Resenha: Trono de Vidro (Trono de Vidro # 1) - Sarah J. Maas

19 comentários

Nas sombrias e sujas minas de sal de Endovier, um jovem de 18 anos está cumprindo sua sentença. Celaena é uma assassina, a melhor de Adarlan. Aprisionada e fraca, ela está quase perdendo as esperanças quando recebe uma proposta. Terá de volta sua liberdade se representar o príncipe de Adarlan em uma competição, lutando contra os mais habilidosos assassinos e larápios do reino. Endovier é uma sentença de morte e cada duelo em Adarlan será para viver ou morrer. Mas se o preço é ser livre, ela está disposta a tudo.



*Livro de acervo pessoal da blogueira*

"Ela se lembrou das três grandes cicatrizes nas costas. Mesmo se conquistasse a liberdade... mesmo se conseguisse viver em paz em algum lugar... as cicatrizes sempre a lembrariam do que suportara. E que embora fosse livre, outros não eram."

Eu estava tão ansiosa para ler essa série da Sarah J Mass que não posso nem acreditar que finalmente terminei o primeiro livro! E já posso adiantar a vocês que se a série Corte é uma das minhas favoritas da vida, Trono de vidro tem tudo para ficar em pé de igualdade com ela. 

Essa série vai contar a história de Celaena, uma jovem de 18 anos que era considerada a maior assassina de Adarlan, ela infelizmente foi traída um ano antes e foi pega, sendo jogada nas cruéis minas de sal de Endovier, onde uma pessoa normal não duraria nem um mês. Em um dia comum ela é retirada das minas para uma audiência com o príncipe herdeiro, ele quer que ela a represente em uma competição brutal organizada pelo seu pai, caso ela vença terá que trabalhar como assassina do rei por quatro anos e então terá sua liberdade (e um bom dinheiro em seu bolso). 

Celaena lógico que concorda, mas ela não imaginava que no Palácio de Vidro tudo seria tão mais complicado, com competidores igualmente brutais ela terá que se esforçar para tornar a ser a assassina perfeita que foi um dia, e quem sabe se não for morta ou eliminada até o final da competição ela possa então imaginar como é ser livre, algo que nunca foi em seus 18 anos. 

"Há algum tempo Celaena não sentia medo - não se permitia sentir medo. Todas as manhãs, quando acordava, repetia as mesmas palavras: eu não terei medo. Durante um ano, essas palavras significaram a diferença entre se partir e ceder; evitaram que Celaena se despedaçasse na escuridão das minas."

Que livro incrível senhores. Que personagem incrível. Celaena logo nas primeiras páginas já ganhou meu coração, afinal de contas ela é só uma jovem e era temida por todo o reino, a assassina mais competente daquele lugar e que sempre se esforçou para se tornar sempre melhor. Ao longo do livro vamos conhecer melhor a sua história, saber como a melhor assassina foi pega, e é nesses detalhes que os livro nos ganha, porque Sarah consegue deixar tudo sucinto, delicado e não cria nada de grandioso demais para nos forçar a gostar daquela personagem, simplesmente vamos a amando.

A trama é conduzida com calma, somos apresentados aquele Universo aos poucos, e descobrindo os mistérios na hora certa. Vemos um mundo onde a magia foi devastada após a guerra, um governante que não permite nenhum ato mágico (até mesmo os livros que poderiam ter algo relacionado a magia foram queimados) e povos féericos inteiros mortos. Ao longo dos treinamentos de Cealena a autora adiciona outro mistério a trama, que deixa tudo mais interessante e sinistro. Eu adorei esse toque 'sobrenatural' e fiquei ali tecendo minhas teorias página a página, e tudo foi revelado confesso que fiquei de boca aberta e louca para saber quais implicancias essa revelação terá nos próximos livros da série.

"O que era "campeão" se não um nome chique para assassino? Ela poderia, de fato, suportar trabalhar para o rei?"

Além da história da protagonista ser muito bem contada, somos apresentados a três outros personagens muito importantes: Dorian, o príncipe de Adarlan, Chaol o capitão da guarda do rei e Nehemia, a princesa de outro reino que é super misteriosa mas tão girl power quanto Cealena. Eu amei cada parte desses personagens "secundários" e não nego que meu preferido foi Chaol porque além de ele ser super inteligente ele é um ótimo amigo, e ajuda a assassina sem nunca baixar a guarda, afinal ele sabe das capacidades dela. Nehemia também me encantou muito, e espero mais dela nos próximos livros.

A história tem um leve romance também, mas não é nada que force ou que te faça focar somente no casal, Celaena não perde a razão por causa de uma paixonite e eu adorei isso nela, isso foi o que tornou a trama muito mais real e inteligente, e apesar de eu ter shipado o casal errado no começo do livro, estou torcendo para que meu ship dê certo nos próximos volumes rsrsr

Pra finalizar, digo que essa série é incrível. Geralmente os primeiros livros de uma série longa são bem introdutórios e parados, mas no caso de Trono de Vidro isso realmente não acontece. Pra quem ama fantasia e procura uma protagonista bem girl power eu recomendo muito essa leitura, só aconselho já ter os próximos livros em mãos, caso contrário você entrará em uma ressaca literária daquelas rsrsrs

"Ela era uma lâmina afiada feita pelo rei dos Assassinos para o próprio lucro. Era um animal adormecido - um felino da montanha ou um dragão - e as marcas de poder da jovem estavam por toada parte."


19 comentários

  1. Oi Sabrina, tudo bem? Eu nunca li nada da autora, mas sempre leio resenhas bem positivas dela! Faz tempo que não leio uma boa fantasia e estou bem curiosa com a série! Que bom que mesmo sendo um livro introdutória, não é nada cansativo, isso me dá mais ânimo para ler.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Quando essa obra foi lançada tive muita vontade de adquiri-la, mas devido a algumas resenhas que li por ali desanimei e deixei de lado essa vontade. Contudo, você reascendeu em mim a vontade de ler essa série, depois dessa sua resenha apaixonante. Vou recolocá-la em minha wishlist.

    @leitoracnectada

    ResponderExcluir
  3. Confesso que não é uma série que me chame atenção, não consigo captar esse lance de melhor assassina, sem dizer que fiquei pensando no toque sobrenatural e nesse leve romance. Menina, me sinto perdida com essa série, acho que só no dia que eu ler que vou compreender o amor dos fãs.

    Abraços
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Aline!

    Tudo bem? Não briga comigo, mas eu pulei direto pra sua opinião porque comecei HOJE (sério mesmo) ToG e fiquei morrendo de medo de saber qualquer coisa da história (prefiro ler um livro sem saber nada e tal).

    Bom, estou com expectativas altíssimas para esse livro porque simplesmente AMEI toda os três livros de ACOTAR, então espero que a história seja tão cativante/emocionante/f*$@ quanto.

    Eu fiquei muito feliz que você ACOTAR seja uma das suas séries favoritas da vida (é da minha também) e que bom que ToG tem essa capacidade andar em pé de igualdade com ela. Confesso que estranhei um pouco porque achei que o livro seria narrado em primeira pessoa, mas não (tentei ler uns anos atrás e não rolou e não lembrava nem isso!).

    Também estou muito aliviada por saber que a narrativa não é parada, não estou afim desse tipo de livro no momento.

    Beijinhos
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?

    Eu cheguei a ver o lançamento das duas séries da Sarah, mas infelizmente nenhuma das duas acabou me chamando totalmente a atenção. Esse aqui eu até gostei do enredo, mas não sei se a nomenclatura utilizada me deixaria confortável para lê-lo.

    Fica para a próxima.

    Beijos
    @blogodiariodoleitor

    ResponderExcluir
  6. Eu me sinto culpada demais por não ler nada dessa autora, isso porque sou parceira da Galera tem anos e nunca solicitei nada dela, hoje em dia vejo um burburinho e fico doida de vontade de ler! Eu vou aproveitar a semana de ofertas da Amazon e me render a essa série, sua resenha me ganhou.

    ResponderExcluir
  7. Eu adorei a capa e, embora já tivesse visto por aí, não sabia detalhes sobre o enredo. Eu gosto bastante do estilo e os elementos agregados pela autora são bem sedutores para segurar o leitor. Gosto quando as coisas são reveladas aos poucos, em seu tempo. É uma série interessante para acompanhar. Adorei a dica.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
  8. Eu vejo tanto elogios à essa série, bom saber que você também curtiu esse primeiro volume. Acho os personagens, principalmente a Celaena, super interessantes. É uma série que quero ler.

    ResponderExcluir
  9. Somente vejo elogios sobre essa série, mas eu não curto muito fantasia, então, não seria um livro que e leria.
    Adorei sua resenha e saber um pouco mais sobre a trama, mas infelizmente, essa dica hoje, eu vou deixar passar!

    Beijinhos

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  10. Olá Sabrina!
    Ta aí uma série que não me chama muito atenção para leitura. Esse universo criado pela Sarah parece ser bem interessante e desenvolvido com maestria, mas como não sou muito ligada nesse estilo de leitura, acaba que não me atrai tanto. Pelo visto para os fãs do gênero é uma leitura bem completa e cheia de reviravoltas.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  11. Oi.

    Eu amo esses livros. Já li todos da série, e ainda li a outra série dela. Desde que conheci esses livros, eu não consigo mais ficar sem eles no ano. O problema é que a tia Sarah quase me mata de ansiedade e de medo lendo os livros dela, além de quase morrer de tanto chorar, ainda mais depois do final de "Império de Tempestades". Agora estou na expectativa para o próximo livro dessa série.

    ResponderExcluir
  12. Oie!
    Nossa a Sarah sem duvidas já virou uma queridinha do mundo literário, né?
    Eu comprei recentemente o box de Corte para ler e só leio tantas coisas maravilhosas sobre essa outra série da autora que ela está entrando na minha lista também!
    A sua resenha está incrível, muito bem feita e bem instigante. Espero que essa seja mais uma série de vida pra ti como a Corte, como citou!

    beijos,
    Mayara

    ResponderExcluir
  13. Oie!

    Guria eu amo as capas dessa série, mas não sinto vontade de realizar a leitura e conhecer de perto a história da autora, já ouvi muitas criticas positivas e negativas sobre as histórias, mas não as leio por serem muitos livros e por enquanto estou mais focada em terminar as séries que comecei e faz muito tempo que não leio fantasia e quando voltar quero algo mais a minha praia que essa serie, mas fico feliz que tenha gostado da leitura!

    Bjss

    ResponderExcluir
  14. Oi Sabrina,
    Eu já li esse livro e tive as mesmas impressões que você! Eu achei esse livro maravilhoso e viciante. Eu adorei a inserção do romance sutil que a autora colocou nesse livro e fiquei muito contente por você ter curtido essa leitura e com os quotes que você colocou na resenha. Eu espero que os próximos livros da série nos agrade porque eu também não li rs.
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bom?

    Eu tenho a trilogia de Corte de Espinhos e Rosas na minha estante e comprei por ver diversas críticas positivas. Porém ainda não li e quero que esse seja o meu primeiro contato com a autora, já que são somente três livros (em comparação aos 7 de Trono de Vidro).
    O enredo é interessante e fiquei curiosa sobre como ela vai desenvolver essa história em todos esses volumes. Além disso, é ótimo ver que ela resolveu criar uma fantasia com uma personagem bem girl power, pois é uma das coisas que me fazem desgostar do gênero (ter personagens femininas submissas e chatas).
    Além disso, sei que vou agilizar o casal, só espero fazer isso certo também e não sofrer por fazer isso de maneira errada 😂

    Enfim, adorei a resenha e agradeço a indicação 😊
    Abraços.

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bom?
    Então, não curto muito fantasias e esse foi o motivo para não ter lido corte até hoje. Confesso que a premissa desse livro chamou mais minha atenção que a outra série da autora. Adorei saber sobre esta jovem forte, firme em seu propósito e que não sai dele por qualquer paixonite. Outro ponto que curti é saber que o leitor passa a torcer por uma assassina, ou seja, uma protagonista totalmente fora dos padrões.
    Vou aguardar as resenhas dos próximos livros, mas já adianto que fiquei bem curiosa pela leitura deste, mesmo não curtindo tanto o gênero, graças a sua resenha, que está maravilhosa!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Olá,

    Li esse livro há uns anos atrás e foi meu primeiro contato com a autora. Devo dizer que além de surpreendente, porque eu não costuma ler livros do gênero, foi uma leitura sensacional. Ainda não consegui dar continuidade à série, mas já tenho planos para mudar isso.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? Já li vários comentários positivos acerca desse livro, mas, ainda assim, não sabia do que se tratava, somente que milhares de pessoas gostaram. Fiquei curiosa agora, lendo sua resenha. Espero poder lê-lo em breve!

      Beijos,
      http://www.livroapaixonado.com.br/

      Excluir
  18. Oi... Eu já li Corte de Rosas e Espinhos da autora, e minha decepção foi tão grande que infelizmente não sinto vontade de ler mais nada dela, mesmo que sua obra seja tão elogiada...
    Gostei da resenha,mas no momento passo a dica

    ResponderExcluir