



"Vocês precisam saber que existem coisas que não dá para explicar com palavras ... E preciso ver para entender"

O Oitavo vilarejo é o primeiro livro das aventuras de Tibor Lobato, uma trilogia juvenil que explora com louvor todos as lendas do folclore brasileiro, uma fantasia nacional que deveria estar nas estantes das escolas por aí para ensinar os jovens a valorizar mais a nossa cultura, mostrando que seres como o Saci, o Boitatá, a Pisadeira ou a Mula-Sem-Cabeça podem sim compor histórias de fantasia e aventura de um jeito muito bacana.

Eu tenho uma ligação muito bacana com essa história, pois li ela lá trás em 2011 junto com a minha avó, e como morei com ela e meu avô durante a maior parte da minha vida, eu cresci ouvindo deles histórias sobre a Mula-sem-cabeça, o Curupira... Histórias onde eles juravam de pés juntos que viram esses seres quando moravam no Paraná na roça, e ler uma história com esses personagens, com essa ambientação de interior sempre trás essas minhas memórias a tona, e me dá muita saudade desses momentos com meus avós, pois infelizmente meu avô (que viu o Curupira enquanto caçava) já faleceu, e minha avó está bem velhinha e não lembra das coisas tão bem mais.

Mas reler essa história foi uma experiência mágica, e isso acontece porque Gustavo escreve de um jeito fácil, uma aventura com esses três amigos curiosos e que tem uma coragem gigantesca - que o mete em confusões o tempo todo! O autor consegue colocar muito bem o leitor naquela história, deixando-nos com um leve medo nas cenas mais apavorantes e apreensivos para saber o que mais irá acontecer naqueles quarenta dias.

Vemos muitos seres do Folclore Brasileiro na história, e eles são inseridos de uma maneira fantástica, sem distorcer sua história ou curvar a narrativa para que sejam apresentados. Enquanto lia fui relembrando de alguns desses seres mágicos e outros quando acabei de ler já fui procurar mais das suas histórias, e fiquei pensando o quanto desvalorizamos nossa própria cultura que é tão rica, e que deveríamos aprender mais dela enquanto crescemos.

O livro é repleto de aventuras, cenas que deixam o leitor apreensivo ou que trazem uma sensação de nostalgia muito grande ao ver os três amigos se divertindo de maneiras tão simples naquele sítio. A história não é corrida e você mal percebe o tempo passar enquanto embarca junto aos personagens, e apesar de o livro ter um final "fechado" você fica bem curioso ao terminar essa história pois quer saber o que acontecerá na próxima Quaresma, e que confusão esses garotos vão arrumar nos próximos livros.

Enfim, vou parar por aqui porque como sempre já escrevi demais. Mas não posso deixar de recomendar essa história a vocês, principalmente se gostam de um bom livro de fantasia juvenil. A história é rápida, leve e para todas as idades, e além disso ensina muito sobre o Folclore Brasileiro de uma maneira muito natural, e como infelizmente não temos muitos livros dessa temática por aqui, já vale a leitura só pelo tema.

A trilogia inteira está publicada pela Editora Jangada, e o primeiro livro está disponível no Kindle Unlimited para vocês alugarem, então se tiverem oportunidade recomendo muito que façam essa leitura, não vão se arrepender.

18 comentários:

  1. Que bacana você descrever a sua relação com esse universo e que bom que a releitura te fez feliz outra vez. Eu ainda não conhecia o autor, mas fiquei animada em ter a mesma experiencia que você.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Eu to amando essa nova capa, antes ele acaba sumindo entre os livros e agora chama mais atenção, indiquei O Oitavo Vilarejo no meu Clube do livro e fez bastante sucesso, também cresce com meus avós por perto então ouvi várias dessas lendas, e fico muito feliz que um autora tenha dado voz a elas.

    wwww.coisasdemineira.com

    ResponderExcluir
  3. Eu to amando essa nova capa, antes ele acaba sumindo entre os livros e agora chama mais atenção, indiquei O Oitavo Vilarejo no meu Clube do livro e fez bastante sucesso, também cresce com meus avós por perto então ouvi várias dessas lendas, e fico muito feliz que um autora tenha dado voz a elas.

    wwww.coisasdemineira.com

    ResponderExcluir
  4. É tão gostoso reler histórias que mexeram tanto com a gente né?
    Eu não conhecia essa trilogia! Já fiquei com vontade de conhecer Tibor e Sátir *_*

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Ahhh, que demais essa dica! Eu adoro esse tipo de livro mais juvenil, são sempre histórias divertidas e gostosinhas de serem lidas. Não conhecia essa triologia ainda, mas fiquei louca para ler. Adorei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  6. Oi, eu ainda não conhecia essa história, mas achei ela tão fofinha, que já fiquei com muita vontade de ler. Com certeza esse vai ser um dos livros em que vou trabalhar com meus alunos, eles sempre reclamam das leituras obrigatórias, pq elas são chatas e maçantes, acredito que um livro assim vai chamar bastante a atenção deles.

    Beijos,

    Books and Movies
    www.booksandmovies.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá!

    Esse livro é ótimo para quem gosta de fantasia e de explorar mais a respeito da cultura brasileira.
    Só de ter essa pegada de aventura com seres mágicos já me chamou a atenção. Pelo visto foi uma ótima leitura para você.

    Beijos,
    www.pactoliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Um livro que aborda sobre o folclore brasileiro é quase uma raridade, né? Ao menos eu não conhecia nenhum que abordasse. Gostei de conhecer sobre o livro, sua opinião super empolgante e o fato de ser juvenil e fantasia já me conquistou. Quero conhecer!

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  9. Oi, eu amo histórias mais juvenis e também amo histórias que tragam nosso folclore, então já estou com muita vontade de ler esse livro, bom saber que tem o primeiro para pegar no kindle unlimited. Ótima resenha.

    ResponderExcluir
  10. Você me deixou nostálgica, pois também fez eu me lembrar da minha avó, que contava várias lendas, principalmente sobre a "mula-sem-cabeça". Eu sentia medo, mas também ficava fascinada! Infelizmente, minha avó se foi já faz dezessete anos e o tempo não fez a dor passar.

    O livro também me lembrou muito O Sítio do Picapau Amarelo, que eu assistia sempre e me dá uma saudade enorme! Sempre fui fã do nosso folclore, das lendas fantásticas, de toda essa coisa de interior, essa coisa simples, mas ao mesmo tempo rica em cultura.

    Fiquei com vontade de ler o livro! Muita vontade mesmo de acompanhar as aventuras desses amigos durante a Quaresma. Vou considerar lê-lo em breve.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  11. Que coisa mais gostosa ler essa resenha, poxa vida! Quando amamos uma história é realmente uma delicia reler ela um tempo depois, né? Não conhecia essa obra mas sua resenha me proporcionou tantos bons sentimentos que fiquei super curiosa hahaha.

    ResponderExcluir
  12. Oiiee


    Eu adoro livros juvenis recheados de aventura e ação, essa trilogia me lembrou de outros livros que eu li há tempos e super amei. Não conhecia essa série, mas ja está aqui anotadinha pra conferir assim que surgir a oportunidade.

    Beijos, Alice

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  13. Oie, tudo bem? Ah, que indicação mais nostálgica. Confesso que conforme fui lendo lembrei dos livros que pegava na biblioteca quando estava na 6ª/7ª série. Esse gênero infanto juvenil sempre traz histórias gostosas e fáceis de ler. A edição é diferente, a escrita do autor tem um jeito todo especial de cativar o leitor, fiquei bem curiosa para conhecer. Já anotei na minha lista. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem?

    Eu já conhecia o livro por meio do Grupo Editorial Pensamento, mas não realizei essa leitura ainda, quem sabe no futuro? Gostei da sua resenha, ficou bem escrita e organizada, fico contente que gostou da obra. Dica anotada!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  15. Sempre fui fã de aventuras fantásticas assim e há algum tempo venho querendo ler essa série. Adorei saber que a história toda é permeada pelo folclore brasileiro e isso me deixou ainda mais animada. Por enquanto o tempo está curto, mas vou tentar incluir pelo menos o primeiro livro na minha fila de leituras!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  16. Oiê, não conhecia esse livro, mas ao ler sua resenha me vi completamente cativada pela história. Amei saber que ele está disponível no Kindle Unlimited, vou alugar ele lá!
    Parabéns pela resenha e obrigada pela dica!!!

    ResponderExcluir
  17. Gostei demais de conhecer essa obra aqui, é um estilo de leitura que gosto muito e fiquei bem curioso com essa história que me despertou o interesse de lê-la na íntegra.

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Reler história que mexeram com a gente é algo que gosto muito, sinto isso toda vez que relio Harry Potter. É como se tivesse descobrindo o mundo novamente rs' eu já vi essa série, mas ainda não consegui ler, adoro essas aventuras, são deliciosas e quero ler sim. Bom saber que tem no kindle, já vou colocar na biblioteca rs'

    beijos!

    ResponderExcluir

TOPO