13 dezembro 2017

Resenha: Prince of Thorns (Trilogia dos Espinhos #1) -Mark Lawrenc

em 13 dezembro 2017

5 comentários

Tem início a Trilogia dos Espinhos: Ainda criança, o príncipe Honório Jorg Ancrath testemunhou o brutal assassinato da rainha-mãe e de seu irmão caçula, William. Jorg não conseguiu defender sua família, nem fugir do horror. Jogado à sorte num arbusto de roseira-brava, ele permaneceu imobilizado pelos espinhos que rasgavam profundamente sua pele, e sua alma. O príncipe dos Espinhos se vê, então, obrigado a amadurecer para saciar o seu desejo de vingança e poder. Vagando pelas estradas do Império Destruído, Jorg Ancrath lidera uma irmandade de assassinos, e sua única intenção é vencer o jogo. O jogo que os espinhos lhe ensinaram.



*Livro de acervo pessoal da blogueira* 

Queridos leitores, quando me deparei com essa sinopse fiquei louca para ler essa trilogia, afinal temos uma história épica e um protagonista bem diferente do que estamos acostumados a ler, mesmo no gênero fantasia. Então ao embarcar em Prince of Throns minhas expectativas estavam bem altas, e todas elas foram satisfeitas com louvor.

"A guerra meus amigos é algo belo. Aqueles que dizem ao contrário não sabem o que estão perdendo"
Jorg Ancrath é um protagonista bem ambicioso e determinado, não é que ele queira conquistar o reino do seu tio apena por poder, ele o quer com propósito de causa, seu tio assassinou sua mãe e irmão brutalmente e ele além de presenciar tal cena foi alvo mas conseguiu sair quase ileso, porque ele voltou mas não do mesmo jeito. Ele ficou presos aos espinhos e desacordado e isso bastou para que os assassinos o dessem como morto.

Jorg descobre o porque tudo isso aconteceu e decide por conta própria vingar-se de todos os envolvidos não importando-se quem sejam. Ele então reúne os encarcerados do reino do seu pai( que são os personagens secundários da trama), consegue fazer com que o respeite e monta sua tropa mais do que cruel para conseguir o que quer, vingança! 

Ao descobrir a causa de tudo, do crime contra sua mãe e irmão é impossível não deixar de torcer para que Jorg alcance sua vingança mesmo de forma tão sanguinária para uma criança de 14 anos.

"Gemt fazia questão de opinar sobre tudo. 'Você num devia jogar os corpos no poço, vamos ficar com sede'. 'Num devia marar o padre. Vamos ter azar a partir de agora'. 'Se a gente pegasse leve com ela, podia pedir resgate ao Barão Kennnick'. Eu só queria atravessar sua garganta com minha faca. naquele instante mesmo."
A história mostra que Jorg não esta para brincadeira, ele apesar de sua pouca idade , tem um nível de crueldade ferina, junto com sua tropa de renegados arruaçam por onde passam, são temidos e começam a amedrontar o reino de seu tio.Creio que no fundo Jorg não tem um coração de pedra, ele apenas sofreu e quer extravasar seu ódio, mas tenho esperanças que nos próximos livros ele possa ser um futuro rei inestimável ao seu reino.


O livro é narrado em primeira pessoa, contada pelo próprio Jorg, tem a ilustração do mapa onde tudo acontece e é alternado em passado e presente, onde você acompanha o que o personagem esta fazendo e as lembranças dolorosas do passado explicando muitas das atitudes de Jorg.
"Os espinhos me ensinaram o jogo. Fizeram-me entender o que todos esses homens sérios e carrancudos que lutaram na Guerra Centenária ainda precisam aprender. Você só pode vencer o jogo quando entende que se trata de um jogo. Deixe um homem jogar xadrez e diga a ele que todos os peões são seus amigos. Diga que ambos os bispos são santos. Faça-o lembrar de dias felizes à sombra das torres. deixe-o amar sua rainha. Veja-o perder tudo. "

Apesar de ser um livro mais focado em uma fantasia épica repleta de guerras, temos também um belo romance e não dá pra deixar de torcer por ele. Adoro livros que contemplem tão bem assim a temática da guerra em reinos medievais, eles sempre me prendem e me deixam eufórica a cada página, e aqui não foi nem um pouco diferente, quando vi já estava no final e ansiosa para ler o próximo volume.

Falando em edições da DarkSide Books, não podemos esperar nada menos que um exemplar maravilhoso, a capa dura com uma ilustração de encher os olhos de qualquer amante de livros. Além de cada começo de capítulo temos um ramo de espinhos que tem tudo a ver com a trama, o acabamento em vermelho e preto... Enfim, é uma das edições mais bonitas da editora, e agora que lançaram essa trilogia em volume único estou morrendo de vontade de comprá-la.

Prince of Thorns sem dúvidas é uma bela fantasia épica que vai agradar a todos leitores, mesmo com um protagonista tão vingativo e maquiavélico nos envolvemos em sua causa e torcemos para que ele consiga o que busca, afinal ele sofreu muito na mão de seus inimigos. Estou morrendo de vontade de ler o segundo livro, pois tenho certeza que a jornada de Jorg ainda trará muitas emoções á essa trilogia e com certeza será uma história tão envolvente quanto o primeiro (ou mais). Se você gosta de fantasia esse livro é mais que recomendado!


5 comentários:

  1. Oi, realmente as edições da DS são lindas, mas foi sua resenha que me chamou para esse livro. Gostei do protagonista ser novo e mesmo assim não medir esforços para atingir seus objetivos. Com certeza quero essa trilogia. Bjs

    ResponderExcluir
  2. Estou com essa trilogia na estante há anos e até hoje não criei vergonha na cara. Comprei pq já sabia que a série era incrível e tava barata. Mas não consegui tempo pra por isso em dia. Fico feliz q tenha curtido o livro.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Sinceramente eu não consegui gostar do Jorg, basicamente porque ele é uma pessoa podre. Ele não é só uma pessoa horrível, ele quer ser ainda pior. Eu gosto da jornada de redenção dos personagens e crescimento pessoal, mas neste caso existe algo que possa redimi-lo? Pra mim, foi tudo muito incômodo.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  4. Tenho esse livro aqui e tinha muita vontade de ler, mas a colunista do blog disse que haviam muitos erros de revisão/grámatica e me desanimei bastante, apesar disso acho a edição lindissima, na vdd todas as publicações da editora são lindas
    bjos

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Que capa linda! Adoro uma boa fantasia, gostei bastante da premissa do livro é sua resenha me deixou mega curiosa!! Vou anotar a dica

    Beijokas

    ResponderExcluir

TOPO