21 dezembro 2017

Resenha: Herdeiros de Drácula - Richard Dalby

em 21 dezembro 2017

19 comentários

Drácula, de Bram Stoker, é a mais famosa história de vampiro já escrita, embora não tenha sido a primeira a descrever a malignidade dos mortos-vivos — muito menos a última.
Em comemoração aos 120 anos de publicação de Drácula, esta antologia única reúne 25 contos raros escritos entre 1867 e 1940 por autores igualmente geniais, como Sir Arthur Conan Doyle e M.R. James.
Herdeiros de Drácula é um verdadeiro banquete para todos os aficionados por literatura fantástica e sobrenatural, um delicioso mergulho na história desses seres fascinantes e assustadores.




*Livro recebido em parceria com editora*

Herdeiros de Drácula é uma coletânea de contos elaborada por Richard Dalby que reúne 25 publicações raras sobre vampiros escritas desde 1847 a 1940. Contos os quais influenciaram ou foram influenciados pelo grande clássico de Bram Stoker, Drácula. O livro reúne contos incríveis, alguns bem grandinhos outros mais finos, em forma de poema que de são ligados de alguma maneira ao vampirismo e todas as suas variações durante o século. 

Não vou falar indivudualmente de cada conto pois todos foram especiais pra mim de alguma maneira, e como eles são curtinhos é complicado falar sem dar pra vocês grandes spoilers, mas sem dúvidas os que entraram para os meus favoritos foram O Destino de madame Cabanel e O poço das lamentações. 

Uma das coisas legais de analisar sobre cada conto é como as crenças e superstições de cada época influencia nas diversas versões das lendas sobre vampiros, como os seres humanos sempre preferem nomear o estranho como algo sobrenatural e assim alimentar lendas e falsas histórias. Em alguns contos como O Destino de madame Cabanel vemos isso claramente, quando uma doença ataca o vilarejo todos preferem achar que a jovem estrangeira é uma vampira que trouxe esse mal agouro para o vilarejo à acreditar que realmente é uma epidemia. O destino desse conto é trágico, e é mais trágico ainda pensar que mesmo hoje em dia muitas pessoas agem da mesma maneira, julgando e acabando com vidas para justificar suas superstições e crenças ao invés de ver o lado lógico da coisa. 

Outro ponto interessante é que nem sempre os vampiros são aqueles seres dentudos que conhecemos como sugadores de sangue. Vemos versões como fantasmas, seres que trazem mal agouro, que sugam a vida, a energia... Sempre com essa característica de sugar algo vital para outra pessoa para sobreviver, e sempre sendo visto como seres malignos por aquele que está sendo atacado. 


A edição é outra coisa que devemos levar em conta, o livro é simplesmente lindo em capa dura com a ilustração da capa por dentro também e a cada novo conto temos uma pequena biografia do autor explicando quando o conto foi escrito e quais são seus outros títulos. Essa parte acaba sendo fundamental para que possamos entender a situação daquela época e possamos nos situar melhor na história, analisando toda a questão social, econômica, crenças e mitos daquela época que influenciaram completamente no desfecho da história.

E ainda falando sobre a diagramação da obra, é interessante analisar que ela foi disposta em ordem cronológica, assim vamos acompanhando como a lenda dos vampiros foram evoluindo a cada história, sofrendo alterações conforme as crenças de cada época e lugar em que o conto foi escrito. 




Herdeiros de Drácula é aquele livrão que assusta pelo seu tamanho mas quando você começa a ler não consegue mais parar. Para quem curte contos e curte uma boa história de terror ele é um livro obrigatório na estante, você vai querer ter essa edição maravilhosa com esses contos de arrepiar aí com você, e tenho certeza que vai adorar cada página, cada conto escrito por esses grandes autores.


19 comentários:

  1. Pois é, acho legal ver contos assim, em que os vampiros não seres mágicos ou que brilha, mas que tem até mesmo uma normalidade. Hoje mesmo existem os chamados vampiros que são pessoas que gostam de furar com agulhas pessoas e chupar o sangue, já vi em um documentário, imagina como seria visto antigamente?

    ResponderExcluir
  2. Sou apaixonada por contos, todos sabem, então fico num frenesi quando vejo isso com enredos que eu curto bastante, como é o caso de literatura vampiresca. Pelas fotos pude notar o capricho da edição, então é claro que é um livro que quero muito ler e ter na minha estante. Adorei a dica.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oie!
    Não curto muito livros de contos, mas essa edição está linda!
    O tema também me agrada bastante, então acho que daria uma chance a leitura.
    Amei seu post, incrível, como sempre <3

    ResponderExcluir
  4. Ola Sabrina lindona, cada livro da Editora fico admirando as edições maravilhosas, estou bem curiosa com os contos e temas de cada um. Esse ano prometi sair um pouco de minha zona de conforto e ler mais esse gênero. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  5. Olá, tinha ficado interessada na capa desse livro e estava curiosa para ler uma resenha dele. Eu amo contos, então, além dessa edição linda, quero muito ler esse livro por querer desvendar todas essas histórias sobre vampiros.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Nossa, desconhecia esse livro de contos, ainda mais com um conto de Sir Arthur Conan Doyle! Gostei da proposta do livro, a capa não deixa nada a desejar sobre o que esperar da obra. Vai para a lista de desejados.
    Bjs
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  7. Ooi,

    Não sou muito chegada em vampiros, mas quando juntam grandes autores assim, fica impossível não se interessar. A capa é linda, suas fotos ficaram incríveis também! Vou ficar de olho em promoções para ler logo!

    Corujas de Biblioteca

    ResponderExcluir
  8. Oi, Sabrina!
    Eu adorei essa antologia! É realmente muito legal ver como, com o passar dos anos, a figura do vampiro vai sendo modificada. Cada conto é um prato cheio para quem gosta dos sugadores de sangue de plantão haha
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Apesar de adorar vampiros nunca me ocorreu ler nada sobre o Drácula. Acho que seria uma boa experiência principalmente por se tratar de contos então daria para intercalar com outras leituras.
    Vou anotar a dica pra encaixar na listinha de indicações.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  10. Olá!

    Adorei acompanhar essa sua resenha tão minuciosa deste livro, destacando tanto os pontos sobre a trama como sobre a edição, que não dá para negar, está um luxo. Ainda não tive a felicidade de ler o clássico de Bram Stoker, mas esse é um erro que quero corrigir ainda esse ano e, quem sabe, em seguida eu leia esse livro e acompanhe a evolução das histórias vampirescas? Obrigada pela dica!

    Ingrid Cristina
    Blog Catarse Literária

    ResponderExcluir
  11. Olá! Adoro vampiros e como boa fã do clássico Drácula, claro que quero conferir esse livro. Ainda mais se tratando de contos. Como você destacou quero conferir a mudança do mito ao longo dos anos.
    beijos

    ResponderExcluir
  12. Oiee ^^
    Que edição mais linda! Eu não sou fã de histórias de vampiros nem nada do tipo (sobrenatural não é bem comigo), mas esse livro parece ser bem original em comparação aos muitos que temos hoje sobre vampiros. Acho que não o leria agora, mas eu ficaria muito feliz em ter essa capinha bonita na estante, e mais feliz ainda em sair da minha zona de conforto com um livro bom.
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br/2018/01/lancamentos-de-janeiro-editora-arqueiro.html

    ResponderExcluir
  13. Acho que só de ver o livro eu o compraria, que edição linda! As ilustrações internas me ganharam por completo! Bacana a separação por ordem cronologica dos contos e ver vampiros saindo daquele clichê de dentuços e pálidos, isso nos dá outras perspectivas. Adorei as fotos!

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Eu vi essa edição recentemente e achei ela linda. Ainda bem que não me assusto com tamanho de livro, porque fiquei bem interessada em conferir essa história, porque confesso achar muito interessante. Adorei a resenha, parabéns! Me deixou com vontade de ler, rs.

    beijos!

    ResponderExcluir
  15. Oi.

    Já tinha visto esse livro, e também li uma resenha dele. Parece ser bem legal, e sua resenha do reforçou a minha vontade de conhecer mais da obra. Dica já anotada e vou tentar ler assim que for possível.

    ResponderExcluir
  16. É a primeira vez que vejo esse livro. Amo histórias de vampiros e fiquei super curiosa pra ler ele depois da sua resenha.
    Uma coisa que me chamou bastante atenção na sua resenha foi o fato de vc falar que até hoje em dia as pessoas tomam certas atitudes de antigamente. Isso é verdade e vou ser bem sincera, isso me assusta e muito.

    Amei a diagramação desse livro. Ficou lindíssimo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo bom?
    Não sabia que este era um livro de contos e confesso que fiquei super curiosa para conferir a obra e claro, os diferentes mitos de vampiros escritos em época diferentes e influenciados pelas visões destas. Sem dúvida um livro que quero conferir. Amei a resenha!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  18. Olá Sabrina, tudo bem?
    Eu já conhecia esse livro, mas nunca tinha lido nenhuma resenha. Achei muito massa você ter dito que o livro não é cansativo e que a leitura fluí. Também gostei da questão de crenças religiosas e lendas influenciarem nos contos e como os vampiros eram representados.
    A sua resenha está, como sempre, impecável e vou anotar a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Oii, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia o livro e confesso que fiquei assustada com o tamanho e também pelo fato de ser um livro de contos, mas a sua resenha me chamou muito a atenção, principalmente por comentar que a época e as crenças influencia muito na historia, eu adoraria conferir isso no livro.

    ResponderExcluir

TOPO