20 março 2018

Resenha: The Girl From Everywhere - O Mapa do Tempo # 1 - Heidi Heilig

em 20 março 2018

16 comentários

Nix é uma viajante do tempo. Ela e seu pai, Slate, velejam a bordo do Temptation, um navio pirata repleto de tesouros. Ao longo do caminho eles encontram amigos, uma tripulação de refugiados do tempo e até mesmo um charmoso ladrão que pode significar muito mais para Nix.

Tudo que Slate precisa é um mapa certo para viajar a qualquer tempo e lugar, real ou imaginário: seja para a China no século 19; terras vindas direto das Mil e Uma Noites ou até mesmo uma mítica versão da África. Apesar das inúmeras possibilidades, o pai de Nix está obcecado com um mapa específico: Honolulu, 1868 – o ano de nascimento de Nix e a última vez em que ele viu sua esposa viva. E, por uma chance de reencontrá-la mais uma vez, Slate está disposto a sacrificar a tudo e a todos.
Quando o desejado mapa aparece, Nix vê sua própria existência em perigo e agora deve descobrir o que quer, quem é, e aonde realmente pertence, antes que seu tempo acabe. Para sempre.

*Livro de acervo pessoal da blogueira* 

"É difícil compreender todo mal que é praticado em nome do amor."
Pensem em uma pessoa que estava ansiosa para ler esse livro, eu fiquei maluca quando ele foi lançado, principalmente porque ele era recomendado para amantes de A rebelde do deserto e também porque AMO fantasias.

The Girl From Everywhere conta a história de Nix, uma garota de 16 anos que ajuda seu pai na navegação do Temptation. Seu pai consegue viajar através do tempo, presente e passado, e tudo que ele precisa é um bom mapa e que nunca tenha sido usado, e é aí que Nix entra pois ela é uma ótima cartógrafa e também adora investigar sobre as épocas que irão viajar.

Mas seu pai é um viciado em ópio e vive fissurado para voltar à época que a mãe de Nix era viva, então ele gasta todo seu dinheiro e esforço para conseguir um mapa perfeito de 1888. Mas o que será de Nix se ele conseguir voltar na época que sua mãe estava grávida dela? Será que a linha do tempo seria alterada e ela desapareceria?


"Muitos mitos incluem cruzadas, e muitas cruzadas incluem ajudantes, sem os quais o herói fracassaria."
Eu gostei muito de Nix, ela é realmente uma protagonista girl power porque não precisa de ninguém para salvá-la, pelo contrário, é ela que salva todo mundo o tempo todo. Ela não é nem um pouco frágil e mesmo com os problemas com seu pai ela sempre está pensando à frente, bolando um plano para nunca ficar perdida, ela já tem toda a sua vida planejada e trabalha com força para tudo dar certo. Ela não tem uma âncora, alguém que a prenda em algo que ela não quer ser, e isso é muito bacana pois vemos que mesmo que tudo dê errado ela consegue se reerguer, ela vai conseguir continuar existindo mesmo se todos do Temptation precisarem partir com seu pai.

E por falar no pai da protagonista, Slate é um personagem que eu fiquei meio em dúvida se não gostei ou se simplesmente nem liguei pra ele, achei a construção dele um pouco fraca porque por mais que ele fosse um viciado e que precisasse desesperadamente concertar o seu erro do passado e encontrar a mãe de Nix, a indiferença que ele sente pela filha é irritante, e dá um pouco de dó da personagem por ser tão jogada de lado assim, só ser notada quando ele precisa dela. Mas no geral ele é um personagem secundário, então todas essas falhas dele não contaram muito pra mim na avaliação da história.

Kash também é incrível, e de longe foi um dos personagens que eu mais gostei daquela tripulação (apesar de os outros serem tão interessantes quanto), ele é meio que uma mistura de As Mil e Uma Noites com Simbá e os Rocas, então ele é um ladrão nato que não perde a oportunidade de presentear Nix com seus itens roubados, como uma maneira de diverti-lá porque ele sabe que ela não gosta disso. Além disso, ele é extremamente legal, justo, sincero e divertido, eu fiquei completamente apaixonada por ele, e se for pra tomar um lado nesse triângulo meu voto vai pro Kash com certeza.

Minha maior reclamação talvez seria o triângulo amoroso, achei ele meio desnecessário. Eu entendi que Black foi uma maneira de Nix achar raízes em terra firme, para um dia retornar aquela época quando estiver cansada de navegar, mas ainda assim não gostei muito de como o romance foi construído, até porque Kash é um crush bem melhor hahaha.

“Às vezes, uma pessoa tem que abrir mão de alguma coisa para conquistar outra. Você tem sempre que escolher o que é mais importante.”
"Meus caminhos divergiam, e por um momento imaginei que eu também era capaz de ver o futuro, mas em duas versões, no navio e em terra firme. Fiquei paralisada durante o que me pareceu uma hora... Uma eternidade.
Era mais parecida com meu pai do que pensava?..."
Mas o ponto forte de The Girl From Everywhere com certeza é a ambientação, a construção do cenário, a autora pesquisou muito bem todos os lugares que esses personagens visitam, culturas antigas, o passado da tripulação do Temptation, cada detalhe do Hawaii e de lendas antigas... Enfim, é incrível como Heidi tornou esses detalhes épicos, e no final do livro ainda tem um guia da autora explicando as fontes que usou para se inspirar.

O final deixa um gancho para o próximo volume, e me surpreendi muito com o desfecho da história. Mas se vocês preferirem podem ler somente o primeiro livro que ele tem um desfecho satisfatório e pode considerar aquele capítulo da história dos personagens encerrado.

E é claro que preciso falar dessa edição, porque olha, ela é maravilhosa! A capa é muito mais linda que a original, e todo trabalho interno da editora com as estrelas, as rotas, os pássaros, os mapas... Tudo é tão lindo que faz o leitor realmente viajar junto com os personagens. 

The Girl From Everywhere é um livro muito bom sobre viagens no tempo, com uma protagonista forte e resolvida, um navio épico com tripulantes pra lá de especiais o leitor consegue viajar nessas páginas e nessa ambientação incrível criada pela autora. Mesmo com o toque do triângulo amoroso eu gostei muito do livro, e é claro que estou louca para ler as próximas aventuras de Nix e Kash, dois personagens que se tornaram meus queridinhos logo nas primeiras páginas. 

Pra quem procura uma história repleta de ação, com elementos fantásticos e viagens no tempo à bordo de um navio pirata com certeza esse é o livro certo, você vai se perder nessas páginas e se sentir praticamente sequestrado por esses piratas nada convencionais. 
"Quando eu era jovem, aprendi a contar com a perda. Cada vez que dormia, alguma coisa desaparecia. Cada vez que acordava, alguém tinha ido embora. Mas... também aprendi que criamos alguma coisa nova todos os dias. E seja o que for, vivemos essas coisas enquanto elas duram. (...) Paraíso é uma promessa que nenhum deus se incomoda de cumprir. Só existe o agora, e amanhã nada será igual, gostemos disso ou não."


16 comentários:

  1. Oi Sabrina, simplesmente adorei! Vc falou que o livro tem uma mocinha forte e Inteligente, aventura, um final satisfatório e se eu quiser mais tem continuação e um crush muito legal. Já está na minha lista para ontem rs
    Pena que tem um triângulo.
    Bjs
    Tell me a Book

    ResponderExcluir
  2. Amei conhecer essa história por sua resenha! Não conhecia o livro, mas ele parece ter muitos elementos dos quais gosto muito, apesar de ser uma história que se passa em um barco e isso seria uma experiência completamente nova pra mim. Mas gostei muito mesmo da premissa da história e da descrição dos personagens, já estou com a aba da amazon aberta pra adicionar o livro a minha lista de desejos! haha

    https://anneandcia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Sá!

    Tudo bem? Então, o livro envolve uma das premissas pelas quais sou mais apaixonada: viagens no tempo! O plus de ter uma protagonista forte me deixa ainda mais feliz. Já faz um tempo que ele está na minha wishlist, pena é que toda vez que olho está super caro!

    Beijinhos
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  4. Oiiii,

    Eu raramente curto histórias que tenham viagem no tempo, porque sempre acho que pode dar alguma meleca no meio e acabar avacalhando a história. Mas sua resenha me deixou muito curiosa para conhecer a obra, principalmente por se tratar de uma protagonista que salva os outros ao invés de precisar ser salva! Único ponto que me deixou com o pé atrás foi o triângulo amoroso, porque é algo que eu realmente acho que os autores deveriam deixar de lado rs.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  5. Apesar de já ter visto o livro, eu não conhecia a premissa dele e achei bem interessante. Uma pena ter tido um coadjuvante fraco, ainda mais se tratando do pai de uma menina com tanta presença. Assim como o triângulo amoroso desnecessário. O livro é lindo e mesmo não sendo único eu quero ler.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oie!
    Realmente, eu também acho desnecessário quando tem triangulo amoroso nas histórias. Ainda não tive a oportunidade de ler o livro, mas estou bem curiosa para conferir. A trama tem tudo o que eu quero em livro, e com certeza vou gostar.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  7. Que bom saber que o final desse primeiro volume é relativamente fechado, satisfatório. Esse é um livro que quero muito ler, acho a premissa sensacional, e pela sua resenha ótima já quero ainda mais conhecer a protagonista.

    ResponderExcluir
  8. Eu também adorei a edição, está linda em cada detalhe. O enredo parece muito interessante, adoro viagens no tempo. A pesquisa da autora realmente merece mérito, pois acho isso importante nos enredos. Outra coisa que curti no que vc disse é que o volume é bem finalizado e não aquele tipo que para do nada para ter sequencia no outro livro. Muito boa a resenha, dica anotada.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
  9. HAAAAA amei a sua resenha de livro, amei o jeito que voce explicou tudo direitinho, deu uma vontade enorme de ler, pois além de ser de fantasia eu me interessei muito por ele ser de viaje no tempo, pois estava loca atras de um livro de viaje no tempo.

    ResponderExcluir
  10. Olá Sabrina...
    Nossa, acredita que eu não conhecia esse livro? Fiquei bem empolgada com a sua resenha e achei a premissa bem criativa.
    Infelizmente muitos autores estão usando o recurso do triangulo amoroso e mal sabem que isso para nós leitores ja ficou saturado :/
    Mas que bom que você gostou do livro, é tão bom ler um livro no qual nos identificamos, não?

    beijos,
    Mayara.

    ResponderExcluir
  11. Eu já gostei da Nix só pela sua resenha e acho que merecíamos mais protagonistas assim. Amei o enredo e as suas fotos estão maravilhosas, me deixaram com mais vontade de ler e ter o livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi, Sabrina!
    Estou loooouca para ler esse livro! Pelas resenhas que li, fiquei com a impressão de que o pai dela é mesmo um personagem secundário, como você apontou, e fico pensando que é uma pena porque seria super legal se a relação entre os dois fosse super bem explorada e que houvesse uma troca de experiências enntre os dois enriqueceria muito a persongem principal tb (mas ainda não posso falar isso com certeza porque não li né haha) Sua resenha me deixou ainda mais ansiosa para começara ler e conhcer Nix e companhia limitada :D Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bom?
    Apesar de Nix ser uma personagem girl power e de não ficar precisando ser salva (que é algo que adoro), confesso que não me animei em ler este livro. Primeiro, por não curtir muito fantasia e segundo por esse triângulo amoroso. Se tem algo que não suporto em um livro é o tal do triângulo amoroso, então infelizmente vou passar a sugestão da vez, ainda que por hora. Quem sabe o próximo volume não me convença né? rs Mas adorei sua resenha e as fotos, tudo fantástico ♥
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Já tinha visto esse livro antes,inclusive está na minha infinita lista de desejados. Mas depois de ler a resenha fiquei com mais vontade ainda, pois além de amar fantasia, adoro personagens femininas fortes e viajem no tempo. Enfim, estou ansiosa para ler mais essa historia e viajar entre paginas. <3

    ResponderExcluir
  15. Olá! Tudo bom?

    Ainda não tinha ouvido falar da obra, mas confesso que gostei bastante da premissa, já quero ele! Eu fiquei curiosa sobre esse triangulo amoroso, se ele é de fato necessário ou não. Uma coisa que amo é quando o autor(a) pesquisa e descreve lugares incríveis no livro. Definitivamente anotei a dica ♥

    Um beijo

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Como cometei no seu insta, esse livro não faz muito meu gênero, mas eu certamente leria só pra saber O QUE VAI ACONTECER, MANO! hahah Eu jamais escolheria deixar que a existência do meu filho desapareça por um amor. A resenha completa só me deixou ainda mais encantada e curiosa. Adorei, beijos!

    ResponderExcluir

TOPO