Resenha: Rebelde | Um Novo Mundo (MacGregors #0.1 # 0.2) - Nora Roberts

7 comentários

As mulheres MacGregor são conhecidas pelo temperamento explosivo e por serem destemidas, teimosas e lindas! Mas elas também são apaixonadas e lutarão até o fim por sua família e pelos homens que amam.

No século XVIII, uma época em que combates sangrentos eram travados em nome da honra, as mulheres MacGregor passaram por muitas dificuldades para defender sua família. Em meio a tudo isso, duas integrantes do clã se destacam. Serena MacGregor acaba se envolvendo com um suposto inimigo, o inglês Brigham Langston. Encontrar dentro de si o que será necessário para viver esse amor exigirá muita coragem... mas isso é algo que Serena tem de sobra.

Anos depois, o jovem soldado Ian MacGregor se vê à beira da morte e acaba encontrando Alanna Flynn, que além de salvar sua vida o ensinará que, às vezes, as maiores batalhas que enfrentamos são aquelas que ocorrem em nossos corações. Em Rebelde e Um mundo novo, Nora Roberts nos encanta com o passado da família MacGregor, mostrando que, independentemente dos lados no campo de batalha, quando se trata de amor ele sempre vencerá.

*Livro recebido em parceria com editora*

"Serena tinha o rosto de um ano, pensou Brighan. E a alma de uma bruxa. Uma combinação interessante."

Serena MacGregor conheceu a prior face da rivalidade entre ingleses e escoceses, e o que ela presenciou a marcou com um ódio mortal pelos sassenachs. Mas 10 anos depois, com seu irmão Coll finalmente voltando para a casa para planejar a rebelião Jacobita ela se vê com outro inglês na sua casa, Brigham Langston, o melhor amigo de seu irmão. Serena terá que engolir todo seu orgulho e raiva para tratar bem seu hóspede, como uma boa MacGregor.

Mas o ódio que ela sente pelos sassenachs começa a se confundir com outros sentimentos quando Brigham não sai do seu pé, ele não se importa com o humor ácido dela, e responde a altura nas provocações. Seria possível ela, uma orgulhosa escocesa se envolver com um inglês? 

"Uma espada é uma espada, esteja ela enfiada nas costas ou no coração. Se eu fosse um homem, lutaria para ganhar, e para o inferno com o método."

Eu já tinha gostado muito de Hoje e Sempre, o volume 5 da série MacGregor. Mas esse lançamento queridos, é muito melhor! 

Rebelde se passa quase 200 anos antes da série original MacGregor, vamos acompanhar a família MacGregor em uma época bem complicada para os escoceses, o período da rebelião Jacobita. Vemos o conflito entre ingleses e escoceses no ápice, a guerra, o terror sofrido pelas mulheres e crianças e também como a tal rebelião foi planejada. 

Acho que um dos fatores que mais amei nesse livro foi a rebelião Jacobita, pois se me acompanham lá no IG sabem que me apaixonei por Outlander, e estava sedenta por mais histórias da época e com escoceses. E a autora narra tão bem esse período da história, com tantos nomes conhecidos que a gente fica morrendo de vontade de pesquisar mais sobre o assunto, de ler mais livros sobre o conflito e também de absorver cada detalhe desse período histórico tão importante. 

"Quando o amor acontece, na maioria das vezes, está certo, mas raramente faz sentido."

Aqui nossa protagonista é Serena, uma jovem que não tem nada a ver com seu nome calmo e dócil. Ela é rebelde, coloca os pretendentes para correr, atira como um soldado MacGregor, e principalmente não tem medo de lutar. Eu logo nas primeira páginas me apaixonei por ela, sua personalidade me fez rir em várias cenas e tornou a trama muito mais interessante, afinal amo casais gato e rato. 

Sua personalidade 'escocesa' acaba entrando em conflito com o arrogante inglês Brigham Langston, amigo do seu irmão. Apesar de ter o ego um pouquinho grande, eu adorei esse mocinho, já que ele adora as provocações de Serena e responde no mesmo nível, fazendo o que nenhum outro homem foi capaz de fazer: enfrentá-la como igual, e não como uma lady frágil. 

O livro é muito fluido e mescla bem romance com os planos para a rebelião. Eu amei cada página e fiquei querendo mais quando terminei essa primeira história. 

"Ela parecia uma bruxa, uma rainha ou uma deusa. Brigham só tinha a certeza de que Serena era tudo de que precisava."

Já em Um Novo Mundo avançamos um pouco mais de 20 anos, agora com Ian MacGregor, sobrinho de Serena. A história agora se passa no Novo Mundo, o começo da criação da America do Norte. 

Ian está preparado para lutar na próxima guerra que se aproxima. Ferido em uma batalha ele acaba caindo em um celeiro para se abrigar na noite fria, e pela manhã ele é encontrado por Alanna Flynn, uma viúva que perdeu o marido na rebelião Jacobita e que por isso cuida do pai e irmãos em uma fazenda simples. 

Essa é uma história bem mais curtinha (82 páginas), mas trás a mesma essência do primeiro com uma mocinha forte que faz de tudo pela sua família, e um escocês com muita coragem para lutar (e com um gênio típico de um MacGregor). 

O romance desse casal apesar de acontecer bem mais rápido também é apaixonante. Alanna é uma mulher que sabe se impor, e que todos saem do caminho quando ela está estressada 9Me identifiquei super hahaha). Ian é um cabeça dura assim como ela, e o melhor desse conto pra mim foi rever Serena tantos anos depois do primeiro livro, ver como ela construiu uma linda família e como ela ainda continua apoiando sua família até o fim. 

"Aquela era uma mulher que poderia fazê-lo esquecer... deveres, honra, justiça. Aquela era uma mulher, percebeu, que poderia fazê-lo rastejar por uma palavra amável." 

Eu amei muito esse romance histórico, amo a escrita da Nora Roberts e histórias que se passam nessa época são minhas favoritas. Adorei ver tantas protagonistas fortes e mocinhos apaixonantes. Por a rebelião Jacobita ser o 'tema principal' fiquei ainda mais grudada na história, deu um ar bem diferente nesse romance e mostrou como esse período foi difícil para todos que viviam na escócia. 

Esse é daqueles romances que você não consegue parar de ler até terminar o livro, e quando termina quer começar tudo novamente pois as mocinhas são tão encantadoras que é impossível não se apaixonar. Sei que a série MacGregor se passa anos depois e que esse foi só um conto, mas confesso que queria mais contos com esses escoceses em sua época de glória, com muitos kilts e batalhas para travarem. 


7 comentários

  1. Oi Sabrina, tudo bem?
    EU AMEI A RESENHA COM TODAS AS MINHAS FORÇAS HAHAHAHA!
    Eu amo a Nora Roberts e a amo os irmãos McGregror! Não tinha ideia que existia um livro sobre seus ancestrais, achei isso genial e já quero muito ler.
    A resenha está incrível e saber que o livro tem algumas semelhanças aos livros de Outlander me deixam ainda mais empolgada.
    beijos - Anne and cia.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Sabrina!
    Não sou muito adepta de romances de época - para não dizer nenhum pouco, rs - mas isso pode mudar porque a cada vez mais esses livros trazem enredos que, pra mim, como uma romântica incorrigível, são um tanto irresistíveis, ainda mais se tiver o casal gato e rato que também gosto muito de encontrar nos livros, hehe. Por se passar numa época bem mais distante e ambientação também, fico um tanto distante de acatar essa dica de leitura logo de primeira, mas quem sabe depois não o faça? A dica já foi recebida com sucesso! ;) Ótima resenha!
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ Sonhando aos Vinte ♥

    ResponderExcluir
  3. Oi, Sabrina!
    Estou lendo Hoje e sempre e tenho que confessar que estou gostando, amo essa linha que a Nora tem de construir personagens fortes e que nos cativam. Estou com esse livro na minha estante e agora depois dessa resenha fiquei mais curiosa do que nunca para conferir. Se eu já não estou conseguindo largar Hoje e Sempre vou com tudo para esse livro. Resenha maravilhosa, beijos!

    ResponderExcluir
  4. Olá, ficou ótima a sua resenha, tenho esse livro aqui e depois do seu post eu acho que vou amar a leitura. Bom saber que autora conseguiu ambientar bem a trama no contexto histórico.

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bom?
    Adorei isso de um livro no meio da série se passar 200 anos antes dos outros! Outra coisa que adorei é saber que fala com muita propriedade da rebelião Jacobita! Também fiquei fascinada nesse período após ler Outlander e saber que tem um outro livro histórico que retrata tão bem o período só me deixou ainda mais curiosa.
    Anotei a dica e espero poder ler em breve. Amei a resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Olá Sabrina, tudo bem?
    eu ainda não li nenhum livro dessa autora, mas tenho interesse. Eu confesso que não curti tanto a ideia de o romance acontecer rápido, mas fiquei intrigada para ver como vai funcionar, pois ela parece ser encantadora.
    Espero que, por se passar com um período tão longo de tempo, ele não se torne confuso dentro do contexto da série. Vou anotar a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?

    Nora é Diva! É difícil um livro dela que eu tenha lido que tenha dado menos do que 4 estrelas, a autora costuma nos presentear com ótimas obras! Confesso que não li nenhum livro da série em questão, mas meninas, 200 anos antes? Eita, queroooo! Sua resenha me deixou super instigada para ler, e acho que não teria problema começar por esse, quando for fazê-lo, já que a história se passa antes, né? Indicação anotada!

    Beijo!
    Ana Luz.

    ResponderExcluir