09 janeiro 2019

Resenha: Amor em Manhattan - Sarah Morgan (Para Nova York, com amor #1)

em 09 janeiro 2019

22 comentários

Um romance brilhante sobre três amigas que decidem abraçar a vida – e o amor – em Nova York. Calma, competente e organizada, Paige Walker adora um desafio. Depois de passar a infância em hospitais, ela quer mais do que tudo provar seu valor – e que lugar pode ser melhor para começar sua grande aventura do que Nova York? Mas quando ela perde seu emprego dos sonhos, Paige vai descobrir que o maior desafio será ser sua própria chefe! Só que abrir sua própria empresa de organização de eventos e concierge não é nada comparado a esconder sua paixonite por Jake Romano, o melhor amigo do seu irmão e o solteiro mais cobiçado de Manhattan. Mas quando Jake faz uma excelente proposta para a empresa de Paige, a química entre eles acaba se tornando incontrolável. Será que é possível convencer o homem que não confia em ninguém a apostar em um feliz para sempre? O primeiro livro da série para 'Nova York, com amor' traz um enredo empolgante e divertido, com personagens superando situações inusitadas em busca do seu final feliz.

                                                               Ficha Técnica Da Obra
Páginas: 384 | Ano: 2018 | Idioma: Português | Editora: Harlequin | ISBN: 9788539825394 | Gênero: Chick-lit / Ficção / Literatura Estrangeira / Romance | Skoob | Recebido em parceria com editora

                                   Compre: AMAZON SUBMARINO AMERICANAS


                                           
Mas Paige queria aquele emprego. O emprego que amava. O emprego que batalhou para ter. A boca de Paige estava tão seca que era difícil falar. O coração batia forte, lembrete brutal de quão frágil era sua vida. Naquela mesma manhã, se sentia a dona do mundo, mas agora o controle de tudo fugia de suas mãos. Outras pessoas estavam decidindo sobre o futuro dela. A portas fechadas.

Paige Walker e suas amigas Eva e Frankie trabalham na mesma empresa de planejamento de eventos em Manhattan. Paige acredita que ela está prestes a receber uma promoção, mas em vez disso sua chefe - um verdadeiro demônio - a demite, dizendo que a empresa está diminuindo o quadro de funcionários. Paige logo descobre que Eva e Frankie foram demitidas também. No terraço do prédio onde moram, naquela noite, uma celebração planejada para comemorar as promoções se transforma em um velório.

A festa se torna mais lamentável para Paige quando seu irmão, Matt - o dono da casa - e seu melhor amigo, Jake Romano, aparecem. Paige tinha uma queda por Jake na adolescência, e em um certo momento, se jogou nua á sua frente e disse a ele que o amava, apenas para ser rejeitada. Como adultos, o relacionamento deles é de constante briga, com Jake parecendo entrar em seu caminho apenas para a irritar. Nesta noite em particular, Jake desafia Paige a formar sua própria empresa de planejamento de eventos, juntamente com Eva e Frankie. Embora hesitantes no início, as três decidem formar um serviço de concierge pessoal chamado Gênio Urbano.

As três mulheres têm sido amigas desde que cresceram na Ilha Puffin (o cenário de livros anteriores da autora). Paige é competente e eficiente, e suas amigas a escolhem para liderar a nova empresa. Nascida com um problema cardíaco, Paige passou grande parte de sua infância dentro e fora dos hospitais, fazendo-a determinada a ser independente e ter sucesso quando adulta. Ela é forte, mas também é inteligente e simpática. Eva e Frankie também têm histórias interessantes, e eu gostei das duas. Claro, elas são como opostos polares. Eva confia em todos e está à procura de amor, Frankie não acredita no amor e não confia em ninguém. Mas nós conseguimos ver o suficiente de suas personalidades e habilidades para definitivamente querer ler suas histórias.

- Eva - VOCÊ PRECISA QUEIMAR SUA camisa da sorte! De pé no terraço do prédio de arenito em que as três moravam no Brooklyn, por sobre a grama que balançava suavemente sob o vento, Paige olhava fixamente para o topo dos prédios brilhantes do centro de Manhattan. (..) Subir ali quase sempre a acalmava. Mas não naquele dia.

Tirar a empresa do papel se mostra mais difícil do que imaginou Paige, com tão poucas reservas. Finalmente, suas amigas a convencem a pedir ajuda de Jake - o dono de uma corporação multimilionária. Paige vai até Jake, não por si mesma, mas porque está preocupada com as necessidades financeiras das garotas. Jake não oferece apenas conselhos, ele as contrata para fazer um evento de alto nível em um mês, com um orçamento praticamente ilimitado. Jake também lhes dá um espaço para um escritório em seu prédio, colocando ele e Paige em contato regular.

Paige ainda se sente atraída por Jake, mas acredita que ele pensa nela apenas como uma irmã. Um incidente sexy no elevador prova que ela está errada. Nas mãos de um escritor menos qualificado, Jake pode ser um clichê. Um dos solteiros mais cobiçados da cidade, ele nunca fica com nenhuma mulher por mais de um mês, e é apenas sexo para ele. Mas aprendemos que há muito mais nele, muito mais na sua história complicada. E fica claro que ele é um bom amigo para todas as mulheres e um filho amoroso para sua mãe adotiva. E as lembranças sobre as visitas de um jovem Jake a Paige no hospital estão retornando com força.

Eu gosto de romances em que os personagens levam uma vida plena e completa, além da relação homem-mulher, e Paige e Jake definitivamente se encaixam nesse quesito. Além de um romance satisfatório e estimulante entre os dois, podemos ver cada um deles no trabalho e com os amigos participando de uma variedade de atividades. Eu mal posso esperar para ler a história de Matt e Frankie no segundo da série, Pôr do sol no Central Park. Cheguei atrasada aos livros da Sarah Morgan e estou feliz por descobrir que ela tem uma grande lista de histórias. Pretendo mergulhar no seguinte enquanto aguardo o terceiro desta trilogia.

Este livro foi sexy, doce e teve a melhor surpresa no final! No final da leitura eu era uma besta suspirante e sorridente.

Não sou de ler romances num geral, mas amei demais esse aqui! A história é ampla, no sentido de que aborda a vida e os sentimentos dos personagens, não ficamos naquela mesmice de saber só da mocinha o tempo todo, há um equilíbrio entre o casal, vemos as perspectivas dos dois. Sabemos como se sentem e porque agem daquela maneira.

Um destaque para Jake, que carrega todos os clichês de um romance moderno, é aquele cara lindo, rico até dizer chega, dono de uma empresa multimilionária e tal, que não quer de jeito nenhum saber de um relacionamento sério, mas que tem alma de príncipe encantado. Se revela um cara amoroso, cuidadoso e que vira crush em dois minutos!

Ele a observava com aquele olhar tão perturbadoramente íntimo que fazia Paige pensar se era capaz de ler sua mente. Ela era especialista em esconder os sentimentos. Tinha aprendido a proteger os outros tanto quanto eles a haviam protegido, mas, por algum
motivo, era mais difícil com Jake. Ele via além. Prestava atenção.

Se você quer um romance divertido e bem gostoso de ler, recomendo sem dúvida, parece que a gente está vendo um daqueles romances de sessão da tarde, no dia dos namorados.

A edição da Harlequin é simples, porém de leitura muito confortável. Somente um porém pra mim, as letras são pequenas, e eu como bem cegueta que sou, senti um pouquinho. Mas nada que atrapalhe a leitura para vocês, que enxergam normalmente.




22 comentários:

  1. Tudo bem? Eu li esse livro e apesar de nem sempre o gênero me agradar. Curti a leitura. Em geral, prefiro thrillers, distopias e afins, mas essa foi uma ótima mudança de rotina.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Eu li esse livor na época do lançamento e adorei com força... rs Achei o casal principal maravilhoso, mas sobretudo, as descrições dos lugares e a forma carinhosa que a autora falou de Nova York. É uma série bem gostosa de ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Estava procurando justamente um livro assim para ler para um desafio meu. Vou anotar a dica, porque tem tudo para me deixar satisfeita.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  4. Eu também não sou muito de ler romances, mas se você gostou isso quer dizer que deve ser bom :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  5. Que bom saber que curtiu esse romance, também já li ele e gostei, especialmente pelo fato de abordar de uma forma bacana as temáticas como a amizade e o emprego além do romance.

    ResponderExcluir
  6. Oi Sabrina, sua linda, tudo bem?
    Eu já li um livro dessa autora, bem antigo e simplesmente amei!!! Eu sou mega romãntica e adoro clichês, achei ele muito generoso em ajudá-las logo no início quando mais precisam. Gostaria que na vida real, todas nós tivéssemos alguém assim, que nos desse a primeira chance. Adorei sua resenha e estou louca para ler.
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
  7. Tenho lido diversas resenhas sobre essa série e tenho muita vontade de conferir. Adoro um romance leve, fofo e divertido. E acho que vou amar os personagens. Amei sua resenha!
    beijos

    ResponderExcluir
  8. Sempre fico feliz quando vejo uma resenha positiva! Isso mostra que a leitura foi mesmo boa! =D
    Infelizmente não gosto muito de romances chick-lit, não consigo me interessar por suas histórias, a menos que a vida das personagens seja realmente instigante. =/ Acho que os únicos que li e gostei foram Selva de Batom e O Diário de Bridget Jones.

    ResponderExcluir
  9. A editora Harlequin anda mandando muito bem em seus lançamentos, só escuto elogios aos mesmos.
    Já tinha visto a capa dess livro mas só agora parei para ler uma opinião sobre ele e confesso que é bem o estilo que eu gosto de ler pra relaxar a mente dos problemas do dia a dia. Amei a dica, já está notada na minha pequena lista de desejados. Beijos e parabéns pela leitura.

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Eu li esse livro ano passado e foi um dos meus queridinhos. É um romance bem leve e divertido, que me conquistou completamente. Além disso, como você, eu gostei muito de ver outros aspectos da vida dos protagonistas além do romance, principalmente o trabalho e a amizade.
    Adorei sua resenha e fico feliz que você também tenha gostado dessa leitura.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Olá.

    Ahhh, que resenha mais cheia de amor e carinho <3 Fiquei muito curiosa com o enredo. Cada vez mais que leio resenhas como a sua me desperta esse interesse. Sou apaixonada por romances e tenho certeza que ia suspirar muito com este livro.

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  12. Oi Aline.

    Eu estou com esse livro na meta de leitura para lê-lo em breve. Com a sua opinião minha curiosidade aumentou, pois adoro ler romance depois que li uma história forte e intensa. Obrigada pela dica, vou tentar lê-lo o mais rápido possível.

    Bjos
    https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Li esse livro meio por acaso e adorei. Eu estava procurando um ebook num site e me deparei com esse livro em promoção. Não resisti e comprei a versão digital. Acabei fazendo a leitura em poucas horas e também terminei o livro com um risinho bobo no rosto!! Rs...
    Como minha versão é digital, não senti problemas com o tamanho das letras. Esse é um dos motivos de eu comprar os ebooks: também sou meio cega!! kkkkkkk
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Já tinha lido algumas resenhas sobre esse livro, mas você me deu alguns detalhes que fiquei mais curiosa sobre os personagens Jake e Paige, pode ser click-lit mas adoro kkk, obrigado pela dica, não tinha anotado ainda, mas acabei de por na lista, parabéns pela resenha fiquei entusiasmada em ler. Bjs!

    ResponderExcluir
  15. Olá!

    Amei sua resenha, esse livro me percegue a meses, estou a tempos para ler o e-book e estou sempre dando uma enrolada hhaha

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    A escrita da autora é leve, envolvente e os personagens carismáticos.
    Foi uma leitura que me diverti fazer e Jake e Paige me surpreenderam com sua interação.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  17. Oi!
    Tenho vontade de ler esse livro por conta da leveza que ele parece transmitir e por gostar muito de romance também.
    Eu acho legal o Jake carregar todos os clichês de um romance moderno e eu meio que me apaixonei por ele só por sua resenha que está, aliás, incrível.
    Adorei conhecer suas impressões!
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oi, Aline!
    Gosto muito desse livro! Li na época do lançamento e fiquei apaixonada pela história de amor entre Paige e Jake e o final é de nos deixar suspirando infinitamente. A Sarah consegue ser bastante sensível e divertida na escrita das histórias dessa série e as descrições da cidade estão no ponto, também.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Oi tudo bem?
    O livro é realmente bem divertido e envolvente, eu gostei bastante dele quando li, gostei tanto da trama qnto da escrita da autora que me surpreendeu bastante, ainda não li o segundo da autora, mas pretendo ler em breve
    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  20. Olá, tudo bem?

    Eu não conhecia esse livro e a autora, e de cara eu gostei muito da capa, simples e muito bonita. A Harlequim dá show com seu catálogo repleto de romances, minhas amigas adoram a editora. Parabéns pela resenha, ficou bem legal e "Amor em Manhattan" parece ser realmente uma bela leitura.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Eu estou suspirando só de ler a sua resenha, ela esta incrível e deu para ver que você realmente gostou do livro. Mal posso esperar para poder adquirir meu exemplar e me apaixonar na historia.

    ResponderExcluir
  22. Olá
    A colunista do meu blog leu e amou, falou dele na minha cabeça por uma semana. Estou louca para ler por que sei que é um romance que vai me envolver mesmo tendo lá os seus clichês. Já me imagino encantada por Paige e Jake . Depois da sua resenha fiquei com vontade de ler.

    Beijos

    ResponderExcluir

TOPO