13 junho 2018

Resenha: Os Segredos dos Olhos de Lady Clare - Carol Townend

em 13 junho 2018

11 comentários

Enquanto investiga a causa do aumento de bandidos em Troyes, Sir Arthur Ferrer encontra a misteriosa Clare, uma possível filha ilegítima do conde de Fontaine, da Bretanha. Ele então percebe que ela pode ser a chave para a sua própria salvação. A honra exige que Arthur a leve até o pai para que possa ser reconhecida, mas o desejo prefere que ela fique em seus braços.

Será possível conciliar honra e desejo?

A autora Carol Townend mais uma vez convida as leitoras para uma viagem inesquecível de volta a condados, cortes e reinos e às incríveis histórias de amor entre nobres da (nem tão) alta sociedade da época.

*Livro recebido em parceria com editora* 

Apesar de esse ter sido o terceiro livro dessa 'série' publicado pela Harlequin aqui no Brasil, foi o meu primeiro contato com a autora, pois esses livros podem ser lidos separadamente sem problema algum, você não tomará nenhum spoiler sobre os acontecimentos dos outros volumes (que em breve espero trazer resenha pra vocês também).

Aqui vamos conhecer a história de Clare, uma moça simples que vive fugindo e se escondendo por causa de seu passado. Ela não sabe de onde veio, mas sabe quem está atrás dela, e que não pode criar laços com ninguém e muito menos se casar, pois pra ela o casamento é uma forma de escravidão.

"Sentia-se tão escrava quanto no dia em que chegara. Será que um dia conseguiria a liberdade? Algumas vezes, Clare era só dúvidas e tristeza. Aquele era um desses dias. Não importava o que fizesse, o pesadelo estava sempre rondando."

Mas um belo dia a senhora que ela cuida pede para que leve a jovem filha, a jovem Nell, ao torneio de cavalheiros, e mesmo receosa de sair de casa Clare aceita, e lá acaba conhecendo Sir. Arthur, o capitão da guarda, um belo homem que conquista a admiração da jovem Nell e também a desconfiança de Clare, pois ela não esperava o tipo de atenção que ele deposita nela desde então.

Arthur acaba ficando intrigado com a moça de olhos diferentes e cabelos ruivos, ele já viu aqueles olhos em algum lugar, além disso ela é acompanhante da mãe de Geoffrey, um jovem que morreu como ladrão, roubando um relicário do mosteiro. Será que aquela dama simples tem algo a ver com os roubos de Geoffrey, será que ela era sua amante e sabe detalhes que poderá lhe ajudar nas investigações?

"A experiência de Arthur se restringia apenas ao amor comprado, e era tudo o que um cavaleiro sem terras podia arcar. Clare o levava a sonhar com um tipo diferente de sentimento. Se bem que ele próprio não conhecia outro tipo."
Eu amo romances de época, e adoro conhecer novas autoras. Quando comecei O Segredo dos Olhos de Lady Clare logo me apaixonei, pois a mocinha era algo diferente: uma simples dama que está fugindo de algo de seu passado, e isso ja me empolgou por imaginar uma trama cheia de reviravoltas.

Clare é uma jovem forte, cheia de compaixão e que tem um passado cheio de fantasmas. Quando sir Arthur repara em seus olhos percebe que não são nada incomuns, ele ja viu esses mesmos olhos no conde Myrrdin de Fontaine, e por isso acredita que ela é uma filha ilegítima do homem, e por ordem do conde Henry ele a escolta até as terras de seu pai, para ele reconhece-la como sua filha.

A partir dai a historia é cheia de reviravoltas e uma trama extremamente bem construída. Clare não acredita muito que será a filha de um Conde, acostumada com a pobreza e com medo do seu passado manchar ainda mais sua reputação ela se retrai e sente medo de confiar seus segredos ao cavaleiro que parece tão gentil com ela.

Já sir Arthur é aquele cavaleiro que faz nós leitoras suspirarmos. Ele é corajoso, leal ao Conde Henry e esta louco para saber mais detalhes sobre Geffrey, para pegar os ladrões a qual ele se associou. Dividido entre a lealdade e a paixão que sente pela linda jovem de cabelos ruivos a trama é extremamente apaixonante e sensual. O casal não tem medo de se entregar ao que sente naquele momento, principalmente por se identificarem tanto como duas pessoas que não tem uma família rica e conhecerem o valor de um trabalho honesto para se manter vivos.

A historia também possui uma ambientação bem diferente, já que se passa em 1174, uma época cheia de duelos, cavaleiros e é claro uma vida mais difícil para mulheres. A linguagem usada pela autora também é um pouquinho mais diferente das que estamos acostumados em romances de época, principalmente por ser narrado em terceira pessoa, mas nada tira o brilho da história.

Mesmo o livro sendo parte de uma série ele pode ser lido fora de ordem, não há spoilers dos outros livros publicados pela Harlequin, é quando você termina tudo que quer é conhecer a historia dos outros personagens mencionados ali, principalmente a da irmã de Clare.


A edição da Harlequin é linda também. A modelo se parece tanto com a mocinha que a capa não podia ser mais perfeita. Todo o cuidado interno também está perfeito, adoro o capricho do padrão verde no verso que remete ao tecido do vestido dela e também o acabamento delicado das páginas.

Por fim, O Segredo dos Olhos de Lady Clare é um romance de época incrível. Cheio de reviravoltas ele mostra muito mais do que os que estamos acostumadas a ler, principalmente mostrando os traumas que o abuso pode deixar na vida de uma mulher e como era difícil trazer justiça naquela época. Tenho certeza que vocês vão se apaixonar por essa historia e ficar com o coração na mão nas reviravoltas incríveis que a trama trás.

Se você gosta de romances de época precisa conhecer essa série, tenho certeza que vão se apaixonar assim como eu.

11 comentários:

  1. Oi Sa!

    Tudo bem? Então, eu comecei a ler esse livro imaginando que ele fosse parte de uma série só por causa do padrão da capa que é o mesmo de O Campeão de Lady Isobel e Cartas Para Uma Falsa Dama, mas achei que seria ok ler sem ter lido os outros e até certo ponto isso é verdade, mas achei o começo da história MUITO confuso, a ambientação me incomodou porque ele se passa na Idade Média, mas isso é muito pouco explorado (isso quando é!). A questão da dinâmica dos cavaleiros eu continuei sem entender por todo o livro.

    Sério que você achou que não tem spoiler? A morte do Geoffrey e o motivo, o que todos acham e tal eu vi como um grande spoiler do livro anterior. Fico feliz que tenha gostado do livro, honestamente não sei se gostei tanto quanto você.

    Beijinhos - Jessie
    http://www.paraisoliterario.com/2018/06/resenha-march-1-marcha.html

    ResponderExcluir
  2. Eu acho essa capa tao linda! Me parece tao intensa! A minha unica ressalva é de que não há aviso de que é uma série, nao tao aos olhos assim, sabe? Muito leitor vai acabar se perdendo, porque a maioria gosta de acompanhar direitinho. Ainda assim, vale muito a leitura.

    ResponderExcluir
  3. Fico contente em saber que apesar de se tratar de uma série os livros podem ser lidos separamente.
    A mocinha diferente e as reviravoltas da trama me animam, ainda mais se tratando de um romance de época. Quero conferir essa trama apaixonante e sensual, sem dizer que fiquei mega curiosa para saber quais os traumas que a protagonista carrega.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Sabrina, vem me abraçar porque eu amei demais este livro. Nunca tinha lido um romance de época que abordasse a escravatura branca e suas consequências. Adorei o casal e adorei a protagonista. beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Eu gosto bastante de romances de época, mas confesso que enjoei um pouco dos romances medievais, talvez porque eu não consiga mais me ambientar tanto em uma época em que a mulher era muito desvalorizada. Em todo o caso, gostei muito da premissa do livro, parece um romance bastante sensual, mesmo para a época em questão.
    Bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  6. Olá Sabrina, tudo bem?
    Nossa, que legal a ambientação desse livro. Eu não me recordo de ter lido nenhuma resenha dele até agora e fiquei intrigada para ver o que acontece, já que é um romance de época ambientado em uma época tão diferente. Estou intrigada para saber do que a mocinha está fugindo e se eu me apaixonaria pelo Arthur.
    Acho que é um livro que vai me agradar bastante e vou anotar a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Estou bem curiosa com a escrita dessa autora e como gosto dessa mescla com elementos de época e históricos, certamente é uma leitura que vou curtir.
    Os personagens me parecem cativantes, mas que são construídos a medida que a leitura avança.
    Espero curtir a leitura.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  8. Oiii tudo bem???

    Esperava uma história bem diferente, não imaginei que teria por trás a história de um pai perdido, adorei, fiquei bem curiosa pra ler, apesar de não gostar de livro de romance.
    Já adicionei aos desejados. Espero ler em breve.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  9. A leitura deste livro me parece ser bem intensa e cheia de momentos bem românticos, deve ser bem interessante por ter momentos historicos, isto me deixa bem curioso pelo livro.
    O bom e que mesmo que a série pode ser lida sem ordem, vou correndo em busca desse exemplar

    ResponderExcluir
  10. Amei sua resenha, Sabrina, estou com esse livro aqui para ler e até fiquei mais animada agora, a edição é mesmo muito bonita. Achei interessante esse diferencial de ele se passar numa época bem mais distante que a da maioria dos romances de época publicados atualmente.

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Achei que a editora pecou muito em não linkar os livros a não ser pela capa, li o primeiro e fiquei um pouco confusa, porque faz parecer que a gente deveria ter lido esse ou outro. Enfim, recebi esse e ainda não puder ler. Tenho reparado que os livros da Carol tem esse mesmo defeito do começo demorar a engatar e quando engata é tudo muito rápido. Adorei a resenha, espero ler logo! Beijos

    ResponderExcluir

TOPO