03 março 2018

Resenha: The Professional (The Game Maker #1) - Kresley Cole

em 03 março 2018

14 comentários


Ele faz as regras...
O executor da máfia Aleksander Sevastyan, O siberiano, é leal ao seu chefe sem hesitar até conhecer sua filha perdida. Uma ruiva curvilínea e tentadora que assombra sua mente, e aquece seu sangue como ninguém. Designado para protege-la, Sevastyan fará qualquer coisa para possuí-la também, em seus próprios termos perversos.
As regras são feitas para serem quebradas...
A estudante de Doutorado Natalie Porter mal se recuperou de sua primeira visão do impressionante e magnífico Sevastyan antes do assassino profissional a levar para a Rússia, empurrando-a em um mundo de extrema riqueza e prazeres sensuais. Cada dia que passa sob sua proteção ela cai mais fundo sob seu poderoso feitiço.
Está pronto para jogar?
No entanto, nem tudo é como parece. Para remover Natalie do alcance dos inimigos, o talentoso Sevastyan a esconde. Desde um opulento palácio na Rússia até os decadentes playgrounds dos mega ricos em Paris, os dois amantes descobrirão que mesmo as suas mais obscuras e mais proibidas fantasias podem se realizar…


*e-book do acervo da blogueira*

O que pode acontecer quando uma ruiva atrevida e um frio executor da máfia russa se apaixonam? Queima raparigal hahahah

Em The Profissional, da minha amada autora Kresley Cole, vamos conhecer o romance explosivo e intenso de Sevastya (eu pronuncio sussurrando hahaha #loka) e  Natalie, duas pessoas de mundos completamente opostos que tem seus destinos alinhados.

— Isso é que é um bom pedaço. Numa mistura entre lutador de MMA/modelo da revista GQ. — Jess não ia deixar aquilo passar. — Provavelmente consegue mais traseiros do que um assento de privada. Mas ele conseguiu que você o olhasse duas vezes, o que o torna uma criatura rara e fantástica, o próprio unicórnio do bar. Necessita de uma investigação mais profunda, você não acha?
Eu poderia questioná-lo, classificá-lo e depois descartar todos os pensamentos que lhe dissessem respeito. Estava bêbada o suficiente para considerar essa alternativa.
(...)
— De todos os homens neste bar, você escolhe me abordar? — O inglês dele era muito bom, embora com um sotaque bem forte. — Está querendo problemas?
Com uma confiança que não sentia, disse de um jeito provocador.
— Talvez sim. — Eu soava sem fôlego — ainda não tinha recuperado desde o momento que ele me tocou. — Encontrei algum?
Ele baixou o olhar, aparentando surpresa por ainda estar segurando meu braço. Soltou abruptamente, ficando mais bravo a cada segundo.
— Não, garotinha. Não encontrou. — Com uma expressão de desprezo se virou e foi embora.
Eu fiquei olhando a porta, lutando contra a minha perplexidade. O que aconteceu? Eu vi interesse nos olhos dele, não vi?
Ainda assim ele agiu como um vampiro que tinha acabado de descobrir que eu era a porra de um raio de sol.
“Que diabos, você mordeu ele?” “Ofendeu sua masculinidade?” “Deixa eu cheirar seu hálito.”

O frio Sevastyan, braço direito do pai de Nat, um vor v zakone da Bratva, a máfia Rússia, é designado levar Nat de Lincoln, Nebraska nos EUA para Moscou. Na busca de Nat pela identidade do seu verdadeiro pai ela acaba na mira dos inimigos dele.  Coitado do Sevastyan, todo sério e calado tendo que aguentar o bombardeio de perguntas e o gênio doido da Nat. 

Logo de inicio Nat qualifica ele como PROBLEMA  o que não impede em nada dela sentir uma atração louca por ele. Ela não dorme em serviço, e apesar de não ter experiências com homens, devido a todas as exigências e defeitos que ela acha em todos , Sevastyan não tem a mínima chance com ela.

O livro é todo no clima tensão sexual, muito quente. As cenas de sexo entre os dois são de derreter os ossos. Os dois ficam se tentando o tempo todo. Sevastyan por razões obvias, ela é a filha do chefe, tenta a todo custo ficar longe dela. Coitado, ela é um imã pra ele. 

— Nunca mais me provoque de novo. Eu só jogo quando faço as regras.
— Regras, Siberiano? — agora que eu não estava boba de tesão, não amava seu lado dominador. — Você pode fazê-las apenas para me ver quebrá-las.

Natalie quer saber quais segredos o misterioso russo guarda pra si, toda aquela áurea de homem duro, torturado é um enigma que ela quer muito resolver. Fora que o cara é quente.
Eu dei boas risadas com ela. Sua penalidade é divertida, atrevida e bocuda, determinada, por mais que queria o russo, não vai se submeter ao seu tratamento de silêncio e aceitar ficar de fora e ser somente a princesa russa que ele colocou no altar. Natalie quer tudo o que Sevastyan tem para oferecer, mesmo as suas partes sombrias e seu passado cruel. Ela vai testar seus limites e as regras do executor. 

— Você não sabe o que está me pedindo! Nunca contei a Paxán estas coisas, e ele passou a confiar em mim. A me amar. Por que não pode ser a mesma coisa com você? — Sevastyan estava angulando para sua própria autopreservação. — Por que não pode simplesmente fingir que meu passado é um vazio em branco?
— Falando em um só fôlego, ele disse amargamente. — É isso que eu faço.
— Não posso fingir. Tenho que saber.
Ele passou os dedos pelos cabelos, puxando as pontas.
— Natalie, preciso de você... preciso que você não me conheça. E ainda fique.
— Juro para você que isso não acontecerá.

Em meio a todo esse jogo de vontades, existe a descoberta do seu pai desconhecido, ambos desenvolvem em curto tempo um relacionamento maravilhoso, mas ambos estão em perigo e Sevastyan é o responsável por manter Natalie em segurança em primeiro lugar.

Adorei esse livro, tem muito humor, cenas super quentes, os dois são opostos que se completam muito bem. Gostei que a autora faz da mulher o personagem mais atrativo do livro, geralmente é sempre o homem o fodão, o cara, o que a gente ama, a mocinha fica sempre a desejar. Aqui a autora soube equilibrar bem, Natalie brilha com sua personalidade divertida e determinada, que não aceita as barreiras de Sevastyan, coitado ele nem sabe o que passou por cima dela, o cara fica mais doido ainda por ela.

O livro faz parte da trilogia The Game Maker, contando a história de Sevastyan e seus outros dois irmãos. Quem gosta de um romance rápido, quente, com muitos diálogos divertidos e com ação, The Profissional é o seu livro.


"A noite que eu conheci Aleks Sevastyan, desejei alguém para me aconchegar durante o inverno.
Nunca imaginei que as noites de inverno seriam tão frias — ou que os braços quentes ao meu redor pudessem ser tão fortes."




14 comentários:

  1. Oi Fernanda, tudo bem? Nunca li nada da autora, mas eu AMO romances assim, adoro quando tem máfia e mocinhas com personalidades, já quero ler!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Uma ruiva atrevida e um frio executor da máfia russa? Acho que nunca li um livro que tenha mafiosos e tal. Histórias quentes e opostos que se atraem são tudo de bom, e ainda com humor. Outra coisa que me chamou atenção na resenha: A autora fez da Natalie o personagem mais atrativo do livro. \0/
    As fotos ficaram show!
    Bjos

    www.momentosdeleitura.com

    ResponderExcluir
  3. Oiê! Tudo bem? Sabe, já tentei ler histórias hot e infelizmente não se tornaram minhas leituras favoritas. O livro parece ser bom, para quem curte o gênero parece ser algo para ler bem rápido pela facilidade do enredo.
    A capa foge do padrão homem gostoso sem camisa, o que é bom ao meu ver, pois deixa claro que tem mais que sexo no enredo.
    Ótima resenha!

    ResponderExcluir
  4. Gosto quando livros adultos vem carregado de bom humor e bons diálogos entre os personagens, sem dizer que cenas de derreter os ossos é ótima pedida para quem se aventura neste gênero. Não conhecia o livro. mas gostei da inovação com os personagens, tem um mafioso! Dica anotada.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. tá aí uma temática que nunca li. Máfia!
    Curti bastante sua resenha e esse enredo. Adoro esse tipo de romance! <3 ;)
    Parabéns pela resenha e obrigado pela dica! Vai pra listinha com certeza!!

    beijinhos!!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  6. Olá Fernanda!!!
    Que homem em!? :O
    Eu também designaria como PROBLEMA, principalmente que homens assim me atraio fácil (coloca a lista de personagens PROBLEMAS que já xonei kkkkk).
    O livro tem um enredo que acaba chamando a atenção nossa e sim a gente sente aquela tensão entre os personagens que já imagina que as cenas vão ser de pegar fogo.
    Adorei a proposta do livro e estou curiosa em saber mais *-*

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, Fernanda.
    Ainda não conhecia essa série, mas fiquei curiosa.
    Adoro histórias que tenham esse clima hot, mas com um bom toque de humor.
    Sua resenha me cativou!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  8. Oie!!
    Nossa, não conheço essa série apesar de a autora ser bem conhecida e tudo mais. Adorei a sua resenha e histórias que envolvem mafiosos são livros que eu curto bastante. Gosto bastante também de livros que envolvem humor, hot e romance haha.
    Dica mais que anotada.

    Beijos,
    Mayara

    ResponderExcluir
  9. Olá, gostei da sua resenha. Eu acho que ainda não conhecia esse livro, mas pelo seu post, me parece um romance bem intenso, e apesar de eu não curtir esse livros com máfia, até fiquei curiosa para ler.

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Não conhecia essa outra história da autora. Sua escrita me atrai muito e pelo visto essa leitura é daquelas repleta de erotismo, mas quando a narrativa traz outros elementos até curto a leitura.
    Fiquei com vontade de conhecer mais o Sevastyan.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bom?
    Não conhecia o livro ou a autora, mas achei legal essa mistura do Mafioso com a filha do chefe! rs Curto quando o livro tem cenas hot, mais ainda traz conteúdo, como parece ser o caso deste, então, sugestão mais que anotada!
    Adorei a resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Achei a história tão interessante que estou me segurando para não começar a ler já. Adoro livros com tensão sexual, as vezes esse tipo de cena é melhor do que o hot em si. Não conhecia a autora, mas já sinto que vou amar esse livro. Obrigada pela dica.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Gosto dessa temática, mentira, gostar é pouco! haha eu adoro mesmo! Mas eu só fiquei na dúvida porque na sinopse deu a entender que ela é filha dele, sabe? Ou eu tô maluca? Enfim, pela resenha dá a entender que não. Gosto quando as mocinhas sabem no problema estão se metendo e ainda assim vão fundo, corajosas! Espero conseguir ler tambem, valeu pela dica! Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oie!

    Não conhecia a obra, mas gostei bastante da proposta dela, não sei se a leria por agora, mas irei guardar o nome para no futuro realizar a leitura, amo quando os autores colocam a Máfia no meio do Romance, sempre sai algo explosivo e quente kkk

    Bjss

    ResponderExcluir

TOPO