05 novembro 2018

Resenha: Crônicas de Espada e Feitiçaria - Gardner Dozois

em 05 novembro 2018

16 comentários

O gênero de fantasia produziu muitos dos heróis que consideramos inesquecíveis. Personagens clássicos que fizeram do gênero de “espada e feitiçaria” uma sensação, uma pedra fundamental na ficção fantástica – engendrando seus próprios contos de magia e coragem em aventuras imperdíveis.

Gardner Dozois preparou uma seleção e tanto em Crônicas de espada e feitiçaria. Nas mãos de Robin Hobb, Walter Jon Williams, Lavie Tidhar, Garth Nix e George R.R. Martin, vamos rever os personagens FitzCavalaria, da “Saga do Assassino”; o aventureiro Quillifer; o “pistoleiro viciado” Gorel de Goliris; Sir Hereward e Mister Fitz; e, em Westeros, muito antes dos eventos passados em A guerra dos tronos, conheceremos a história de uma rivalidade entre irmãos da Casa Targaryen que teve feitos trágicos e desastrosos.

Esses e outros contos que compõem o volume prestam uma homenagem ao gênero tido como precursor da fantasia épica. Um mergulho profundo e divertido em histórias que, a cada dia, conquistam mais e mais leitores por todo o mundo.


Ficha Técnica Da Obra

Páginas: 512 | Ano: 2018 | Idioma: Português | Editora: Leya | ISBN: 9788544107232 | Gênero: Fantasia, Crônicas de Espada e Feitiçaria | Skoob

Compre: AMAZON  SUBMARINO AMERICANAS 



"É verdade que segundo a antiga lei romanda as mulheres são proibidas de atuar como magistrados e sacerdotistas e obter triunfos, símbolos de poder ou espólios de guerra. Mas o que é a lei senão palavras escritas por nãos?  O que a mão faz pode ser feito ou desfeito à medida que os tempos mudam e as filosofias ganham novos caminhos. Este é o nosso caminho, se desejarmos seguir por ele."

Cronicas de Espada e Feitiçaria é uma coletânea de histórias organizada por Gadner Dozois, que tem uma história muito pessoal com o gênero. Na pós guerra não era comum ter histórias fantasticas publicadas para um publico mais jovem, de forma mais acessível, e Gadner sempre gostou de histórias fantasticas, até que um dia ele encontrou uma coletêtanea chamada Swords & Sorcery (espada e feitiçaria) e foi ali que ele pode conhecer histórias incríveis como Conan, o Bárbaro, e outros autores de renome hoje em dia. Ele foi fisgado pelo gênero, e desde então começou a acompanhar o surgimento desse 'sub-gênero' da fantasia e como ela acabou se tornando tão popular em pouco tempo, e como acabou ficando esquecida após o surgimento da fantasia épica, histórias mais longas e que geralmente tinham continuações (como Tolkien).

Mas, no final dos anos 90 as coisas começaram a mudar, talvez por conta do sucesso de Game of Thrones, o gênero 'Espada e Feitiçaria" acabou voltando a ativa, se distanciando um pouco da 'fantasia épica' por ser mais áspero, real, com personagens que não são nem vilões nem mocinhos, mas possuem ambos os aspectos, e é claro com uma pitada de magia, e assim o gênero se fortaleceu e hoje em dia está cada vez mais forte, ganhando novos autores a todo momento e com diferentes estilos de personagens e histórias.

O livro traz histórias curtas de diversos autores consagrados no ramo da fantasia épica ou também como é chamado o gênero  Espada e Feitiçaria além dos mais conhecidos como Robin Hood e George RR Martin eu pude conhecer alguns autores brilhantes que ainda não são publicados aqui no Brasil pelo que eu vi na pequena biografia de cada um mas que com certeza se fossem lançados aqui eu seria uma das primeiras a comprar e ler os livros, principalmente por poder conhecer um pouquinho de suas escritas e ficar completamente apaixonada.

Algumas histórias são mais curtas outras mais completas e algumas apresentam o final aberto. Mas o que eu pude reparar é que na maioria delas há uma personagem feminina muito importante ali na história(mesmo as vezes não sendo a protagonista), elas mostram as mulheres em uma posição importante e isso eu achei muito bacana, principalmente sendo neste gênero que no princípio era mais centrado em personagens masculinos, mas como os tempos estão mudando cada vez mais estamos vendo personagens femininas fortes em histórias de fantasia, principalmente as 'épica/espada e feitiçaria'

É claro que não vou falar de todas as histórias que contém no livro, se não iria perder a graça para vocês lerem, então vou citar algumas que se destacaram positivamente e algumas que me deixaram intrigada.

"Nós dizemos "as guerras", mas há um segredo. Só há uma guerra. Ela nunca termina. Ela flui, assim como o metal branco e quente sob o martelo, e junta-se com a última guerra e a guerra seguinte para formar uma fita contínua. Meu pai foi para as guerras, eu fui para as guerras, meu filho irá para as guerras, e o filho dele depois, e será o mesmo lugar."

Uma das histórias que eu mais gostei foi A Garota Oculta. Nessa história somos apresentados a uma cultura diferente, pois ela se passa na China, e eu nunca havia lido nada que se passasse nesse país, principalmente desse gênero de fantasia medieval. Adorei as mitologias inclusas na história, e como a protagonista é esperta e empoderada, eu fiquei louca para saber mais da jornada da jovem ou qualquer outro texto da autora. Outra que me ganhou profundamente foi Eu sou um homem bonito, que me surpreendeu completamente a cada página.

Todas as histórias  possui esse aspectos de Espada e Feitiçaria ou seja são fantasias mais medievais, épicas que incluem guerreiros, magos, espadas, magia, personagens reais e todo esses detalhes do gênero,  rico e em detalhes, mesmo sendo histórias curtinhas.

A Espada do Destino apesar de não ser uma protagonista Feminina eu gostei pelo fato de como a história foi construída são coisas que eu não posso falar para vocês na resenha porque cada história tem mais ou menos umas 40 páginas, porém você percebe que a história foi muito bem trabalhada então eu fiquei muito curiosa de ler livros desses autores, porque envolve envolve Magos e eu adoro esse tipo de histórias, sempre com personagens muito inteligentes que de certa maneira são humildes e conseguem grandes conquistas.

"Você desaponta com seu raciocínio convencional. (...) De que as mulheres não podem fomentar uma revolução. Na verdade, elsa são as mais perigosas quando provocadas."

Uma das histórias que me chamou bastante atenção, mas que  não foi uma das minhas preferidas  foi O Triunfo Da Virtude,  pois apesar de ser uma uma história do gênero fantasia,  ela também é um toque de romance de época, com uma ambientação mais clássica e elegante (como em outros romances de época que já conhecemos)  com Viscontes, Chás intrigas de relacionamentos e tudo mais, porém mesmo com esse ar diferente ela não foi uma das minhas favoritas do livro.  s

E é claro que eu precisava falar sobre a história do R.R. Martin. Aqui a gente vai conhecer a história dos Filhos Dos Dragões é uma história que se passa muitos muitos anos antes dos livros de Game of Thrones, e eu achei muito interessante porque os Targaryen são a família que eu mais gosto. Aqui o conflito se inicia quando o rei Aegon primeiro Targaryen  casa com suas duas irmãs, e vocês se vocês acompanham Game of Thrones vocês sabem que casamento entre irmãos é uma treta muito grande na época que se passa a série, então imaginem 300 anos atrás. Essa foi uma das histórias que mais gostei pois como não acompanho muito os livros, ver como os Targaryen governavam tantos anos atrás, toda a treta com a Fé dos Sete por causa dos incestos, ver as intrigas entre os parentes, foi incrível, eu já estava morrendo de saudades desse universo, e poder conhecer nomes tão famosos e importantes para a história geral de Game of Thrones só me motivou ainda mais a voltar a ler os livros e ler também todos conteúdos extras que citam esse universo.

"Pela primeira vez desde a Perdição de Valíria, dragões se enfrentaram nos céus enquanto tratava-se também uma batalha na terra."
Se você gosta de uma leitura de fantasia épica, de crônicas de espada e feitiçaria eu recomendo muito esse leitura, por que são histórias curtas muito bem construídos, ambientadas e que vão despertar a vontade de você de conhecer esses autores (principalmente os não publicados aqui) e mais do gênero. Eu acredito que o objetivo desse livro tenha sido cumprido com louvor e agora eu espero que a Leya publique algum desses autores aqui principalmente a dos contos que citei, porque foi foram os que eu mais gostei e eu quero muito conhecer mais livros deles.


16 comentários:

  1. bom, faz tempo que não leio um livro como esse, e apesar de estar focada em outros gêneros, até que fiquei curiosa pra conferir essa história! e que bom que ele cumpriu seu objetivo e espero, assim como você disse, desperte o interesse por livros assim e seus autores.
    espero poder conhecer em breve!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Pensa num livro que eu quero demais! Amo os livros do George R. R. Martin e recentemente comprei alguns da Robin Hobb que estou ansiosa para ler porque sempre ouvi ótimos comentários. Tenho certeza que este livro deve ser incrível e gostei muito de conferir suas opiniões e saber que há tantas personagens femininas interessantes nas histórias. Também adorei saber as diferenciações entre o gênero de fantasia épica e o de espada e feitiçaria, pois sempre achei que fossem o mesmo. Seu post está maravilhoso! Espero poder ler este livro em breve. Beijos!

    Jéssica Martins
    castelodoimaginario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Espera, um livro do meu gênero favorito com vários contos??? NECESSITO DESSA OBRA, sem falar que juntou vários autores que sou fã, quero quero

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Preciso dizer que essa foto está linda demais.
    Apesar de ver tantos autores aclamados do gênero reunidos nessa obra, fantasia não costuma ser meu preferido em minhas leituras, mas acredito que os apreciadores irão surtar com essa novidade. A Leya sempre investe bem nessas obras e vejo-a sempre como referência desses grandes nomes.
    De qualquer forma sua resenha é um convite para muitos leitores e fico contente da obra ter cumprido seu papel e deixado você ansiosa por mais volumes.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  5. Ja tinha ouvido falar do livro e estava louco pra ler. Sua resenha me fez ficar com ainda mais curiosidade! Viva a fantasia!

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Ainda não conhecia o livro em questão, mas adoro o fato de se tratar de contos de diversos autores, ainda mais por serem contos bem trabalhados e que lhe proporcionaram momentos deliciosos de leitura.
    Gosto dessa pegada de fantasia medieval e os autores conseguirem dar um bom final ou deixar algo em aberto com inteligência em poucas páginas, é algo para ser admirado. Fiquei com muita vontade de ler, pois, pelo que citou dos contos que mais gostou, creio que também irei adorar. Bela resenha!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá!

    Ainda não conhecia o livro, mas essa capa é um arraso, adorei sua resenha me deixou bem curiosa mesmo não sendo um gênero que eu esteja acostumada a ler.

    ResponderExcluir
  8. Oi Aline, sua linda, tudo bem?
    Nunca tinha pensado nesse nome antes, mas espada e feitiçaria resume bem o que amo nos livros de fantasia. Adoro histórias de heróis e de magia. E ninguém é perfeito, ver justamente o dilema desses personagens diante de suas lutas é que torna tudo mais intenso nas histórias. Não tenho o costume de ler liros de contos, mas para esse vou abrir uma exceção, pois tenho certeza de que irei gostar. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
  9. Oi Aline.

    Eu não conhecia este livro, mas sua resenha foi uma surpresa muito boa, porque eu gosto de fantasia medieval, mesmo lendo com pouca frequência este gênero. Como adoro ler contos, vou adicionar na minha lista de desejados e embarcar nas aventuras deste livro. Obrigada pela dica.

    Bjos
    https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia o livro, mas adorei a proposta do autor em reunir essa clássicas histórias nesse livro e ainda mais por dar destaque aos papéis femininos dessas histórias, coisas que não víamos antigamente. Gosto muito dessa pegada medieval em algumas fantasias, ainda mais quando isso vem com riqueza de detalhes. Vou anotar a dica, quero ler.

    Abraços.
    https://acabinedeleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Eu nunca tinha lido uma coletânea de contos assim.
    Não é meu estilo preferido, mas gostei bastante da sua resenha.
    Assim que for possível entrarei em contato com a obra e depois prometo voltar e te contar minhas impressões. Obrigada pela indicação!

    ResponderExcluir
  12. Eu não curto muito livros de fantasia, infelizmente. Queria muito apreciar mais, como as outras pessoas geralmente são fascinadas por esse universo. Eu até leio e gosto muito de algumas histórias que conheci, todavia, não é como o que sinto pelos romances, suspenses e clássicos. Não é aquela paixão, sabe?

    Confesso que não fiquei tão interessada nesse livro, nem em ler as histórias curtas de diversos autores contidas nele. Até fiquei curiosa sobre os contos nos quais as mulheres aparecem sendo personagens fortes, empoderadas, valorizadas pelos autores. Todavia, a curiosidade não é suficiente para me fazer ler. :( Mas eu desejo sim ler as obras de um dos autores citados: o de As Crônicas de Gelo e Fogo (A Guerra dos Tronos). Eu tenho quase todos os livros dessa série (menos o primeiro) e estou só aguardando o momento certo e o tempo necessário para poder iniciar a leitura.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bom?
    Eu não sou muito fã de fantasia e infelizmente nunca tive vontade de conferir nenhuma fantasia medieval (nem Game of Thrones ><' rs), no entanto, pude perceber que para quem curte, esse livro é um prato cheio! Achei bem interessante esse conto que aborda a cultura chinesa sobre o prisma de uma fantasia medieval, parece ser realmente algo bem diferente.
    Anotei da dica para passar aos amigos que curtem o gênero, afinal, o livro parece ser uma ótima pedida para quem curte.
    Adorei sua resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Olá
    Não conhecia o livro, mas a premissa parece bem interessante, estou com alguns livros de fantasia medieval por aqui, e criando coragem para ler, quem sabe não me aventuro!!!

    Beijokas

    ResponderExcluir
  15. faz bastante tempo que não leio nada do genero, eu gosto pra caramba, mas ultimamente tudo o que to lendo é suspense e terror.
    eu ja tinha visto esse livro na amazon e achei a capa bem bonita, fiquei com vontade de ler depois da sua resenha <3

    ResponderExcluir
  16. Oiii tudo bem???

    O livro trás na cara uma novela de game of thrones, se eu te disse que eu não curto vc acredita. O gênero por si já me afasta bastante do livro, não curto muito fantasia, e medieval e etc me deixa um pouco entediada.
    Adorei conhecer mais sobre os contos, mas acho que não é pra mim.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir

TOPO