Resenha: O Chefão (Bossman) - Vi Keeland

17 comentários

Na primeira vez que vi Chase Parker não causei exatamente uma boa impressão. Eu estava escondida no banheiro de um restaurante, mandando mensagem de áudio para minha melhor amiga me salvar de um encontro horrível. Ele ouviu, disse que eu era uma canalha e começou a me oferecer conselhos não solicitados de namoro. Eu disse a ele que cuidasse de sua própria vida e voltei para meu encontro miserável. Ao passar pela minha mesa ele sorriu e eu assisti seu traseiro sexy e arrogante voltar para seu jantar. Não pude evitar trocar olhares com o idiota condescendente do outro lado do restaurante. Quando o deslumbrante desconhecido e sua acompanhante apareceram de repente em nossa mesa, pensei que ele iria me denunciar. Mas, ao invés disso, ele fingiu que nos conhecíamos e se juntou a nós – contando histórias elaboradas e embaraçosas sobre nossa suposta infância. E, sem que eu me desse conta, meu encontro tedioso se tornou extremamente excitante. Depois que nos separamos, não consegui parar de pensar naquele estranho que jamais veria novamente. Afinal, quais eram as chances de encontrá-lo de novo em uma cidade com oito milhões de pessoas?

*Livro recebido em parceria com editora*

A história de O Chefão já começa divertida, Reese está em um encontro ruim (sério, muito ruim mesmo, o cara só sabe falar da mãe) e ao ligar para uma amiga pedindo socorro ouve os comentários sarcásticos de Chase que ela deveria dar mais valor ao cara, afinal é muito difícil conseguir uma reserva naquele restaurante. Mas ela não imaginava que ao voltar pra mesa ele e sua acompanhante iriam se juntar a eles em um 'encontro duplo', Chase começa a inventar várias histórias de como eles são velhos amigos de infância e que não se viam a anos, e assim aquele encontro chato passa a ser a coisa mais divertida da sua vida, ao entrar nas mentiras de Chase Parker.

Mas o destino iria juntá-los novamente, agora na academia de seu novo namorado Reese topa com Chase, agora ele é seu primo e tem novas histórias pra contar, e esse novo encontro acaba com ele a oferecendo ajuda para procurar um emprego, ela só não esperava que esse emprego seria na sua empresa, uma das maiores de NY no ramo de beleza.

Mas apesar de ela estar completamente obcecada pelo seu novo chefe gato, ela não irá cometer o erro de dormir com seu superior novamente, mas Parker está disposto a contornar suas regras e fazer com que ela não resista e acabe na sua cama.

"As chances de encontrá-lo uma segunda vez naquela cidade provavelmente eram as mesmas de ser atingida por um raio.
Levaria menos de uma semana para eu descobrir que raios caem duas vezes no mesmo lugar."

É livro divertido que você quer @ ? Então tome! Se eu achava que já tinha rido muito com um livro com um cabrito, não imaginava conhecer Chase Parker e sua incrível habilidade de inventar mentiras para conseguir o que quer.

O Chefão é aquele livro erótico que é mais divertido e sobre os personagens que sobre sexo, a isso é algo que me agrada muito nos livros da Vi Keeland, pois ela sabe construir uma boa história sem ficar apelando para uma cena de sexo intensa a cada duas páginas. Aqui vamos conhecer dois personagens encantadores, que vão contar a sua história intercalando entre o presente (visão da Reese) e passado (visão do Chase) e a partir daí a gente vai acompanhar esse jogo onde Parker quer muito Reese e ela não quer dormir com o chefe, apesar de adorar a companhia dele fora do escritório.

Ambos os personagens tem um passado marcado por acontecimentos trágicos, e a autora sabe conduzir muito bem esses traumas sem ficar o tempo todo focando no assunto, eles vão sendo inseridos na trama pouco a pouco, dando uma profundidade nos personagens e servindo como um plano de fundo para um romance mais forte, ligado por algo além de sexo, por duas pessoas que conhecem a dor e juntar conseguem lidar com tudo isso de maneira mais forte.

A autora consegue transformar o clichê em algo único e se diferenciar de todas as tramas envolvendo CEO's ricos e gatos, Parker é tudo isso que já conhecemos, mas em nenhum momento eu senti que estava lendo a mesma história de outros livros de CEO, ele em momento algum é daqueles caras mandões, dominadores, pelo contrário: ele é protetor, brincalhão, divertido, ele sabe conquistar sem se impor e isso é o que mais amo nos livros da Vi Keeland, pois ela mostra que o cara pode ser rico, gato, dono da porra toda e ainda ser um fofo que conquista a mulher com o coração bom e não com o jeito mandão e possessivo.

Vi Keeland é sinônimo de diversão e erotismo na medida certa. Não tem como não pegar um livro da autora e não se apaixonar pelos mocinhos e morrer de rir com as situações engraçadas que eles se metem na busca do verdadeiro amor. O Chefão é exatamente assim, você vai se apaixonar por Chase Parker, vai adorar a Reese e seu gato pelado, vai sorrir e ficar com o coração apertadinho durante a narrativa, e quando terminar você vai estar simplesmente pedindo mais.

"Às vezes, você não sabe o que está faltando... até encontrar."

17 comentários

  1. Bom, eu ia dizer: mais um livro em que a funcionária dorme com o seu chefe, afinal, porque as funcionárias tem sempre que fazer isso? Mas aí você quebrou logo em seguida a minha ideia. hahahaha. Poxa, eu adoro livros engraçados com romance, mas essa coisa de chefe e tudo o mais não curto muito.

    ResponderExcluir
  2. Tenho visto as amigas pirarem com esse livro. Não é meu tipo de leitura. Não leio o gênero. Sempre fico um pouco curiosa, mas já desisti de livros assim!
    Fico contente que tenha se divertido tanto com sua leitura.

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  3. Nice entry, I'm here for the first time and maybe I will stay longer!

    https://clicknorder.pk online shopping in pakistan

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Gosto bastante de livros eróticos, mas o que me desanima às vezes de ler é que na maioria das vezes as história é a mesma, porém O Chefão me deixou curiosa especialmente por saber que tem uma boa pitada de humor. Imagino como deve ser divertido acompanhar as mentiras de Chase, me pareceu ser um livro bem diferente. Com certeza fiquei com vontade de ler!

    www.virandoamor.com

    ResponderExcluir
  5. Olá! Tudo bom?

    Quero muito ler esse livro e pretendo iniciar a leitura ainda hoje. Se o tempo permitir essa semana mesmo faço resenha dele haha. Eu estou muito ansiosa para iniciar a leitura e fico feliz que gostou. Quero muito saber como é esse Parker, algo me diz que vou gostar dele haha ❤️

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Gosto de leituras despretensiosas e com essa premissa hot, mas bem humorada, torna tudo ainda mais prazeroso e a proposta do livro ser diferente de tudo que vimos com CEO por aí já é uma grande informação., então é recomendação anotada.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Quando li a resenha ja gostei de cara, como você mesmo disse o livro é bem divertido do que erotico, gosto de livros leves e esse parece ser muito bom de ler. Obrigada pela dica, adorei conhecer esse livro. Sucesso

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Ahh eu adoro essa autora e só de ler sua resenha fiquei rindo. O livro com o cabrito já me deixou rindo demais e agora só ficou a vontade de iniciar essa leitura. Certamente vou adorar a ambientação e esses personagens.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  9. Uma observação na sua resenha me convenceu a ler o livro: não existe apelação na parte erótica. Existe sensualidade, mas os personagens são mais que isso no enredo e é deste tipo de romance moderno que eu gosto. Amei a dica.
    beijos

    ResponderExcluir
  10. Confesso que quando vejo esse tipo de livro, sempre fico com receio já que não curto muito obras eróticas. No entanto ao saber que se tratava de uma história focada nos personagens, e não apenas em sexo, já mudei de ideia. Até porque a história e divertida, e envolvente, com personagens que vão nos cativar. Com certeza fiquei interessada em conhecer ambos, e me aventurar nesse romance.

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?

    Confesso que não estou, ultimamente, na vibe dos livros eróticos, mas que esse me chamou a atenção pelo fato de você deixar bem claro que é um livro divertido. Não li nada dessa autora até o momento, mas notei que essa é a pegada dela, deixar a leitura leve e divertida. Ok, me interessei pelo livro.e a culpa é sua. XD

    Beijo!
    Ana.

    ResponderExcluir
  12. Ainda não conhecia esse livro mas pela sua resenha já estou louca para ler ele, além de ter me apaixonado por esse mocinho, rsrs, são de mocinhos assim que eu gosto. Achei a história super divertida pelo seu post.

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem?
    Eu já tinha visto esse livro por aí e se considerasse só a capa não ia querer ler. Porém, lendo sua resenha, eu fiquei mais curiosa. Não sou muito fã de romances eróticos, mas gostei do enredo e saber que é um livro divertido e que foca mais na construção dos personagens do que no sexo me anima muito mais a ler.
    Adorei sua resenha e vou anotar a dica, pois acho que deve ser uma leitura bem divertida.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Adorei sua resenha! Não conhecia o livro, mas já quero! Fiquei muito curiosa para ler o livro, há muito tempo que não dou uma boa risada com um livro que não seja de comédia!
    Obrigada pela dica!

    Beijos!
    https://www.manuscritoliterario.com.br

    ResponderExcluir
  15. Mulher, li esse livro tem um tempão mas amo ele! Acho sensacional a reviravolta da história e como ela fica transtornada ao descobrir que ele será seu chefe haha essa autora escreve bem demais e conquista o leitor como ninguém, a gente lê que nem vê a hora passar.

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bom?

    Apesar da trama clichê, um romance entre um CEO lindo e rico e a sua empregada, fiquei com vontade de ler esse livro. É ótimo saber que a autora se focou mais na história, nos trazendo uma trama engraçada, do que nas cenas eróticas. Apesar de nunca ter lido um livro dela, acho que começar por esse será bom. Então já coloquei na minha lista de desejados ;)

    Enfim, adorei a postagem e agradeço a indicação :)
    Abraços.

    ResponderExcluir
  17. Olá,

    Meu primeiro contato com essa autora não foi bom, muito sexo e pouca exploração da vida dos personagens. Pretendo ler algo dela para ver se mudo de ideia. Porém, não agora, estou evitando livros mais sensuais.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir