31 janeiro 2018

Resenha: A vida sem filtros - Nah Cardoso

em 31 janeiro 2018

1 comentário

Já imaginou como seria viver a vida sem filtros?
Não, não estou falando dos filtros das redes sociais. Estou falando de algo mais profundo, de algo que todo mundo faz e nem percebe: dos filtros que a gente coloca no dia a dia e que dificultam a nossa vida. Quem me vê nas redes sociais com milhões de seguidores, pode ter uma primeira impressão: ela é tão segura, não deve sentir medo, nem ficar triste, deve ter uma vida perfeita. Mas você já parou pra pensar que eu não sou diferente de você? Eu sinto tudo isso que você sente. O que aprendi ao longo dos anos, foi retirar todos esses filtros. Não é uma tarefa fácil e muito menos rápida, mas vale muito a pena. Você pode não acreditar. Mas não foi por acaso que de tantos livros você escolheu justo este aqui. Sentimos as mesmas coisas, passamos pelos mesmos problemas e lidamos com o mesmo mundo. Mas não se engane, este livro não é sobre a Nah que você acompanha nas redes sociais. É sobre você. Sobre nós! Afinal, estamos conectados.



*Livro de acervo pessoal da blogueira* 

Olá leitores

Para quem não conhece a Nah Cardoso, ela é uma youtuber e blogueira que compartilha sua vida, moda, maquiagem, bate-papo, enfim aquele tipo de influencer que as adolescentes adoram.

Para começar a entender esse livro temos que ter a informação que Nah Cardoso participa de um programa de estudo que chama-se "Coexiste”, ela escreveu esse livro para poder divulgar e compartilhar sua experiência com o que aprendeu nesse programa. Confira o site.

A COEXISTE é uma empresa de cursos e treinamentos e também consultoria empresarial e comunicação.
Aparentemente, nada de novo, na verdade, tudo novo. Em um mundo de ilusões, somos a verdade; em um mundo de competitividade, somos o servir; em um mundo de diferenças, somos o reconhecimento da igualdade; em um mundo de indivíduos, somos a unidade.

Nah começa seu livro descrevendo como começou sua vida de blogueira e como apesar de tantos seguidores, alias são mais de 10 milhões em todas as redes sociais, é um ser humano como qualquer outro, que é insegura, medrosa, tem momentos de baixa autoestima como qualquer outra pessoa, e ela chama esses maus sentimentos de “filtros”.

“Você já se sentiu que não tem propósito, que não tem função,que a vida é isso aí e ...acabou? Ou sei lá, já se sentiu não importante”


Os filtros são os pensamentos negativos que esses sentimento de medo, insegurança, baixa autoestima podem desencadear. Ela então começa a dar relatos de sua vida onde ela passou por situações onde o filtro sempre se fazia presente.

“Mas, vi que no medo, eu não resolvia nada, ficava no mesmo lugar,sem saída. Eu vi que eu estava num looping de pensamentos que eu criava, e que ao contrário do que eu queria, me levavam para longe das pessoas”.
Num determinado ponto do livro ela apresenta esse programa em que ela participa, o coexiste, onde ela e outros youtubers também fazem parte. Ela não define com exatidão o que realmente é esse programa, se é um curso apenas ou uma religião, seita, um mental coach, algum tipo de estudo tipo cabala, estilo de vida ou algo parecido com o sistema do seicho-no-ie, enfim, me pareceu uma mistura de tudo porque ela conta que tinha muitas dúvidas filosofias daquelas “de onde viemos, para onde vamos, qual nosso papel nesse mundo?”. E então ela encontrou esse programa que tem o slogan de divulgação a frase: “ Eu sei a verdade, meu celular é...”

O livro esta cheio de fotos de Nah Cardoso, muitas frases motivacionais, com muitos desenhos e uma linguagem bem cibernética, ela escreve no livro assim como ela fala nos vídeos ou escreve na internet, com “hahaha`s e gírias como: “mano do céu, tipo assim” e entre outras gírias usadas pelos jovens que são seu público alvo.


Basicamente, Nah conta sua experiência com os filtros e situações onde ela aplicou o estudo do coexiste para sair desses filtros de forma plena e dá dicas de como agir em situações onde você leitor se encontrar em pensamentos “filtros” que te dão um desgaste emocional.  O livro é bem juvenil e com linguagem semelhante o conteúdo tem como objetivo falar sobre sentimentos negativos e onde ela achou a “solução” de controla-los.

Eu adquiri esse livro para minha filha, mas na curiosidade acabei lendo também e infelizmente não achei que a leitura foi pra mim mesmo, mas jovens com certeza vão gostar da leitura, principalmente se já acompanham a blogueira, com as experiências da Nah eles podem aprender a lidar um pouco mais com esses pensamentos negativos, e também a trabalhar outros temas que a autora aborda nesse livro.

Mesmo não gostando do livro recomendo muito para os jovens, para os que acompanham a blogueira. É um ótimo livro para presentear, principalmente por toda qualidade gráfica que ele possui, uma diagramação interna linda, que vai com certeza encantar os leitores mais jovens.



Um comentário:

  1. Parece interessante para quem gosta dessa temática, alias o livro pelo menos é bonitinho rarara

    ResponderExcluir

TOPO