Cross + Catherine (A Legacy Novel) - Bethany-Kris

14 comentários


Um menino selvagem.
Uma garota astuta.

Cross Donati define problemas. Ele faz o que ele quer porque nunca conheceu nada diferente. Ele é sem remorso e é dono disso.

Catherine Marcello é uma boa menina ... do lado de fora. Seu mundo inteiro é um legado e ela vive. Ela está curiosa e está explorando isso.

Ela persegue coisas ruins.
Ele nunca aprendeu a ser bom.

São madrugadas, carros roubados, primeiras vezes, brigas de mão, jaquetas de couro, praias, sorrisos sangrentos e vida.
Eles são cruéis e preciosos, perigosos e inofensivos, inocência e pecado. Eles são amor.

O amor está matando por alguém.
O amor está vivendo para alguém.

Às vezes, você não pode continuar salvando seu coração quando isso significa sacrificar também.
Às vezes, você tem que aprender a se salvar.
Às vezes, o amor tem que cair, bater e queimar.

É assim que o amor é quando você é principe e principessa della mafia.
É assim que o amor é quando você é Cross Donati e Catherine Marcello.


*E-books de acervo pessoal da blogueira* 

Tô pro crime, muito mafiosa ela! Hahahaha

Resolvi fazer resenha logo sobre esses três livros, o quarto dessa série ainda vai ser lançado. O motivo principal da leitura desses livros é a autora mesmo. Bethany-Kris traz em seus personagens uma maturidade maior do que em outros livros que já li nesse mote. Ninguém é estrela, ninguém é infalível, não tem perfeição...bem...no que interessa meu povo, ah nisso tem hahahahah. Foco Fernanda. 

Nessa série, que na verdade é uma vertente dos filhos de outros mafiosos, outros casais de outras séries, vamos acompanhar o romance entre os herdeiros de famílias poderosas no submundo de NY. Marcello e Donati estão de volta. E seus filhos é que vão dar dor de cabeça agora.  Catherine e Cross, ao longo de 3 livros vão passar por muitas transformações e amadurecimento e infelizmente quando a vida tá fácil é porque tá errada.


No primeiro livro, Always, começa os dois adolescentes.  Cross é uma rapaz peculiar, forte, cabeça dura, mas não antipático, e de língua muito afiada. Catherine é a princesa . Linda, alegre e intrigada sobre os negócios da família, almeja ser a filha perfeita, seguir as regras é seu lema. Os dois sentem uma ligação logo de cara um pelo outro, e o que mais me agradadou nesse primeiro livro é que eles não parecem dois adultos, são jovens e com atitudes de jovens, ricos e de famílias criminosa, mas enfim, não fogem do papel e a autora não os tornou grudentos, mimados e chatos. Adoro como o Cross é um rapaz impetuoso sem deixar de ser sério. Focado e com um amor maduro pela Catherine. Seus socos são pontuais hahaha. Catherine custou um pouco mais a me cativar, achei ela um pouco egoísta, dou desconto pela idade. Quem não era uma mula na adolescência? 

"Eu te amo".
"Promete?".
"Sempre".
O livro segue um ritmo gostosinho, bem sessão da tarde, quase um amor proibido,porque o pai de Catherine quer ter controle sobre tudo e Cross é o que vai desviar sua filha. Eu até estava estranhando o clima fácil, porque esse não é bem o perfil dessa autora, e entre algumas idas e vindas e mágoas causadas pela imaturidade uma merda trágica acontece. Meu coração ficou apertado, que eu só queria abraçar a Cat e só, porque palavras eu não teria nessa hora.  A autora propositalmente fez pouco caso, mas o motivo logo se mostra do por quê. Nessa vida algumas coisas deixam marcas e não tem como fingir que não aconteceu,porque vem como tsunami e deixa um rastro de destruição. O livro acompanha os dois dos 13-15 aos seus 21-23 anos.
O primeiro amor era veneno.
Infectava como uma doença, e se espalhava como fogo selvagem. Era algo que não conseguia se livrar. Ele não conseguia se livrar dessa maneira como se sentia, mesmo quando Catherine estava quebrando a porra do seu coração novamente. Isso o abria como um oceano, e puxava para trás como uma maré pronta para arrastar e afogar.
O primeiro amor era bonito e perigoso.
O primeiro amor tornava difícil deixar ir.



E é nos episódios tristes do primeiro livro que começamos o segundo livro, Revere.  E essa resenha agora pode conter alguns spoilers. Separados pela depressão e os acontecimentos trágicos que envenenaram a vida dos dois, encontramos uma Catherine madura e que respira agora com mais tranquilidade, entre dias bons e ruins, ela encontrou um lugar seguro.  Cross segue sendo maravilhoso. Aliás, perseverança é seu nome do meio. Onde acha um crush assim??? 

“Você é minha,” diz Cross novamente. Seu polegar acaricia a base de sua garganta e seus lábios roçam os dela. “Isso significa que tudo o que sou já é seu, Catherine. Sempre foi seu.”
“Voltei para casa”
Assim que ele reencontra Catherine, cansado de esperar que ela dê o primeiro passo, ele parte para reconquistar a sua amada. Ela até tenta resistir, muito fracamente, meio que a gente em frente a uma mesa de brigadeiros. E logo os dois estão juntos. Só tem um problema: Dante Marcello, o chefe da máfia, pai da Catherine, que devido as inúmeras mentiras dela, e do Cross ter feito de tudo para acobertá-la, acha que Cross é o demônio encarnado na terra. A luta dos dois vai ser um pouco complicada, como se não bastasse isso, ainda existem os negócios da máfia e a vida dupla que Catherina leva, como universitária e uma “adiantadora” de tudo que você precise para tornar sua festa mais viciosa. Sim, isso aqui é um livro de pessoa que levam vida loka. 

“Você não precisa se preocupar. Você nem sequer têm que acreditar em mim, mas ela é o amor da minha vida. Puxe o gatilho, mas você vai colocar dois em um túmulo, Dante. Estou literalmente apostando minha vida nisso agora.”

Os dois enfrentam tudo dessa vez como uma frente unida. Sem mentiras, sem enganar a si mesmo.Bem vindo à maturidade e obrigada psicologia. Pena que nada nessa vida é fácil e tem sempre alguém para atrapalhar.




Partindo para o terceiro livro, que ao meu ver,  se não ler, não vai ser uma grande perda, porque ele poderia ter sido lançado como um conto ou algo assim. Unruly vai contar as dificuldades de Catherine em herdar o trono da sua mãe, a Rainha Pin, e aprender a lidar com tudo que vem com o titulo.  Cross segue perfeito. 

Cross e Catherine agora estão sólidos e deram frutos, uma fruta na verdade. Só que a vida de ambos, anda uma loucura na logística tempo. Passam mais tempo longe, que juntos.  Destaque para a filha deles, Cece, uma graça.

" Eu vou matar todo ser humano com um cromossomo Y que até olha para ela, cara"

Não tem muito que falar sobre esse livro, só que ele é amorzinho em meio a tráfico de drogas e de armas e negociações duvidosas. A autora não foca só nos diálogos entre o casal, você sempre vai ter uma trama inteligente rolando de plano de fundo. 

“Beleza e vida eram sua filha.
Amor e alma eram sua esposa.
Cross sabia dessas coisas antes, mas agora ...
Agora, ele entendia.
Qualquer coisa que ele tivesse que fazer para garantir que sua esposa e filha soubessem o quão importantes elas eram para ele, ele faria isso.
Sempre."

É um livro mais nostálgico, aliás a série para quem leu os livros dos pais de ambos – eu li somente o livro da família Marcello  - você tem surra delas durante os três livros, os pais de ambos tem papéis muito relevantes nos livros, aliás existe uma revelação sobre a família Donati. Tenso.
Essa série é para quem gosta de um romance quente, como um plano de fundo mais realista, com personagens gente como a gente, tirando o fator milionário e criminoso, onde o amor é o que os move e a família e os negócios são tudo.




14 comentários

  1. Oi Fernanda, tudo bem? Eu não conhecia a série, mas pela resenha a autora parece trabalhar muito bem os personagens e seguindo bem a história deles ao longo dos livros. Aliás, é sempre bom acompanhar o amadurecimento dos personagens. Gostei da dica.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Tudo bem? Já tinha visto essa série por aí. Confesso que não me interessei muito em um primeiro momento.
    Prefiro outros estilos literários.. Atualmente pendendo cada vez mais para terror, clássicos e thrillers.
    Mas vou deixar a dica salva.
    Beijos.

    www.alempagianas.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Fernanda.
    Achei ótimo você já ter falado sobre os três livros juntos, assim dá para a gente ter uma ideia melhor do que vai encontrar nessa série!
    Por tudo o que eu li na sua resenha, gostei bastante da parte do romance e acho que pode ser uma boa. Ao mesmo tempo, me incomoda que tudo isso se passe dentro de um universo de criminosos, o que me irrita profundamente! Rs... Agora estou confusa e não sei bem se quero ou não ler!! kkkk
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  4. Oiiiii,

    Me perdi kkkk Uma série dos filhos de casais de outra série! Parece ser realmente uma historia grande, mas que a sua maneira vai cativar. Gostei de saber um pouquinho sobre cada livro desta série, porque dá um apanhado geral do que a história nos reserva! Já anotei a dica aqui e quando tiver a oportunidade pegarei para ler.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  5. Menina, que post mais completao! Hahaha adorei! Me senti um pouquinho perdida mas no final entendi, é como uma série de outra série ne? Hahaha brincadeiras a parte, achei cada um dos livros com uma particularidade bastante interessante, todos são muito reais, nao tem aquela melação e aquela historia perfeitinha, as coisas sao mais realistas e nos dias de hoje, isso é um diferencial. Dica anotada.

    ResponderExcluir
  6. Oi Fê!

    Tudo bem? Confesso que nunca tinha ouvido falar nada sobre esses livros, mas saber que são derivados de outra história não me agrada tanto assim não.

    Eu não sei se vou ler, mas gostei de saber que o livro não tem apenas romance e que conta com um background interessante para história.

    Beijinhos
    dessa história, mesmo tenho um background interessante.

    Beijinhos
    www.paraisoliterario.com<b

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bom?
    Eu nunca tinha ouvido falar desses livros antes, mas fiquei bem interessada em ler eles. vou procurar agora na Amazon e iniciar a leitura o mais rápido possível. Amei sua resenha e a dica com todo meu coração!

    Beijos!
    http://www.manuscritoliterario.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Fernanda!
    Fiquei um pouco confusa sobre esses livros. A série que você menciona anteriormente é a Filthy Marcellos? Se for essa, li o primeiro livro apenas e gostei bastante.
    A escrita da Bethany é bem fluida e os personagens bem construídos.
    Vou terminar de ler a série pra procurar essa, afinal amo personagens ligados a máfia.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  9. Olá ♥
    Não conhecia a série, mas amo livros com a Mafia, deve ser por que tenho um tino para personagens errados, vai saber né?
    Fiquei curiosa para conhecer um pouco mais sobre a escrita da autora e sobre esse personagens que parecem ser muito bem construídos. Já estou indo procurar os livros. Amei essa mega resenha, beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oi.
    Nunca li um livro que retrata o ponto de vista dos mafiosos e não sei como me sentiria em relação a isso. Sem querer bancar a certinha demais ou politicamente correta, mas a vida das pessoas acaba por conta dessas drogas que são vendidas nas festas. Não sei se eu conseguiria ler e considerar somente entretenimento, entende?
    Adorei a resenha, mas fico na duvida se leria.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Oiee Fer ^^
    Acho que ainda não conhecia esses livros, mas talvez tenha lido sobre histórias parecidas. Não sei se os leria, mesmo tendo em vista que você gostou bastante (e que os livros abordam idades diferentes dos personagens) porque eu não sou fã de histórias - principalmente romances - que tenham personagens mafiosos no meio...haha'
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá! Tudo bom?

    Eu já li livros anteriormente da autora e confesso que não gostei muito, não odiei, tinha momentos que até me empolgava, mas tinhas vários pontos fracos que não me fizeram me apaixonar pela escrita da autora. Fico feliz que a autora trouxe maturidade pros personagens. Particularmente eu sou uma grande fã de livros de máfia queria muito que mais fossem publicados no brasil. A autora de fato é muito boa na história de fundo. Enfim, gostei muito da sua resenha, talvez eu dê uma chance essa série ♥

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi Fernanda,
    que resenha maravilhosa.Já quero muito conhecer a história dessas duas famílias, desde o comecinho lá atrás com os pais deles, é pedir demais que uma editora nacional publique esses livros? Adorei o "Cross segue sendo maravilhoso" e o "Cross segue perfeito" hahaha já quero conhecer melhor esse rapaz. Adorei a premissa da série e vou ficar torcendo por uma oportunidade de conhecer os livros.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  14. Olá Fernanda,
    Achei muito legal você ter trazido as três resenhas juntas e fiquei contente por os livros terem te agradado. Eu não curto muito esses romances mais quentes, mas fiquei intrigada para fazer essas leituras e ver como a história vou desenvolvida em meio a esse pano de fundo.
    O único que talvez eu não leria é o último, mas, talvez não queira deixar tudo em aberto rs, vai saber!
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir