07 dezembro 2017

Resenhas: Tycoon - Katy Evans

em 07 dezembro 2017

1 comentário

Ele nem sempre era tão rico. Isso é quente. Isso é difícil.
Aaric Christos era um homem que me protegeu. Me queria. Talvez até me amei.
Esse homem se foi.
Em seu lugar é o magnata imobiliário mais poderoso da cidade.
Ele é um homem de negócios frio, implacável e agressivo.
O único que pode me salvar e meu arranque da ruína.
É preciso cada grama de coragem para colocar meu orgulho de lado e pedir sua ajuda.
Não esperava que ele oferecesse facilmente.
E ele não.
Em vez disso, ele me mostra mais forte do que ele foi examinado.
Não investir no que você não conhece, diz ele.
Ele está avaliando cada parte de mim, até o ponto em que nunca me senti tão nu.
Eu anseio pelo menino que eu já conheci, cujo toque uma vez me desejava.
Colocar tudo na linha valerá a pena, eu digo a mim mesmo.
Até que eu percebesse - tarde demais - que não valem a pena alguns riscos.



*E-book de acervo pessoal da blogueira* 

Vou logo dizendo aqui o quando eu posso ser uma pessoa superficial. Cara olha essa capa?!!! Vê se não dá vontade de beijá-la! Então, nada mais natural eu ter escolhido o livro por ela.

Nesse livro vamos conhecer a história de Aaric Christo e Bryn. Os dois se conhecem na adolescência onde tudo ficou velado entre eles, aquele ensaio de que vai e não vai sabe? Ficou no ar tudo o que podia ter acontecido entre eles. Quem aí não se lembra dos crush da escola??

"A batida do meu coração acelera quanto mais me aproximo. Aaaric o menino teria feito eu me sentir segura, mas Aaaric o homem faz eu me sentir como um peixe no anzol."
Bryn está no limite. Ela vem tentando conseguir capital para seu aplicativo e Aaric é sua ultima alternativa Aaric saiu de um rapaz pobre de uma cidade pequena para se tornar um grande investidor de ideias originais em NY. Nada lembra o rapaz que Bryn conheceu. Hoje ele está maduro, dono de si, e muito, muito rico e mais gostoso ainda

E é nesse quadro, onde Bryn hoje é quem precisa de ajuda que os dois se conectam novamente.Bem aqui eu suspirei de alivio, pois a autora não caiu na tentação de fazer a famosa chantagem e frescura de: me dá que eu te dou - pausa por que tem até livros que colam e né? tem gosto pra tudo.Me condenem se eu já não adorei livros assim rrsrsrsrs. Aqui o nosso mocinho é profissional e realmente se interessa pelas ideias de Bryn.


"E quando ele olha para mim, às vezes, é como se ela ainda fosse o menino que tinha uma queda por mim, eu me derreto. Eu senti falta desse cara."




Mas nem tudo são flores e ela vai ter que trabalhar nesse projeto direto com ele, e aguentar toda atração que foi negligenciada entre eles anos atrás. Pena que o gato tem namorada. Os bons sempre estão tomados né? rsrsrsr

O romance entre eles vai acontecendo lentamente e num ritmo gostoso. Com muita sensualidade, uma pitada de hot, mas nada exagerado. Sem muitos grandes dramas e reviravoltas. Nada de mocinho ogro aqui. Aqui temos duas pessoas que se amam e tem uma segunda chance de fazer dar certo. Agora vai meu povo, dessa vez dá certo!


"Sempre houve um você e eu. Exceto só você e eu sabemos disso. Só você e eu sabemos de todos os toques que nunca aconteceram. Todos os beijos que nunca tivemos. Todas as danças malditas que eu não dancei com você."
O livro é escrito em primeira pessoa, na maior parte pelo ponto de vista da Bryn. Temos um verdadeiro romance florzinha bem gostosinho de devorar numa tarde de sábado. Li esse livro em poucas horas e foi um refresco entre livro intensos. As vezes um livro mais neutro te faz ganhar um fôlego. Certos livros tem o papel de entreter sem muita pretensão e esse foi um.
Para quem procura um romance leve e fofo, como mocinho apaixonada e uma protagonista que não desiste dos seus sonhos, Tycoon é uma boa pedida. O livro está disponível apenas em inglês e é livro único (mas talvez tenha um com os amigos dos personagens), e para quem não gostou dos outros livros da autora vale a pena dar uma chance a este, pois ela amadureceu muito sua escrita e colocou um casal que possui realmente uma química incrível e é completamente apaixonante.



Um comentário:

TOPO