12 fevereiro 2018

Resenha: Sangue Mágico (Kate Daniels #1) - Ilona Andrews

em 12 fevereiro 2018

15 comentários

Sinopse: Se não fosse pela magia, Atlanta seria uma boa cidade para viver. No momento em que a magia domina, os carros param e as armas falham.

Quando a tecnologia assume, os feitiços de proteção já não protegem sua casa dos monstros. Aqui, os arranha-céus são derrubados pelo ataque da magia; homens-lobo e homens-hiena rondam as ruas arruinadas; e os Mestres dos Mortos, necromantes impulsionados pela fome de poder, comandam vampiros com suas mentes.

Neste mundo, vive Kate Daniels. Kate gosta um um pouco demais de usar a sua espada e tem dificuldade de ficar calada. A magia em seu sangue a torna um alvo, e ela passa a maior parte da vida se escondendo no meio da multidão.

Mas quando o guardião de Kate é assassinado, ela deve optar entre não fazer nada e manter-se segura… ou perseguir o assassino sobrenatural. Esconder-se é fácil, mas a escolha certa nunca o é...


 
*Livro de acervo pessoal da blogueira* 

É um mundo perigoso e volátil. A magia se alimenta da tecnologia, atacando os arranha-céus até que a maioria deles tomba e desmorona, deixando apenas suas ruínas. Monstros vagueiam pelas ruas destruídas; lobisomens espreitam suas presas; e os Mestres dos Mortos, necromantes impulsionados por sua sede de conhecimento e riqueza, comandam vampiros sedentos de sangue com suas mentes, como se os mortos-vivos fossem carrinhos de controle remoto.
Nesse mundo, vive Kate Daniels. Kate gosta um pouco de mais de usar sua espada e tem dificuldade de controlar o que fala. A magia em seu sangue a torna um alvo, e ela passou a maior parte da vida se escondendo no meio da multidão.
Mas Kate possui uma grande vantagem: ela tem muita força de vontade e é capaz de mover montanhas para manter um amigo seguro. Ela é perigosa, leal e não se leva muito a sério, porque, mesmo nos momentos mais sombrios, Kate geralmente encontra um pouco de humor e esperança para continuar.
No mundo atual a magia retorna com força a terra, trazendo com ela todos os mitos, crenças e coisas que se acreditavam ser somente fantasia. Sabe o monstro que você antes achava que eram lendas? Deuses da mitologia? Cuidado para quem você vai rezar nesses novos tempos.

O livro começa trinta anos depois da primeira onda de magia atingir nosso mundo com toda a força, ela devora tudo que seja de tecnologia "complicada" reduzindo uma cidade cheia de arranha-céus em escombros. As pessoas levam uma vida normal, na medida do possível, ainda temos hospitais, restaurantes, só que temos um adicional perigo caso um ser maligno resolva comer você. Temos a Ordem dos Cavaleiros da Ajuda Misericordiosa, uma espécie de policia sobrenatural, com cavaleiros místicos, protetores, ainda existe policia, médicos, hospitais, mas o mundo teve que se adequar.

Nesse mundo temos Kate - FODONA - Daniels, com sua espada carinhosamente chamada de Matadora, uma mercenária sangue nos olhos que come seu fígado com um sorriso no rosto. Kate leva uma vida solitária e tenta se manter bem longe do radar, para o mundo ela é uma fracassada. O livro já começa com a noticia da morte do seu guardião, um poderoso cavaleiro místico, assassinado de forma brutal e misteriosa.



Determinada a descobrir quem matou o que ela tinha mais próximo de um pai, Kate se dirige a Ordem em busca de informação e acaba sendo encarregada de descobrir oficialmente quem cometeu o crime. Além do seu tutor, foram mortos alguns vampiros, o que envolve outra organização: a Nação. Muito rica e poderosa, Kate evita a todo custo ter contato com seus líderes, o que vai ser impossível dessa vez, já que um dos seu lideres é o primeiro a entrar em contato com ela sobre o crime.
— Você gosta de me sacanear, não é, Ghastek?
— Gosto muito.
A pergunta de um milhão de dólares era “Por quê?”.
— O que você quer? Fale logo, minha bebida está ficando quente.
— Estava apenas pensando aqui — disse Ghastek, num tom neutro mordaz peculiar. — Quando foi que você viu seu guardião pela última vez ?
A indiferença na voz dele me provocou arrepios.
— Por quê?
— Motivo nenhum. Como sempre, foi um prazer.
Um teia de informações e intrigas começa a se desenrolar e Kate acaba recebendo um “convite” para conhecer o Senhor da Feras, Curran. Um poderoso metamorfo, líder do Bando, metamorfose que vivem sob o Código, uma espécie de cartilha onde eles devem seguir a risca, ou correm o risco de virarem realmente feras enlouquecidas e acabarem sendo caçadas até a morte. E é assim que Kate se comporta no primeiro encontro deles.

A diplomacia nunca fora meu forte e minha paciência tinha se esgotado. Eu me agachei e chamei:

— Aqui, gatinho, vem cá, gatinho.
(...)
O leão desapareceu em um canto escuro. Um sussurro de poder pulsou pelas paredes, mexendo com os meus sentidos. Se eu não fosse mais esperta, diria que ele acabara de mudar de forma.
— Gatinho, gatinho? — perguntou uma voz sensata de homem.
Dei um salto. Nenhum metamorfo passava de animal para ser humano sem tirar um cochilo. Para uma meia-forma, sim, mas homens-fera tinham dificuldade para falar.
— É — disse. — Você me pegou desprevenida. Na próxima vez, vou trazer leite e brinquedos com catnip.
— Se houver uma próxima vez.

Uma frágil aliança se forma entre Kate e Curran, já que o quer que tenha matado o cavaleiro místico anda agora perseguindo Kate e o Bando. Alguns momentos eu achava que o Curran ia estrangular Kate e o jeito desbocado dela. Eu dei boas risadas em como ela é ousada em desafiar um dos seres mais poderosos que ela já topou. #eurionacaradoperigo



Assim que comecei a ler o livro fiquei um pouco perdida, não existe uma explicação muito detalhada sobre como é o mundo pós-magia, isso vai acontecendo ao longo do livro. E eu gostei que foi assim. Logo estava ambientada. A trama demora um pouco a se desenrolar, mas quando pegou gás foi demais. Ainda bem que não desisti de ler esse livro, estaria muito arrependida de não ter conhecido Kate e Curran. #melhorcasalever

O que me ganhou mesmo nesse livro foi sua protagonista. Como eu sinto falta de uma protagonista mulher que não seja chata! Na grande maioria de livros que temos como protagonistas mulheres, os que eu li pelo menos, elas são irritantes, chatas, um tanto birrentas, sempre o coadjuvante na trama é melhor na maior parte das vezes. Aqui Kate não tem nada de frágil, chata. Ela é irritante, debochada e sem filtro para seus inimigos, pois tem a mania de debochar de todos. Ela é feroz, sarcástica e muito inteligente, não se leva muito a sério, apesar de saber do seu poder. Tem sempre uma resposta na ponta da língua pra desconcertar e enfurecer.

E não posso esquecer de falar do Senhor das Feras, Curran #homãodaporra. Forte, severo, comanda o Bando com punhos e garras de ferro, tem um humor tão ácido quando Kate, a diferença é que ele sabe segurar a língua. E bem ele literalmente é um gato, um aterrorizante leão. Senti que ele e Kate vão detonar o mundo, colocar a baixo, literalmente. O dois juntos me fizeram rir demais, e são os responsáveis pelo rastro de sangue por onde passam, em defesa deles, os malvados se atravessam nos seus caminhos.

A edição ficou bem legal, gostei da capa, muito caprichada e bem parecida com o que imagino da personagem, ficou melhor que a edição americana. Essa edição é de 2015 da editora Saída de Emergência (antigo selo da Editora Arqueiro)

A série tem 10 livros! Alguns contos e livros sob o ponto de vista de Curran. Infelizmente somente esse foi publicado aqui no Brasil, e sendo o primeiro não mostrou todo o potencial dessa série que é uma das minha favoritas, já estou indo para o 5 livro é acreditem, a coisa tá melhor mil vezes. Definitivamente eu entendi todas as avaliações maravilhosas sobre essa série.

Super recomendo esse livro, que tem uma narrativa rápida, com trama inteligente e personagens que te conquistam, com ótimas tiradas de humor num mundo transformado pela magia. O livro te faz ir do riso ao pânico em um piscar de olhos. Facilmente se tornou uma das minhas séries favoritas de urban fantasy. Alias se você jogar no google esse termo a série é uma das primeiras a aparecer tamanho seu sucesso. Leiam, leiam, leiam, vocês vão amar Kate Daniels!


15 comentários:

  1. Oie, gente pera é muita informação para minha cabeça.
    Uma espada chamada Matadora? Oi? Fiquei chocada e interessada na história de Sangue Mágico, e olha que tive a oportunidade de comprar esse livro várias vezes, agora que finalmente li uma resenha válida dele com uma protagonista forte, quero ler sim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, vc não vai achar uma protagonista mais doida como essa assim dando sopa por aí

      Excluir
  2. Olá!
    Li recentemente um livro dos autores, também sobre magia, e gostei bastante de sua escrita.
    Fiquei bastante interessada na série, pena que só o primeiro livro foi publicado no Brasil.
    Gostei muito da resenha e dos pontos pontos que você ressaltou, principalmente sobre a protagonista.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Alina! O livro que você leu dos autores foi Magia Explosiva não? Vai rolar resenha dele por aqui também!

      Excluir
  3. Oi, tudo bom?
    Não lembro se conhecia esse livro, mas a capa não é estranha. Confesso que me perdi um pouco na sinopse e tive que ler mais de uma vez, depois entendi um pouco mais e já fiquei encantado. Essa trama de magia e tecnologia é muito legal e já estou com vontade de conferir todo o desenvolvimento. Bom saber que a protagonista agrada também, ponto positivo para a história.
    Até mais o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Felipe!
      O ponto positivo maior dessa série é a protagonista, ela traz força e vida de forma maravilhosa pra série.!

      Excluir
  4. Oiii Fernanda tudo bem?
    Fiquei extremamente interessada e envolvida nesse livro, principalmente por ser de magia e abordar sobre isso no livro, diante da tecnologia e que o mal também poderá vir a ocorrer com ela.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Morgana, os autores criaram uma ideia maravilhosa, onde na maior parte das vezes a magia está deixando o mundo, eles fizeram o caminho oposto.

      Excluir
  5. Olá
    Nossa a sua resenha me deixou curiosa, tenho uma amiga que tem esse livro e acho que vou pegar emprestado, a minha amiga não tinha gostado da leitura, mas acho que vale a pena arriscar. Nunca li nada do tipo assim, e acho super legal personagens femininas desse tipo.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Arrisque mesmo! De inicio por se tratar de um mundo novo, vc fica meio perdida com as poucas informações iniciais no começo do livro, isso tudo vai se ajustando ao longo da história, fazendo com que vc sinta que o mundo já é do jeito que é e vc caiu nele e agora precisa correr haahaha

      Excluir
  6. Oi Fernanda, tudo bem?
    Que pena que ainda não publicaram os outros volumes da série aqui no Brasil. O que me desanima em séries grandes é que geralmente os primeiros são bons aí chega um momento e a trama começa a se arrastar, só pra ter mais livros, fiquei feliz em saber que pelo menos até o quinto o enredo ainda está bom. Enfim, achei a protagonista bem interessante, acredito que realmente é possível dar boas gargalhadas junto a ela. VOu anotar a dica aqui, espero ter a chance de ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anna, eu fico triste que lançaram somente um, porque essa série me surpreendeu, as tramas e a narrativa dos autores fica melhor a cada livro que passa! Já estou no 4 livro, lendo em inglês, e vivo com o coração na mão! Esse é um caso raro.

      Excluir
  7. Oi Fernanda!
    Eu gosto bastante de histórias de fantasias, mas não conhecia essa série. E que série, né? 10 livros??? Meu deus! E infelizmente só foi publicado esse...
    Achei interessante a premissa e sempre gosto quando descubro que a protagonista é fodona. Apesar de ainda não termos o suficiente, a quantidade está aumentando e isso é muito importante.
    Adorei a sua resenha!
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Protagonista e parceiro são super fodões, adoro ambos. Essa série me pegou por aí. Adoro o estilo paranormal mais moderno!
      bjs

      Excluir
  8. Oie
    muito legal sua resenha, ótimo saber que é uma narrativa tranquila e uma história que prende, não sei se leria por agora pois é bem fora do que costumo ler, ainda assim cogitarei alguma hora, boa dica

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir

TOPO