Resenha: O Ceifador (Scythe # 1) - Neal Shusterman

22 comentários

Primeiro mandamento: matarás.
A humanidade venceu todas as barreiras: fome, doenças, guerras, miséria... Até mesmo a morte. Agora os ceifadores são os únicos que podem pôr fim a uma vida, impedindo que o crescimento populacional vá além do limite e a Terra deixe de comportar a população por toda a eternidade. Citra e Rowan são adolescentes escolhidos como aprendizes de ceifador - papel que nenhum dos dois quer desempenhar. Para receberem o anel e o manto da Ceifa, os adolescentes precisam dominar a arte da coleta, ou seja, precisam aprender a matar. Porém, se falharem em sua missão ou se a cumplicidade no treinamento se tornar algo mais, podem colocar a própria vida em risco.
*Livro de acervo pessoal da blogueira* 

“A imortalidade nos transformou em personagens de desenho animado.”

Finalmente posso riscar da listinha da vida a minha leitura de O Ceifador, eu queria tanto esse livro desde o lançamento, e quando finalmente consegui tê-lo em mãos posterguei uma vida para fazer essa leitura (nem sei porque, vai entender hahahaha). 

Mas agora com a minha meta de ler mais fantasia em Fevereiro acabei pegando firme nessa leitura, e por mais que minhas expectativas estivessem lá nas alturas, me surpreendi muito. Mas antes de começar a contar o que achei, deixa eu situar vocês nessa história.


O Ceifador é uma distopia fantástica onde a sociedade evoluiu a tal ponto que se tornou imortal. Não há mais corrupção, desigualdade, fome, destruição do meio ambiente, tudo porque o que governa o mundo agora é a Nimbo Cúbulo, uma espécie de "robô" de armazenamento em nuvem que evoluiu e adquiriu consciência, assim ela vê tudo, julga e consegue governar o planeta como os humanos nunca conseguiram em séculos de existência

Mas como controlar o crescimento populacional quando todos são imortais? Pra isso foram criados os Ceifadores, pessoas normais que treinam durante um ano para "coletar" as pessoas de maneiras semelhantes a era da mortalidade.

O Ceifador é um livro incrível, com uma proposta tão inovadora que prende o leitor desde a primeira página, e te faz pensar em como essa nova sociedade é incrível (oremos para que isso se realize no nosso mundo, ou não. kkkkk)

Rowan e Citra eram jovens normais, que um dia foram visitados pelo Ceifador Faraday e convidados a serem treinados para se tornarem Ceifadores. No final de um ano um deles voltará para a casa e para sua vida normal, e o outro passará a coletar e se submeterá as 10 regras dos Ceifadores, deixando toda sua vida antiga para trás

“Nos afastamos de natureza no momento que vencemos a morte.”
A premissa de O Ceifador é incrível, afinal há várias teorias sobre um dia os seres humanos atingirem a imortalidade, mas há também várias dúvidas de como será o crescimento populacional, as punições, se o meio ambiente aguentaria mais destruição, etc... Confesso que às vezes nas conversas nerds com meu marido a gente fica viajando nesse tema, e quando eu comecei a ler esse livro achei brilhante o modo com que a sociedade evoluiu aqui, com um 'sistema' impassível de corrupção, que acabou colocando ordem no Mundo, e criando os Ceifadores para coletar algumas pessoas para manter o crescimento populacional em um nível saudável para o Planeta. 

Quando os jovens vão ser treinados podemos observar perfeitamente como esse mundo funciona, todas as regras dos Ceifadores, como cada um deles age de uma maneira para coletar mas que na maioria das vezes são mortes respeitosas, escolhidas por taxas da era da mortalidade, e que na maioria das vezes também não é algo fácil para um Ceifador fazer, ainda mais quando a pessoa que deve ser coletada é uma mãe, uma criança... 

Citra e Rowan devem competir entre si para se tornarem Ceifadores, e uma das regras dos Ceifadores é que eles não podem se envolver com ninguém, então podem ficar tranquilos que aqui não há aquele típico amor adolescente que leva os personagens a fazerem burrices, há um certo nível de crush, mas nada que atrapalhe ou fique escandaloso demais. E isso foi uma sacada brilhante do autor, afinal é muito chato quando os personagens começam a agir burramente só porque estão 'apaixonados' deixando seus objetivos de lado só por causa de uma pessoa que acabaram de conhecer, chutando as regras e fazendo o que bem entendem.

Por meio do Ceifador Faraday temos vários pontos bacanas sobre esse sistema que são os Ceifadores, como eles são divididos em Velha Guarda (os que matam seguindo as regras, se condoem dos que coletam, seguem a cota e não são cruéis) e a Nova Guarda (os Ceifadores que acham que são "Anjos da Morte" e que devem ser idolatrados por tal função). É muito bacana observar ambos os lados, pois é aí que vemos que mesmo com tanta evolução humana, o ser humano sempre será uma raça corrupta, cruel e que tenta tirar vantagem do que pode, contornando as regras para seu bem próprio. 

"O que mais desejo para a humanidade não é a paz, o consolo ou a alegria. É que ainda morramos um pouco por dentro toda vez que testemunhemos a morte de outra pessoa. Pois só a dor da empatia nos manterá humanos. Nenhum Deus vai poder nos ajudar se algum dia perdermos isso!"

Para nos deixar ainda mais integrados em como funciona esse mundo no começo de cada capítulo há uma página do diário de coleta de um Ceifador, e é através dele que entendemos como eles pensam, como a morte se tornou algo banal para muitos e para outros mesmo depois de séculos ainda é difícil coletar. A ceifadora Currie foi a que mais gostei em toda a história, e seus pensamentos são simplesmente brilhantes.

Com capítulos intercalados entre Citra e Rowan vamos acompanhar sua jornada para se tornar Ceifador durante esse ano, e através de seus olhos vamos entender mais sobre essa nova era, sobre esse novo sistema de poder e principalmente sobre os Ceifadores. É um livro brilhante, como uma temática incrivelmente inovadora e que tem reviravoltas que a gente não consegue prever de jeito nenhum. Eu adorei essa história e terminei o livro louca para ler o segundo, que se deus quiser vai ser lançado esse ano pela Seguinte.

Para quem ama distopia, fantasia, um enredo cheio de ação e um Universo que vai ter surpreender a cada nova página O Ceifador é uma leitura mais que recomendada, ele não vai só te entreter, vai fazer você pensar o quanto esse mundo é incrível, e o quanto é falho também, pois quando a morte se torna algo banal e não há punições deveras graves, como controlar os que contornam as regras? Será que ainda há peso nas consciência quando você sabe que nunca será punido por brincar de Deus?

"A função não deve ser concedida aos que a desejam.
São aqueles que mais se recusam a matar que devem exercê-la."


22 comentários

  1. Olá!
    Primeiro de tudo: Que capa é essa! Tão simples mais tão hipnotizante né. Não conhecia este livro, mais já quero ler pra ontem. Minha lista só tá crescendo... Tô rindo, mas tô preocupada!
    Esse último quote já responde porque eles foram escolhidos né. Vou ler o livro e vejo se concordo ou não com você, sobre isso do nosso mundo um dia ficar igual. kkkkk Brincadeiras à parte, parabéns pela resenha.
    Bjos

    www.momentosdeleitura.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bom?
    Desde o lançamento desse livro, eu estou louca para realizar essa leitura, mas ainda não surgiu a oportunidade! A pergunta que você fez no final da sua resenha sempre me passa pela cabeça quando vejo essa premissa: as consequências de se brincar de Deus.
    Saber que você considerou o livro brilhante, com uma temática super inovadora, só me deixou ainda mais curiosa pela leitura, que espero amar tanto quanto você! Vou adorar refletir sobre as belezas e os problemas que este universo distópico/utópico nos apresenta. ♥
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Vi que vai sair a continuação dessa distopia e que os booktubers estão bolando uma leitura coletiva e já fiquei surtada querendo ler também! Acho muito bacana a critica em relação ao controle da população, é algo que dificilmente paramos pra pensar e que de fato é assustador. Adorei sua resenha, ressaltou pontos que me deixaram curiosa.

    ResponderExcluir
  4. Puxa... Nunca fui muito fã de ler distopias, apesar de amar assisti-las em uma série ou filme.
    Já ouvi falar muito desse livro e já li várias resenhas sobre ele e na boa, nunca ninguém me fez querer lê-lo como agora.
    Sua forma de relatar partes da história e de colocar sua impressões sobre o livro me cativou e ele foi pra minha lista.
    Na boa, quando e se o meu livro sair, já sei quem eu quero que faça a resenha. rsrs
    Valeuzão pela dica!
    Beijos e sucesso!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
  5. Olá!!!
    Eu estou ansiosa para ler esse livro desde de seu lançamento, mas como você estou adiando isso. Só que no meu caso é a faculdade e as outras leituras que são prioridade que tem me feito deixa o livro de lado de momento.
    Eu admito que quanto mais resenhas eu leio mais ansiosa fico e louca para lê-lo.
    Amei saber mais sobre o livro e espero logo poder lê-lo também.

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oiii tudo bem??

    Estou louca para ler esse livro, mas so de pensar que tem continuação acabo resolvendo esperar lançar todos.
    Amo o estilo e so ouço coisas boas
    Já esta nos que devo ler futuramente.
    Adorei a resenha.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  7. Oi! Eu tenho muita vontade de ler O Ceifador. Já está na minha lista a muito tempo. Todo mundo que lê gosta dessa leitura então minhas expectativas estão altas. Nas minha próximas compras, tentarei incluí-lo.

    Beijos,
    http://www.livroapaixonado.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Eu estou com esse ebook no meu Kindle há muito tempo e até hoje não peguei pra ler. Sua resenha me deixou bem curiosa pela forma como a trama se desenrola e pelo título já dá pra ver que tem tudo a ver com os mistérios destina a esses personagens.
    Só me resta subi-lo na listinha de prioridades.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?
    Eu adorei a sua resenha, tem algum tempo que quero ler "O Ceifador", parece ser uma bela leitura, fiquei curioso sobre o desenrolar da trama. Essa capa ficou bem legal, parabéns a editora pelo projeto gráfico!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  10. Oie!

    Essa obra está na minha lista de desejados desde que li a primeira resenha sobre ele, amei demais a proposta do autor e com certeza no momento que eu o ler irei amar cada página e todo o desenvolvimento da história, só espero que não demore muito mais!

    Bjss

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Esse é um dos livros que eu vergonhosamente assumo que julguei pela capa! Recebi e não li até hoje e confesso que cada resenha que leio é como um tapinha no meu ombro me chamando de tolinha! Adorei sua resenha, as fotos ficaram incríveis! Ele não é prioridade na minha lista de leitura agora, mas está chegando em brve!

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?
    Que resenha e que história mais extraordinária. Eu tive a oportunidade de ler esse livro no ano passado e me encantei completamente com esse livro. Eu achei essa obra 100% bem construída, os personagens, narrativa e desenvolvimento tão maravilhosos. Acho que essa leitura tem que ser obrigatória para fãs do gênero.
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bom?

    Eu estou louca para ler esse livro, ainda mais que o lançamento irá ser lançado logo. Ver tantos elogios só faz com que a minha vontade de ler aumente. Eu também achei a premissa incrível e a maneira como a sociedade evoluiu é brilhante mesmo. Um mundo sem corrupção? Onde eu assino para ir morar?
    Achei igualmente legal que, no começo de cada capítulo, há um pedaço do diário do Ceifador, pois, como você disse, é uma maneira de entendermos um pouco mais sobre como eles pensam - já que eles estão ali para matar outras pessoas. Fiquei bem intrigada com esse mundo e quero ler logo <3

    Enfim, adorei a postagem e agradeço a indicação :)
    Abraços.

    ResponderExcluir
  14. Oie!!
    Posso te confessar uma coisa?
    Sabia que uma das coisas que eu admiro muito no seu blog é essa diversividade de temas e gêneros?
    É incrivel que todas as resenhas que eu li sobre esse livro foram extremamente positivas e instigantes, a sua é mais um exemplo disso e por conta disso, baixei o mesmo no meu Kindle e pretendo em breve realizar a leitura dessa obra!

    beijos,
    Mayara

    ResponderExcluir
  15. ESSE LIVRO É UM HINO!!!

    Eu não pensei em nenhum momento que aquele universo era incrível, desde o início eu vi o quanto era torto... era tipo uma bomba-relógio prestes a explodir...até que explodiu!
    Eu nem tive palavras suficientes para descrever o que eu senti na minha resenha, foi uma leitura tão sensacional que se na época o livro dois já tivesse sido lançado eu teria lido em inglês mesmo! hahahaha
    Mas agora o lançamento do segundo está pertinho e eu mal vejo a hora de poder tê-lo em minhas mãos!
    E só mais uma coisa: Faraday mozão! hahahahaha

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  16. Tenho muita curiosidade para ler este livro em função desta abordagem de "vida eterna" e de se ter que escolher quem deixará essa vida. Mas ao mesmo tempo, acho que isso pode não funcionar para mim por causa do gênero, pois leio pouco disso.
    Suas fotos estão lindas e apavorantes... hahahaha Como você conseguiu essa balas mulher???
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo bem?
    Acredita que eu estou com esse livro há meses na estante e também fiquei enrolando para ler? Eu sempre vejo tantos elogios, que criei uma expectativa enorme e tenho medo de me decepcionar.
    Lendo sua resenha, percebi que você também esperava muito do livro e ainda assim foi surpreendida positivamente. Isso já me deixa mais animada para iniciar a leitura. Além disso, parece que o livro conta com uma temática muito original e que foi bem desenvolvida pelo autor.
    Adorei sua resenha e espero ler este livro em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Oie!
    Cara, eu AMO realidades distópicas! Estava louca pra ler esse mas de tanta gente falando, acabei ficando um pouco enjoada de sempre ver resenhas sobre ele. Tive a mesma sensação de esperad muito, e deppis da sua resenha espero muito maisss dessa obra! A vontade voltou! Hahaha

    ResponderExcluir
  19. Também acho a proposta desse livro bem inovadora dentro das distopias fantásticas e só pelas resenhas que leio eu imagino que seja mesmo incrível. A algum tempo ele está na minha lista de desejos, mas estou esperando a continuação sair, não curto ficar esperando continuações, ainda mais quando tem tupo para ser boa.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. Olá!!
    Não conhecia esse livro e sua resenha me deixou curiosa pra saber como a história vai rolar!! E mais suas fotos estão maravilhosas!!
    Já coloquei na minha interminável lista de leituras para esse ano!!
    www.garotasdevorandolivros.com

    ResponderExcluir
  21. Oi.

    Eu adoro este livro! Recebi da editora e acabei demorando um pouco para ler, mas quando peguei e li... Que livro maravilhoso!! Devorei em menos de dois dias o livro, e já queria o segundo para ler. Agora estou ansiosa e contando os dias para o lançamento do segundo livro.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  22. Oiee ^^
    O final desse livro deixa a gente se remoendo, né não? haha' só sei que quase dei um grito e quis MUITO dar um high-five com alguém. Estou doidíssima pela continuação, (que chega para nós ainda esse ano!). "O ceifador" foi uma das melhores e mais incríveis leituras que já fiz na vida, e ainda me surpreendo com a originalidade da história.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir