10 abril 2018

Resenha: Almanova (Trilogia Incarnate #1) - Jodi Meadows

em 10 abril 2018

13 comentários

ALMANOVA
Ana é nova. Por milhares de anos, no Range, milhões de almas vêm reencarnando, num ciclo infinito, para preservar memórias e experiências de vidas passadas. Entretanto, quando Ana nasceu, outra alma simplesmente desapareceu... e ninguém sabe por quê.
SEM-ALMA
A própria mãe de Ana pensa que a filha é uma sem-alma, um aviso de que o pior está a caminho, por isso decidiu afastá-la da sociedade. Para fugir deste terrível isolamento e descobrir se ela mesma reencarnará, Ana viaja para a cidade de Heart, mas os cidadãos de lá temem sua presença. Então, quando dragões e sílfides resolvem atacar a cidade, a culpa deverá recair sobre...
HEART
Sam acredita que a alma nova de Ana é boa e valiosa. Ele, então, decide defendê-la, e um sentimento parece que vai explodir. Mas será que poderá amar alguém que viverá apenas uma vez? E será também que os inimigos – humanos ou nem tanto -- de Ana os deixarão viver essa paixão em paz?
Ana precisa desvendar grandes segredos: O que provocou tal erro? Por que ela recebeu a alma de outra pessoa? Poderá essa busca abalar a paz em Heart e acabar por destruir a certeza da reencarnação para todos?

*Livro recebido em parceria com editora* 

"- Não dá para imaginar o que está se passando em sua mente agora.
- Tudo. (...) Tem uma tempestade acontecendo dentro de mim, revirando tudo ao redor."

Em um Universo onde todas as pessoas reencarnam sempre, Ana é uma alma nova, uma sem alma, uma pessoa que nasceu sem passado nenhum e ainda tomou o espaço de Cianna, uma mulher conhecida por todos daquela sociedade de mais de 5 mil anos. Por isso ela sempre viveu reclusa, isolada de outras pessoas que se perguntavam o porque de ela ter banido Cianna, porque de ela ter nascido sem nenhuma habilidade e ter que aprender tudo do começo.

Ana não teve amigos, sei pai fugiu assim que ela nasceu, e Lia - sua mãe - era uma megera que sempre a lembrava que ela era um erro, e por isso nunca lhe deu amor ou tentou lhe ensinar alguma coisa. Agora com 18 anos ela finalmente vai partir para Heart, a cidade onde pode haver todas explicações para sua condição, mas um incidente com Sílfides - seres sombrios que queimam a pessoa com o toque - acaba quase a matando, e nessa hora ela conhece Sam, um jovem que a ajuda a sair daquela emboscada.



Mas Sam não é um morador qualquer de Heart, ele tem um passado super importante nesses cinco mil anos, e com a ajuda dele ela conseguirá entrar na cidade e ainda aprender várias coisas que o jovem sabe, principalmente a música, algo que ela sempre amou escondida. Mas naquela cidade as coisas não serão tão simples, e Ana terá que lidar com as descobertas sobre seu passado e também a hostilidade de um povo que não quer aceitar alguém como ela lá. Será que ela conseguirá descobrir porque é uma alma nova e o que aconteceu com Cianna que nunca mais reencarnou?

"O passado é doloroso demais quando você se lembra de como as vidas terminam."

Almanova é o primeiro volume da trilogia Incarnate, um YA sobrenatural com dragões, reencarnações e pessoas super dotadas com conhecimentos milenares. Quando solicitei esse livro estava bem curiosa com a proposta da trilogia, porém infelizmente esta não foi uma leitura muito agradável pra mim, e vou explicar a vocês os pontos que me deixaram chateada nessa história.

Ana começa a história com um propósito: chegar em Heart e descobrir o porque de ser assim, o porque de não ter vida nenhuma no seu passado, mas com o ataque das sílifides ela infelizmente perde o foco da sua investigação, ficando 'enamorada' por Sam, o jovem que a ajuda a chegar na cidade.

Infelizmente depois que ela conhece Sam é como se as dúvidas do seu passado ficassem em segundo plano, a sua rotina começa a se resumir em aprender música - já que Sam é um grande músico - e aprender outras 'habilidades' já que ela terá que ser submetida a testes constantemente para se manter ali naquela sociedade. Mesmo treinando essas novas habilidades e tendo trechos com ela pesquisando mais sobre seu passado pra mim a trama focou demais na ligação dela e de Sam, os dois estavam juntos o tempo todo, e só sabiam conversar sobre música, e eu fiquei lá esperando que os mistérios sobre quem era ela eclodissem para me dar uma bela de uma história fantástica.

Ana é muito insegura também, e isso eu até compreendi na narrativa, já que ela cresceu com alguém que sempre a excluiu e nunca lhe deu amor, nunca lhe permitiu sentir nada além de medo por existir. A convivência dela com Sam é difícil no começo, é um jogo de dois pra trás um pra frente, mas em um momento ela finalmente percebe que deve ser mais receptiva se quiser conviver naquela sociedade, e é quando eu finalmente comecei a gostar mais dela, aquela atitude que eu esperava lá no começo do livro chegou no final, e me deu um pouco mais de fé na personagem.



"Se eu soubesse que não havia muito tempo de sobra, faria as coisas com mais rapidez. Ver mais lugares, terminar todos os meus projetos. Não ia perder tempo sonhando acordado ou começando coisas novas."

O final conta com um plot twist intenso e completamente inesperado, no final todas as coisas que sabíamos começam a ter outra perspectiva, descobrimos muito mais sobre quem Ana realmente é e o que aconteceu no seu passado para que ela tomasse o lugar de Cianna. Eu até gostei da reviravolta, mas acho que ela aconteceu rápido demais e sem construir uma boa base para aqueles acontecimentos, e ao mesmo tempo que eu estava devorando as páginas para finalmente entender a história da protagonista, tudo acabou e eu fiquei com uma sensação de que ficou faltando algo ali.

A diagramação da editora Valentina é uma coisa única e linda. Cheia de detalhes em holo e ilustrações de borboleta (que tem tudo a ver com a personagem) a edição é muito bonita e com certeza vai agradar os leitores. As folhas são amarelas e possuem uma boa revisão também.



Infelizmente Almanova não foi uma boa leitura pra mim, eu esperava encontrar aqui uma protagonista forte que decidida a encontrar a razão de existir embarcasse em uma jornada épica até Heart e aprendesse muito nesse caminho, mas infelizmente o livro acabou focando mais no romance e menos nas descobertas sobre a questão das almas e reencarnações. É um bom livro, não deixo de recomendar pra vocês, ás vezes foi só um mal momento para lê-lo, mas se vocês gostam de um YA com romance e uma pitada sobrenatural leiam o livro, e depois me contem o que acharam.

"Cada sequência é única. Cada sequência é igual a que era em sua encarnação anterior, por mais distinta que o corpo possa ser. Eu renasci centenas de vezes, e me recordo de cada geração."



13 comentários:

  1. Olá
    Poxa o enredo estava tão bacana, mas as pessoas teimam em dar ênfase no romance, que coisa né. Bom infelizmente por conta desse detalhe eu passarei a dica, lamentando muito pais a capa é linda e a diagramação divina. Esperava um enredo melhor
    Beijuh

    ResponderExcluir
  2. É uma pena que o livro acabe focando muito no romance dos dois e esqueça de lado o foco da história, me chamou bastante atenção a sinopse do livro, é uma pena que não tenha sido tão bem desenvolvido e tenha perdido um pouco o rumo. Bjs !!

    ResponderExcluir
  3. Tudo bem?
    Sou louca nessa capa. Adorei a história. Já li os três livros e amei!
    Esse ponto do romance (apesar de eu não ser fã) eu curti.

    Bom ... Resumindo a história é recheada de intrigas, mistérios, e criaturas fantásticas, somando-se algumas situações bizarras como as reencarnações e a Ana ser a única Almanova do pedaço a quem todos temem, sentem raiva ou curiosidade.

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Sabrina, tudo bem? Que capa linda desse livro, estou impressionada! Adorei a história das reencarnações, é uma ideia bem interessante, mas acho que não é um livro pra quem quer mais fantasia, já que é focado bastante no romance. Não está na minha lista de leituras, mas caso eu leia vou alinhar minhas expectativas!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Oiiii,

    Rinchei a capa deste livro e fico querendo muito ler, aí leio a sinopse e quero ler mais ainda, mas sua resenha me desanimou um pouco porque a busca dela ao passado e de porque ela é assim me parece muito interessante só que deixar isto em segundo plano pra por o romance em foco já me incomoda de maissss. Fora os outros pontos que só acontecem no final do livro e de forma rápida, então realmente acho que é uma obra que não vai funcionar para mim.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Sabrina!
    Menina, eu acho as capas dessa trilogia lindas, mas pelas opiniões que li eles não seriam uma boa leitura pra mim. Esse negócio da mocinha se enamorar logo do mocinho e deixar tudo de segundo plano já não funciona mais pra mim. Junta com a questão da reviravolta rápida demais.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Adorei a sinceridade na sua resenha e confesso estar curiosa para saber sobre essa trilogia. Gosto bastante de sobrenatural, mas não me senti conectada com esse desenrolar no primeiro livro, então certamente não será uma leitura que irei realizar.
    As capas são muito bonitas, mas vou passar essa dica.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  8. Oiii tudo bem??

    Poxa que pena que não foi uma boa leitura, achei que pela sua resenha tinha sido, pois descreveu tão bem.
    Estou louca para ler esse livro e já vi algumas resenhas positivas. Espero poder ler e gostar e ser sim produtiva ;/
    Os livros realmente são lindos.
    Adorei a resenha,
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  9. Oi, Sabrina

    Esse livro está nos meus desejados há muito tempo.
    Que pena que não foi uma leitura muito proveitosa para você, mas eu acredito que nos próximos volumes as coisas vão ser explicadas. Não costumo esperar muito do primeiro livro de uma trilogia /série, pois sempre é tudo muito introdutório.
    Mesmo com as suas ressalvas ainda quero ler, espero curtir.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  10. Olá! Tudo bom?

    Já tinha visto a capa desse livro anteriormente e sempre achei linda o conjunto de cores presente nela. É a primeira vez que leio mais sobre a obra em si e achei bem interessante. Adorei essa de dragões e pessoas super dotadas. Pena que não foi uma boa leitura para você, realmente ao ler sobre a obra eu esperava uma grande aprofundação sobre os temas que estão presentes, adoro quando se tem romance mas não quando se torna o foco em um livro nesse estilo. Enfim, ainda pretendo ler ele mas não vou deixar minhas expectativas tão altas ♥

    Um beijo
    http://romanceerotic.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá, eu sou encantada por essa capa maravilhosa, tenho muita vontade de ler essa trilogia, acho super interessante toda essa questão de almas e coisa e tal. Uma pena que a história não tenha superado as suas expectativas, que sabe nos próximos volumes lhe agrade mais.

    ResponderExcluir
  12. Olá Sabrina!!!
    Quando eu vi os pontos negativos que você apontou em relação a obra, realmente pensei que a autora meio que deixou de lado a ideia inicial para focar no romance 😞
    Porém, admito que não estou numa fase de livros que começam de uma forma para ir para outra coisa completamente diferente.
    Realmente, a Valentina caprichou nessa capa.

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Olá Sabrina,
    Sempre vi esse livro por ai, mas nunca ele tinha me atraído para saber mais sobre ele. A capa da obra e o trabalho da valentina realmente é admirável, mas infelizmente, o que não pegou para mim foi o enredo. Apesar de gostar de YA, misturar com fantasia dessa forma, para mim não pegou.

    beijos,
    Mayara

    ResponderExcluir

TOPO