Resenha: Como Se Vingar de Um Cretino (Lessons in Love # 1) - Suzanne Enoch

5 comentários

Era uma vez um notório visconde Dare, que seduziu lady Georgiana Halley e tomou sua inocência para ganhar uma aposta, e agora ele vai ter que pagar. O plano é simples: ela vai usar cada artifício de conquista que conhece para ganhar o coração de Dare, e então quebrá-lo. Mas o olhar do visconde tenta Georgiana a se entregar ao prazer mais uma vez, e quando ele a surpreende com um pedido de casamento, ela se pergunta: esse é mais um de seus jogos, ou dessa vez é amor verdadeiro?




*Livro recebido em parceria com editora* 

Eu amo romances de época, mas fiquei um bom tempo sem ler nenhum porque tinha ficada meio saturada do gênero, mas esse ano eles serão bem frequentes aqui no blog, e eu fico muito feliz em saber que vou voltar a ler um gênero que amo tanto, e que tem as melhores mocinhas EVER! E se é para começar bem vamos com esse livro maravilhoso, que logo na primeira página eu já estava rolando de rir com essa mocinha sem papas na língua.

Em Como se Vingar de um Cretino vamos conhecer a história de Georgiana, uma das três amigas solteironas que estão bolando uma lista para 'ensinar' alguns cavalheiros a como conquistar uma dama, afinal elas estão cansadas de serem cortejadas por lordes que só estão de olho no seu dote, ou que pensam que mulheres são seres bobinhos que não tem nada na cabeça. E Georgiana é a primeira a botar a sua lista em prática, e seu alvo: visconde Dare, aquele que partiu seu coração seis anos atrás e continua partindo corações incansavelmente.

"Lista da Georgiana
1- Nunca parta o coração de uma mulher.
2- Sempre diga a verdade, independentemente do que acha que a mulher quer ouvir
3- Nunca brinque com os sentimentos de uma dama.
4- Flores são de bom tom, mas certifique-se de que são as favoritas da mulher. Lírios são particularmente adoráveis."
Ela é inteligente, e logo bota seu plano em prática: ela irá se mudar para a casa do visconde para fazer companhia as suas tias, principalmente a Milly, uma senhorinha que está passando por uma crise de gota. Lá dentro ela irá começar a fazer com que Tristan se apaixone por ela, e no fim ela partirá seu coração assim como ele partiu o dela, ensinando uma lição que nunca se deve fazer isso com ninguém. Mas será que seu plano sairá como planejado e ela continuará nutrindo o ódio por ele?

"Fazer Tristan Carroway se apaixonar por ela era arriscado por mais de um motivo, mas era uma lição que ele precisava despertadamente aprender. O visconde havia brincado com o coração de mulheres demais, e Georgiana garantiria que isso não aconteceria mais. Nunca mais."

Eu simplesmente amei esse romance de época. Sério, mesmo sendo o meu primeiro contato com a escrita da Suzanne Enoch eu já posso dizer sem dúvidas que ele é de longe o melhor que eu já li, com a melhor mocinha e o melhor enredo, e eu já tinha certeza que iria adorar essa história no primeiro encontro dos protagonistas, onde Georgiana dá uma das melhores tiradas que já li em Tristan hahah.

"- E cá estava eu, aproximando-me apenas para dizer que a senhorita está particularmente bela essa noite, lady Georgiana.
- Eu, de fato, escolhi este traje pensando no senhor, milorde. O senhor gostou mesmo?
- Gostei, milady.
- Então é este que usarei em seu funeral."
Georgiana é esperta, tem a língua afiada, é sarcástica e completamente doce ao mesmo tempo, as brigas com Tristan garantem risadas o livro inteiro, pois é cada tirada, cada coisa que ela faz com o visconde que dá até para sentir pena do coitado hahaha, até passar com a cadeira de rodas no pé dele ela faz, com o sorriso mais angelical no rosto pra ninguém desconfiar de nada. E o mais bacana é que Tristan se diverte com essa personalidade forte da mocinha, então como não amá-la?

O mocinho também é encantador, geralmente em alguns livros eu tomo birra do mocinho por ser tão pegajoso ou insistente, mas nesse eu adorei porque ele é tão divertido quanto ela, e está disposto a suportar tudo que precisa pois sabe que pisou na bola com ela, sabe que merece essa vingança e ainda assim faz de tudo para quebrar o muro que ela construiu em volta de seu coração depois do que ele fez.

"Conciliar os dois lados de Tristan Carroway estava se tornando consufo: ele parecia zeloso com relação aos irmãos e às velhas tias, mas, quando se tratava de mulher como Amelia, comportava-se como um libertino sem coração"

O livro é muito bom, tem a dose certa de brigas, de romance e tem muito mais história além do casal, não é um livro onde tudo acontece rápido demais e em um passe de mágica os dois já se amam, não, Suzanne sabe construir bem a história e nos prender nela, quanto mais lemos mais torcemos pra eles ficarem juntos, e mal percebemos o tempo e as páginas passando.

O livro também tem muitos personagens secundários marcantes, eu adorei a família do visconde, assim como Grey e sua esposa, então Harlequin, por favooooooor, trás o livro dele pra gente também! Assim como os das outras amigas da Georgie, tenho certeza que as histórias delas serão tão engraçadas quanto e que os amantes de romance de epoca vão se apaixonar pelas histórias criadas por Suzanne.

Como Se Vingar de Um Cretino é um romance de época bem fora da caixinha que com certeza vai encantar todo mundo. É um daqueles livros onde você morre de tanto rir, e torce pra esse casal ficar junto, mesmo no meio de tanta troca de farpas. Georgiana vai fazer você se apaixonar por ela, e nessa vingança de ensinar algumas lições pra Tristan, você vai acabar se apaixonando por esse visconde também, e se fosse possível eu apostar uma coisa, com certeza seria que vocês vão se apaixonar por essa história e vão ficar pedindo mais quando terminarem.

"Independentemente do que estava acontecendo, não iria deixar que Georgie vencesse. Vale tudo no amor e na guerra - e isso, definitivamente, era uma coisa ou outra."


5 comentários

  1. Já me deparei com muitas resenhas desse livro e por mais que a maioria seja boa, ainda assim passo a dica, pois não é meu tipo de leitura. Porém não posso deixar de salientar que sua resenha preenche os dados necessários que instiga um leitor que curta o gênero.
    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  2. O título já é maravilhoso!! uhauhaua
    Não conhecia a obra, mas adorei conhecer aqui no seu blog!
    Adoro romance e fiquei curiosa com a premissa!
    Parabéns pela resenha!!

    Beijinhos

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Sabrina.
    Já me divertir lendo sua resenha, imagina o quanto vou amar ler esse livro. Amo Romances de época, imagina um assim, totalmente fora da caixinha. hahaha
    Já gostei da Georgiana e quero muito saber se seu plano dará certo. Gostei muito da capa do livro e do título. Dica mais que anotada!
    Bjos

    www.momentosdeleitura.com

    ResponderExcluir
  4. As vezes a gente lê tanto de um genero que se cansa dele, né? Isso aconteceu comigo em romances ahaha mas as vezes vem uma leitura que nos faz repensar sobre porque amamos tanto tal genero. Pelo visto foi o que aconteceu contigo. Eu to louca pra ler esse livro justamente pelas risadas que aparentemente todo mundo dá.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Sabrina.
    Eu também adoro romances de época e fico feliz que tenha voltado a ler o gênero.
    Esse livro já está na minha lista de desejados e sua resenha me deixou ainda mais animada!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir