30 outubro 2017

Resenha: Desejo Concedido (Guerreiras # 1) - Megan Maxwell

em 30 outubro 2017

21 comentários
desejo concedido (2)

Na Inglaterra do século XIV, após a morte dos pais, a jovem lady Megan Phillips, de vinte anos, segue uma vida tranquila, focada na educação e na criação de seus dois irmãos mais novos. Para fugir de um casamento arranjado por sua tia, Megan e a irmã, Shelma, vão para o castelo de Dunstaffnage, na Escócia, onde vive seu avô Angus de Atholl, do clã McDougall. Anos depois, durante o casamento de um de seus primos, Megan – uma mulher aguerrida, pronta a empunhar uma espada pra defender sua família e que não se dobra por nada e nem por ninguém –, conhece o temido guerreiro de olhos verdes Duncan McRae – um homem acostumado a liderar exércitos, mas que nunca esteve preparado para enfrentar o gênio forte de uma mulher. O destino trama contra (ou a favor de) Megan, que, contra a sua vontade, acaba se casando com Duncan. Conseguirão os dois se entender e seguir a vida como um casal feliz? Ou viverão às turras, como se estivessem num campo de batalha?



                                         *Livro recebido em parceria com a editora*
- Desejo que nunca queira me deixar sozinha... – Desejo Concedido.
Eu sou apaixonada por personagens fortes, acho que já notaram isso aqui no blog. Quando elas não são nada do que a sociedade espera delas então, eu vibro a cada página, e essa série da Megan Maxwell é exatamente assim, com mulheres com comportamento de guerreiras, então eu já sabia que ia gostar desde o primeiro momento.

Esse foi meu primeiro contato com uma história de Highlanders, e ao mesmo tempo que me surpreendi positivamente, alguns pontos me incomodaram um pouco (basicamente o mocinho todo hahah). Mas, vamos com calma porque esse livro tem muita parte boa.

Se tem algo que gostei nesse livro é o fato de ele ser focado em protagonistas fortes, Megan, Shelma, Gillian, Alana…. todas são mulheres que não se dobram facilmente pra ninguém, nem para os homens que ~vide regra do século XIV e daquela cultura~ não podem ser questionados por ninguém, ainda mais se estes forem lairds (chefes) de clãs. Megan é conhecida como Impaciente, e esse seu gênio acaba levando o leitor a boas gargalhadas quando ela bate de frete com Duncan. Ela cresceu sem nenhum preceito do que uma mulher pode ou não fazer, é boa para lutar com espada e outras armas, é boa com planejamento, é perspicaz e principalmente: é humilde.

Duncam é um homem de gênio forte também, que não acredita mais no amor depois que uma mulher partiu seu coração, quando ele conhece Megan ele logo se encanta com sua personalidade e também seu senso de justiça e coragem. Porém ele é um homem que não gosta de mentiras, e meus amigos… se você falar uma mentirinha que seja pra ele ou fazer algo que ele disse não… aí o homem faz um bico gigantesco, fica completamente escroto e mandão, e faz coisas terríveis com Megan. Claro que depois rola aquela tal cena de “desculpa, você me faz perder a cabeça e blá blá blá”, mas em comparação com todos os outros homens (e lairds) do livro, ele é o que mais detestei, e por isso da metade do livro pra frente eu simplesmente não simpatizei com ele em nenhuma parte mais.
- Sabe de uma coisa, Impaciente? Não sei porque gosto tanto de você. – Eu sei. Porque eu lhe dou vida.
O casal se une por um Handfasting, que é um “casamento com prazo de validade” – 1 ano e 1 dia, depois disso se o casal não quiser mais ficar junto não tem problema nenhum. E durante esse período vamos vendo como tal união vai os modificando, como o tempo vai fortalecendo aquelas pessoas e fazendo com que os sentimentos fiquem cada vez mais verdadeiros – e talvez um pouco confusos já que Duncan diz não acreditar no amor. Eu gostei muito do fato que o amor entre eles demorou um pouco mais para chegar ao ápice, afinal seria bem chato se ela logo se casasse com um estranho e se descobrisse apaixonada – igual aconteceu com Shelma –, esse foi um dos fatos que mais me ganhou nessa história.

Eles são bem quentes juntos também, afinal é Megan Maxwell que escreveu isso né mores hahahaha. As cenas calientes desse casal vão fazer você precisar de um ventilador e ainda assim a autora não exagera nessas cenas colocando-as a todo momento e descrevendo cada vez que eles transam. Isso colabora também para que a história seja bem fluida e que você não fique cansado de ler a mesma cena a todo momento.

A ambientação do livro é incrível. Eu amo romances de época porque sempre tem cenas lindas, mas depois de ler um de Highlanders com certeza vou querer ler outros pois os cenários são daqueles que nos deixam com vontade de entrar dentro do livro e viver lá pra sempre. A história se passa nos territórios da Escócia, com lindos castelos, paisagens naturais de morrer de inveja, as viagens que eles fazem são encantadoras também… E Megan consegue dar destaque a esses pequenos detalhes sem deixa-los cansativos
E um dia.... eu me apaixonei pelo verde dos campos da Escócia, pelo cheiro de urze de seus bosques, por seus lagos azuis e cristalinos, por sua bruma, e até por sua umidade às vezes insuportável.
Outra coisa que me ganhou muito nesse livro foi como os acontecimentos são bem rápidos e a autora não perde tempo em mimimi's desnecessários. São uns 5 acontecimentos importantes durante toda história, e a personagem age de forma clara, não perde tempo criando drama e planos mirabolantes e com isso tudo fica mais dinâmico, deixando o leitor curioso com o que pode acontecer depois e como os personagens vão lidar com aquilo.

Por último, tenho que dizer que os personagens secundários são tão encantadores (ou até mais) que os protagonistas. Zac com certeza ganhou meu coração pelo espírito arteiro (apesar que se fosse eu a irmã, já tinha ficado com os cabelos brancos), Shelma também é encantadora e forte, Gillian, Kieran, Axel, Niall (my crush), Marlob… são tantos personagens e tanto amor envolvido com eles que você realmente quer fazer parte daqueles clãs e ter amigos tão especiais.

Apesar de eu não ter gostado de Duncan depois do casamento, adorei o livro e também conhecer um pouco mais desse subgênero de romances de época. Os Highlanders com certeza ganharam meu amor, e Megan com sua personalidade forte entrou para a lista de personagens favoritas. Recomendo bastante o livro para um primeiro contato com historias de Highlanders, e também para quem gosta de mocinhas fortes e inspiradoras. Agora estou louca pelos próximos livros da serie que ja andei espiando e vou adorar os próximos casais.
Não vai me domesticar. Embora meu cabelo o faça recordar seu cavalo, nunca esqueça que não sou um.
                                               estrelas

21 comentários:

  1. Não conhecia essa autora e não tenho muito interesse por livros com conteúdo hot, até me surpreendi quando você citou isso na resenha. O que me faz pensar que isso faz parte da história de forma natural e não exagerado, e fora isso, as personagens femininas com personalidade forte... me interessei muito! Vou até adicionar o livro ao meu skoob, adorei a resenha.

    http://anneandcia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Estou aqui pensando se o casal estão a turras ou se entregam a paixão rsrs.
    Também gosto de protagonistas fortes, meio que cansa de mocinhas apaixonadas por duques.
    Como não conhecia a autora e sua obra, vou anotar a dica.

    Feliz Halloween
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi.

    Eu até queria ler este livro, mas como fiquei com receio sobre a escrita da autora, ainda não comprei. Já li outra série da autora, e não foi tão bom quanto eu pensei que seria. Agora que foi lançado o segundo livro, estou pensando em dar uma nova chance aos livros.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. adorei a resenha. temáticas que se passam na idade medieval, onde ainda existem guerreiros, cavaleiros, principes e princesas, sempre me fascinou. e o carinha ainda tem os olhos verdes, adoro kkk

    ResponderExcluir
  5. Oie amore,

    Vi algumas resenhas desse livro, mas nunca me chama atenção.
    A capa é uma graça, mais acho que o gênero da história não me atrai.
    Passo a dica dessa vez.
    Parabéns pela resenha!

    Beijokas!
    Blog Faces de Uma Capa

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas fiquei curiosa para ler. Apesar de gostar muito de romances de época, acho que li apenas um ambientado na Escócia. Preciso procurar outros urgente e acho que esse pode ser um ótimo início.
    Adorei saber que o livro traz personagens femininas tão fortes e determinadas, pois isso é sempre algo que conquista minha admiração. Além disso, achei legal que a protagonista não fica perdendo tempo como mimimis desnecessários, pois isso muitas vezes acaba me irritando.
    A única coisa que acho que me incomodaria é o Duncan, pois tenho antipatia de mocinhos que são mandões como ele.
    No entanto, gostei tanto da sua resenha que fiquei curiosa para ler mesmo assim. Dica anotada!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi Sabrina, tudo bem?
    Ainda não li nada da autora, mas leio sempre muitos elogios e gosto do que encontro. É uma pena que você tenha tido alguns probleminhas com relação a essa obras, mas acho que os pontos positivos superaram os negativos, principalmente, com relação a força dos personagens. Entretanto, sua resenha me apresentou algo preocupante: os personagens secundários serem melhores que os protagonistas.
    Vou ter que ler para ver o que vou achar mesmo rs.
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
  8. Olá, esse livro está na minha lista desde que eu vi uma vídeo resenha dele e fiquei super curiosa para ler.

    ResponderExcluir
  9. Li pela metade um livro da autora e nunca mais voltei porque não funcionou pra mim. Mas ela é tão elogiada e lida no mundo todo que me sinto curiosa, até porque ela é espanhola e eu adoro a Espanha.
    Adorei a resenha deste.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Tenho esse livro na minha lista de desejados mas ainda não consegui ler. Adoro romances de época e com escoceses. Já li muitos comentários sobre o livro eté agora só vi elogios.

    ResponderExcluir
  11. Oi,

    Eu amo romances de época e to muito feliz em ler sua ressenha, pois esse é um livro que pretendo ler me breve. Adoro histórias dos escoceses, Escócia é um amor e amo tudo que a envolve. Que bom que o livro tem personagens fortes, amo isso demais também.

    beiju.

    ResponderExcluir
  12. Faz muito tempo que não leio nada da Megan e veja só, ela está nadando em novos mares! Romances históricos, quem diria! Fiquei curiosa para ver como ela se sai nesse novo nicho, ainda assim, a pitada de romance quente não pode faltar né? Megan faz isso como ninguém.

    ResponderExcluir
  13. Oi,
    eu sou completamente apaixonada por esse livro e quanto ao Ducan eu entendo um pouco ele sabe, não há nada que justifique os atos dele, quero deixar claro que repudio completamente e também o odiei profundamente em alguns momentos, mas levando em consideração a ambientação do livro e ele sendo um guerreiro e líder de um grande exército, temido e tals... Enfim, eu amo o fato da Megan ser forte e determinada mas ela também era muito imprudente e não se atentava para o que estava acontecendo ao redor, percebi que a maioria das coisas que ele fez foi pra manter a pose para não perder o controle daqueles que o observavam de perto, se sua autoridade fosse questionada, não apenas ele mas todo os eu clã estaria em risco, acho que é uma questão de bom senso, existiam milhares de formas de se impor que não fosse ela gritando com ele no meio de um jantar num clã amigo, onde todo mundo ficou olhando o guerreiro fodão baixar a cabeça para a esposa. Novamente quero deixar claro que não estou justificando mas dizendo que entendo, na relação deles ambos deveriam ceder mas no começo não havia essa sintonia.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  14. Olá :)
    Eu adoro a escrita da Meghan, então acho que isso não vai me parar. Tenho esse livro desde o lançamento, mas não estava numa época muito de Highlanders, agora estou total e com o lançamento do segundo, quero ler ainda mais esse livro.
    Ansiosa para conhecer essas personagens fortes e unidas.
    Bom ainda mais saber que tem a pitadinha hot, característica da autora.
    Um beijo,
    www.segredosentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  15. Ainda não li nada da Megan, mas ja vi bastante resenhas legais sobre os seus livros e ao ler a sua me lembrou da época em que eu era fascinada por romances de época de banca. Comecei o vício da leitura por eles.

    Também adoro mocinhas determinadas. Essas mocinhas que fazem doce demais me irritam, sinceramente.

    Gostei muito da sua resenha e sou super fã da sua página.

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  16. Apesar de amar a escrita da Megan, esse livro em si não me atraiu.
    Gosto de histórias que envolvam highlanders e tudo, mas acho que todas elas estão levando a um mesmo lugar.
    Sou meio louca, né?
    Mas é o que eu tenho pensado. Sua resenha está maravilhosa e já irei recomendar para um amigo que quer opiniões antes de iniciar essa leitura.
    Beijos
    www.manuscritoliterario.com.br

    ResponderExcluir
  17. Não conhecia essa obra. Mas legal. Gosto de enredos do tipo. Só pelas suas impressões, acredito que se um dia eu a ler também irei gostar. Vou ficar de olho para quando você postar sobre os próximos da série.

    ResponderExcluir
  18. Olá...
    Eu também amo romances de época! Já li excelentes comentários sobre essa obra e a sua resenha me animou ainda mais a ler.
    Dica anotada
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Olá,

    Já li outros livros da Megan e gosto do modo como ela envolve o leitor em suas histórias. Ainda não li esse, porém está na wishlist, principalmente agora que ando lendo muito livros sobre higlands e gostando desse universo. Já li resenhas positivas e negativas sobre a obra, então acho que sei o que esperar do livro #animada.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Eu conheço a Megan Maxwell por outro gênero, mas preciso dizer que amo a escrita dela. Sou apaixonada por Outlander também, então nada que venha da Escócia no momento é novidade para mim hahaha tanto que achei sensacional essa obra ter o Handfasting e a cultura das Highlands também. Com certeza só com isso já me ganhou!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  21. Olá, tudo bom?
    Amo romances de época e nunca li nada que envolva highlanders, então fiquei bem interessada nesse, apesar do que falou sobre o mocinho - já vi que não vou me afeiçoar a ele também rs Mas assim como você, adoro protagonistas fortes, além de seu tempo e que continuam assim em momentos de crise, então vou adorar essa personagem, assim como as secundárias que você citou ♥ Amei a resenha!!

    Beijos!

    ResponderExcluir

TOPO