Resenha: Para sempre minha Garota (Beaumont #1) – Heidi Mclaughlin

19 comentários

Não era para eu ser um rock star. Minha vida já tinha sido toda planejada para mim. Jogar futebol americano na faculdade. Entrar para a NFL. Me casar com minha namorada do colégio e viver feliz para sempre com ela. Parti o coração de nós dois quando falei que estava indo embora. Eu era jovem. Tomei a decisão certa para mim, mas a decisão errada para nós. Coloquei toda a minha alma na minha música, mas nunca a esqueci. Seu cheiro, seu sorriso. E agora eu vou voltar. Depois de dez anos. Espero que possa explicar tudo isso, depois de tanto tempo. Ainda quero que ela seja para sempre minha garota.

Olá Leitores!
Esse romance contemporâneo foi uma história bem inesperada, claro positivamente. Não sabia nada sobre o livro e comecei a ler aleatoriamente e tive uma grata surpresa.

Vamos conhecer um casal que se conheceu na adolescência onde tudo é mais intenso, e onde brotou um amor verdadeiro e especial.

Liam é o melhor jogador de futebol americano e no ensino médio esta se destacando no esporte para conseguir sua bolsa de estudos na faculdade, bem americano não? Josephine, a líder de torcida mais bonita chama atenção de Liam, eles começam um relacionamento, com direito a noite no baile, namoro nos corredores da escola e a descoberta da “primeira vez” juntos.

Liam e Jossie tem seus amigos Nick, Katelyn e Mason que são os personagens secundários, mas que tem toda uma história importante na narrativa. Mas apesar de todo amor que Liam diz sentir por Jossie, ele acaba indo embora de Beaumont deixando sua garota pra trás sem pensar duas vezes, sem nenhuma explicação lógica, apenas desaparece.  

“Quando as coisas mudaram pra mim, eu queria morrer,mas Katelyn e Mason estavam sempre junto comigo, na minha cola, o amor da minha vida não tinha morrido, ele apenas decidiu que eu não era mais o que ele precisava na vida, e foi embora”.
Dez anos se passaram, Liam agora é um Rock Star bem sucedido, famoso e rico, mas notícia de que seu amigo morreu o fez parar e voltar para a cidade onde ele largou tudo e todos incluindo sua tão amada namorada de adolescência, Jossie, o qual ele se arrepende amargamente de ter deixado para trás durante tantos anos.

Ao chegar em Beaumont para o funeral, ele reencontra seus velhos amigos, incluindo Jossie que está em outro relacionamento com Nick, que também é um conhecido seu. Mas a surpresa maior é ver um garotinho que é a cara de Liam junto a sua antiga namorada, poderia ser seu filho? 

“ Ele é pequeno e seu cabelo mais longo que o normal para meninos de sua idade. Eu olho o menino, realmente eu volto a olhá-lo de novo. Seu cabelo escuro , seu queixo alongado e seus olhos azuis penetrantes. Não pode ser.”
A partir daí sentimentos passados vem a tona e Liam decide ir atrás desse história para saber se o garoto é mesmo seu filho e se há ainda alguma esperança de Liam correr atrás do tempo perdido, conquistando Jossie e se redimindo de todos os erros que cometeu no passado. Mas será que isso é realmente justo? Visto que ela construiu um novo relacionamento com um cara que a ama e ama seu filho, será que ela não vai sofrer com esse retorno? 

A história vai ficando mais intensa a cada página, sofrida e muito conflituosa, e a todo momento o leitor se pergunta: você perdoaria seu grande amor pelo erro do passado  e o daria uma segunda chance? Abandonaria seu noivo que foi aquele que assumiu seu filho e te ama apesar do seu passado? Acha que as pessoas podem ter um arrependimento tão grande, sendo capaz de mudar?

“ Eu nunca pensei que eu iria sentir nada por Liam novamente, esses sentimentos tinham sido mortos a muito tempo e então eles começam a vir novamente...”
O livro é narrado em primeira pessoa, alternando entre Liam e Jossie nos deixando saber a visão de cada um, uma narrativa que amo ler e que nessa história em especial deu um toque a mais, deixando tudo mais intenso e pessoal, pois podemos ver o que ambos estão sentido, suas mágoas, arrependimentos e é claro suas dúvidas.

Eu como uma romântica, não nego que acredito em segundas chances e recomeços quando o assunto é amor, penso que a família merece o perdão e uma nova história. Essa é uma opinião polêmica? É sim, eu sei! Mas o que fazer quando ainda se ama aquele que errou? 

Para sempre minha garota é um livro para leitores românticos, e que querendo faz você pensar o que faria no lugar da protagonista. Eu adorei essa leitura, a história é completamente fluida e rápida de ler, não tem nada de clichê na história e achei toda a trama surpreendente, agora estou louca para assistir o filme e também ler o próximo livro "My Unexpected Forever"


19 comentários

  1. Parece ser muito fofinho o livro, e ainda tem filme!!! adoro <3

    ResponderExcluir
  2. Ahhh, eu já vi um filme todinho na cabeça! Quero MUITO ler e conhecer a história antes de assistir, haha. Amo enredos do tipo, que nos trazem essa sensação de que um amor de verdade dura mesmo depois de tantos anos, e ver o rapaz lidar com uma situação assim parece ser incrível de acompanhar! :)

    ResponderExcluir
  3. Olá, achei linda a capa do livro mas acho que não faria a leitura, não curto muito romances e pelo que vi desse livro ele parece ser um romance que chega a ser clichê demais,quando me aventuro nos romances quero ver algo diferente,que me prenda, algo nunca visto antes, bjs

    ResponderExcluir
  4. Apesar de gostar do estilo do livro, acho o enredo muito Teen e ultimamente estou querendo mais dramas, o que não significa que eu não leria. Ainda mais se considerar a intensidade que você mencionou o enredo ganhar. Tenho umas opiniões peculiares quanto a segunda chance, para você ter ideia eu sou casada com meu ex-marido rsrs. Deu pra perceber o que acho disso né.?!

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Assim como você, assumo que sou muito romantica sim, e com orgulho! Hahah esse seria o tipo de leitura que me faria suspirar, só o fato de ser narrado por ambos deixa tudo tão mais real para quem lê, né? Eu adorei as fotos tiradas por você e sinceramente espero ler em breve.

    ResponderExcluir
  6. A história parece ser mesmo daquelas apaixonantes e que te prendem até o último ponto final.Sei que não é do seu feitio dar spoilers, mas poderia me contar se o garoto é realmente filho dele ou me fará ler o livro? É brincadeira, anotei a recomendação e espero adquirir minha cópia em breve.

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bom?

    Eu já li vários romances com essa temática, de mocinho que abandona o amor da sua vida para seguir o sonho, volta para a sua cidade natal e se depara com ela e um filho que nunca soube. Eu só perdoo quando a história consegue se desenrolar d e uma maneira que eu consigo entender os motivos do personagem e acho que ele merece uma segunda chance. Fiquei em dúvida com esse, ainda mais vendo que ele ficou dez anos longe, é muito tempo para não entrar em contato e saber o que está acontecendo. Fiquei ainda mais apreensiva por ver que ela está em um relacionamento, com um cara que (aparentemente) é bom e que assumiu um filho que não é dele. Depois da sua resenha, estou curiosa para ver como a autora desenvolveu tudo isso, mas não vou criar muitas expectativas.

    Enfim, adorei a postagem e agradeço a indicação, mesmo assim :)
    Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?

    Eu tinha visto esse livro, mas não me interessei. Lendo sua resenha, mudei completamente a opinião e quero esse livro para ontem! Livros com essa temática me anima muito! E é sério que tem filme? Vou anotar a dica, para depois que ler, poder assistir. E são quantos livros?

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi.
    Eu ia falar mesmo que o enredo é bem cara de filme. Sendo sincera, eu gosto desse tipo de enredo em quando a narrativa é bem levinha. Não gosto muito quando a narrativa é carregada de drama, acabo ficando agoniada durante a leitura e com dó dos dois... kkkk. Mas vou querer assistir ao filme.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Olá! Não conhecia essa história, mas me interessei muito lendo a sua resenha e conferindo suas impressões, sem dúvidas, darei uma chance futuramente. Estou precisando de livros que me arranquem suspiros, rs. Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oi, Keyla! Não sabia que o livro teria uma continuação!
    Eu gostei do enredo e já tem um tempo que gostaria muito de ler o livro, porém eu acho o livro impresso um tanto caro e a editora não disponibiliza o e-book. Uma pena, porque terei que aguardar uma bela promoção. rsrs
    Bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  12. Oii Keyla, tudo bem? Gostei muuuito da sua resenha e conhecer melhor esse livro! Vi algumas pessoas comentando sobre ele e fiquei curiosa. Tenho lido muito pouco do gênero, mas nessas últimas semanas a vontade de ler romances fofos tem voltado... Vou dar uma chance a esse aqui :D

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Eu estou louca para ler esse livro. Uma amiga me recomentou, mas confesso que no começo achei que era uma leitura bem clichê. Porém, fui lendo mais sobre ele e todo mundo fala que não é.
    Fiquei muito feliz de saber que você também não achou o livro clichê e, pelo contrário, gostou muito da leitura. Eu também acredito em segundas chances e adoro romances que envolvem perdão e recomeços. Então, por tudo que você falou, acho que irei amar essa leitura.
    Adorei a resenha e espero ler este livro em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. É muito complicado esse dilema entre seguir seus sonhos sem olhar para trás ou se acomodar com o conforto que se tem agora. Achei a atitude do protagonista muito corajosa, embora outra parte dele tenha sido afetada, mas não podemos ter tudo ao mesmo tempo né? Saber que, após conquistar seu maior sonho, ele voltou para conquistar seu único amor é tão egoísta quanto não egoísta hahahaha. Gostei muito da dica, lerei assim que puder pra saber como isso tudo termina.

    /Juliane
    Ler, Resenhar e Postar

    ResponderExcluir
  15. Oiii!!
    Não conhecia esse livro ainda e achei a história interessante, principalmente por ter dois pontos de vista na história.
    EU não perdoaria uma pessoa ir embora e voltar muitos anos depois e querer se reaproximar. Comigo não rolaria e não apoiaria algo sim. Gostei da sua resenha, mas acho que não leria, pelo menos por enquanto.
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Keyla, vem aqui me abraçar porque eu também acredito em segundas chances e em perdão. Achei a premissa bem bonita e fiquei curiosa com o desenvolvimento do enredo. Quero ler.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Olá,

    Confesso que história com esse enredo não me chama tanto a atenção, mas a sua resenha foi de total importância para a minha curiosidade. Anotei a dica para leituras futura, pois irei conhecer mais da história para não me arrepender! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  18. Olá Keyla!!!
    Eu sou uma romântica assumida e tenho uma queda por rockstars, afinal eles sempre me deixam maluca rsrsrs
    É interessante que só pela sua resenha você me fez pensar e me questionar sobre tudo isso que você apontou e que o livro traz.
    É um livro que entra pra minha lista e que estou curiosa pela adaptação ^^

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Olá.. ah meu Deus que livro lindo, que capa apaixonante...
    Você fez meu lado apaixonado ficar com os olhos brilhando enquanto lia a sua resenha e já imaginando cada página desse livro.
    Que coisa mais linda!!
    Quero... quero... quero!
    Eu também acredito em segundas chances, acredito que um erro do passado existe a possibilidade de ser revisto e reparado. Eu ainda acredito no amor e livros assim que servem para esse proposito ainda mais.
    Vi que você disse que não ve a hora de assistir o filme... tem um filme??

    beijos
    http://www.livrosetalgroup.blogspot.com.br

    ResponderExcluir