Resenha: Mais Uma Chance (Rosemary Beach #8; Chance # 2) - Abbi Glines

11 comentários
DSCN6130
Grant Carter fez tudo em seu poder para convencer Harlow Manning que ele era um bom rapaz. Mais do que uma fala mansa e alguém em quem pudesse confiar. Ele teve de superar sua reputação como um playboy, e sua história com a meia-irmã de Harlow, Nan, uma mulher que é puro veneno. Harlow tinha agarrado a chance, caindo duro e rápido nos braços do cara que emocionou com o seu desejo que tudo consome. Depois de uma vida de evitar bad boys como Grant, ela abriu-se para as possibilidades de amor ... Mas um segredo rasgou-os, e agora Grant e Harlow devem decidir se eles podem lutar o suficiente para fazê-lo funcionar - ou se a dor da traição tem destruído permanentemente o seu futuro.
*Livro de acervo pessoal da blogueira*
Confiram as resenhas anteriores da série Rosemary Beach na tag Rosemary Beach
Esse é o segundo livro da série Chance, com o casal Grant e Harlow, então se você não leu ainda o primeiro livro pode ser que essa resenha tenha algum spoiler, mas tomarei o maior cuidado em não contar nada que estrague a leitura pra vocês.
No fundo, eu não acreditava que ele teria força suficiente para continuar comigo. Eu não conseguia me esquecer do que ele havia me falado na última vez em que o vi. Tínhamos desperdiçado a nossa chance.
Grant é um personagem que eu gosto desde as primeiras páginas do livro de Rush, quando ele aparece na janela de Blaire e quase toma um tiro. Ele é bem humorado, não é o playboy rico milionário que fica se coçando o dia todo, é bem responsável e um amigo muito fiel. Mas no primeiro livro solo dele eu confesso que fiquei em cima do muro, pois não esperava algumas atitudes do personagem, alguns vacilos feios que o fez perder alguns pontinhos comigo. Então quando comecei a leitura de Mais uma chance foi com uma vontade imensa de que ele sofresse um pouquinho pelo grande erro que cometeu.
O livro começa com ele desesperado para falar com Harlow, que depois de ter se decepcionado com o que ele falou fugiu no mundo e ninguém o conta onde é que ela está escondida. Ele manda mensagens todas as noites pra ela, na esperança que ela esteja ouvindo e esteja disposta em perdoa-lo, e ele sabe que ela está ouvindo pois a caixa de mensagens nunca fica cheia.
De outro lado temos uma Harlow toda cheia de medos com que o futuro lhe reserva, pois algo muito grande está para acontecer em sua vida e todo mundo acha a ideia uma loucura. Ela sente falta de Grant, mas ainda guarda mágoas da reação dele com a sua doença, afinal ela não quer ficar com alguém que sente pena dela e vai tratá-la como um objeto prestes a quebrar. Mas querendo ou não ela terá que falar com Grant, e querendo ou não o futuro dos dois será definido nesta conversa.
Eu fui um cretino, um cretino insensível. Eu não a merecia, mas a queria mais do que queria continuar respirando.
Abbi Glines me ganhou nesse livro. Sério!
Se A Primeira chance eu comecei amando a história e terminei odiando o Grant, esse livro aqui foi completamente o oposto, e foi uma sensação incrível poder acompanhar uma história tão bem desenvolvida e tão ‘fora da caixinha’, ou seja, sem todos aqueles clichês que a autora vinha usando livro após livro.
Primeiro ponto que tenho que destacar é Nan, sei que posso estar colocando os cavalos na frente dos bois nessa resenha, mas eu me comovi muito com os pequenos trechos que a personagem apareceu nessa história, e acreditem, eu sou do club anti-Nan desde o primeiro livro. Eu adorei o fato de a autora parar de usar ela como gancho para as brigas, adorei o gesto dela e adorei ainda mais saber como ela se sente com tudo que está acontecendo ali, afinal seu irmão se casou e teve um filho e nem liga mais pra ela, seu pai não quer nem saber dela e seu crush, Grant, também arrumou uma mulher para construir uma família, ou seja, a coitada está sozinha (tá que ela não tenta ser legal, mas deu uma peninha nesse livro).
Você entrou na minha vida. Mudou o meu mundo. Fez eu me dar conta de que sou capaz de amar completamente. Você é minha cara-metade. É tudo pra mim. Este é o meu amor épico, e eu não posso perdê-lo.
A evolução do romance entre o casal também foi algo bem notável nesse livro, há vários problemas com que eles precisam lidar na narrativa, há várias conversas importantes que eles tem que mostram um amadurecimento bem grande dos dois, deixando pra trás aquele clichê de ter só sexo o tempo todo e depois resolvemos nossos problemas.
Podemos conhecer um pouco mais do Grant aqui também, pois no primeiro livro quem teve mais destaque com todo seu passado foi Harlow, e aqui vemos o quanto nosso mocinho é batalhador e que também não tem uma família perfeita. Sua amizade com Rush foi muito bem explorada, afinal ambos são irmãos de criação e tem um laço muito forte. Foi lindo ver isso e ainda mais lindo ver como Rush e Blaire deram um apoio incrível ao casal com tudo que eles estavam passando. 
Mais uma chance é um livro doloroso, porém lindo, é aquela mistura de morde e assopra que vai arrancar lágrimas e suspiros durante toda a leitura. Não tem como não se emocionar em diversas partes deste romance, ficar com lágrimas nos olhos em todas as cartas e principalmente ficar morrendo de receio que essa autora maquiavélica faça algo terrível com os personagens que aprendemos a amar. Garanto a vocês que vão se apaixonar ainda mais por Grant e Harlow, esse casal que em meio a tantos problemas e diferenças acabaram ficando juntos e encontrando o amor verdadeiro em meio ao caos.
Então, ame-o de qualquer maneira. Mesmo quando ele agir de um jeito maluco, ame-o. Ame-o porquê eu o amo. Porque ele me ama e porque ele não conseguirá deixar de amar você.
Então, ame-o de qualquer maneira. Mesmo quando ele agir de um jeito maluco, ame-o. Ame-o porquê eu o amo. Porque ele me ama e porque ele não conseguirá deixar de amar você.
Mais Uma Chance

ISBN-13: 9788580414837
ISBN-10: 8580414830
Ano: 2016 / Páginas: 208
Idioma: português
Editora: Arqueiro
Compre: Submarino | Amazon | Saraiva | Americanas | Casas Bahia
  Avaliação: 5/5      5 estrelas

11 comentários

  1. Abbi Glines é maravilhosa né? Estou tão feliz por ela vir ao Brasil.... Adorei o livro Mais Uma Chance, Harlow e Grant são um dos meus casais favoritos, e amo tanto a Harlow ♥ Parabéns pela resenha, adorei e concordo com tudo que disse sobre o livro!

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem ?
    Eu gostava muito da escrita da autora, mas confesso que com o passar dos livros dessa série, eu fui ficando cansada. Larguei e nunca mais peguei, ainda assim, pretendo fazer isso um dia. Eu tenho a mesma impressão que você sobre o Grant, então fiquei bem feliz em ver as cinco estrelas brilhando aí.
    Eu gosto muito de livros que me trás essas emoções, de sentir raiva e amor. Chorar e não querer parar sabe ?! Enfim, espero gostar tanto quanto você.
    Gostei bastante da resenha.
    Beijos
    www.estilo-gisele.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Sabrina,
    Já li a série Sem Limites dentro da Rosemary Beach, mas não tenho vontade de ler os outros livros da série, pois estou um pouco cansada desse tipo de livro, sabe? Fiquei contente por você ter curtido a leitura e, principalmente, por ele ser fora da caixinha, pois não esperava isso.
    Achei muito bacana o livro ser doloroso e lindo, vou anotar a dica e tentar ler, pois agora acho que vou gostar.
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá!Tudo bem?!
    O único livro que li da Abbi Glines foi Paixão sem Limites e gostei muito.Lembro que li em um dia haha.
    Conhecia sobre a história desse casal mas nunca tinha procurado,faz muito tempo que não leio nada desse tipo,irei adicionar a lista para quando voltar a ler esse estilo.
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá ♥
    Da série li só até Rush sem limites, por que achei que parava ai, mas a diva quis fazer mais então resolvi esperar ela finalizar literalmente série todo mesmo sabendo que são dois livro de cada casal. Assim como você me apaixonei pelo Grant no inicio do primeiro livro ele é um cara tão sereno e tão fiel quando o assunto é amizade. A Nan eu detesto, acho que nada vindo da parte dela me emocionaria, sério já acostumei por ela ser tão dissimulada e falsa que pra mim não vai passar de lágrimas de crocodilo. Não vejo a hora de poder fazer a leitura desse livro, amei sua resenha!

    ResponderExcluir
  6. Oiiii tudo bem???

    Já conhecia os livros da autora, mas só liguei o nome a pessoa agora quando soube que ela vem na bienal (inclusive no dia que eu irei).
    Mas acabei não realizando a leitura de nenhum deles.
    Não consigo me interessar pelo estilo. A sua resenha ficou muito boa, e até tive uma fagulha de vontade de começar a ler.
    Quem sabe essa vontade não aumente.
    Adorei a resenha.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  7. Olá!!
    Dessa série eu só li Paixão sem limites e Tentação sem limites, parei nesse mas quero muito continuar, até por que já adorei essa resenha e fiquei muito curiosa com a história desses dois.
    Vou dar uma olhada em suas outras resenhas da série.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Sabrina

    Eu larguei essa série de mão no segundo livro, achei bobo demais! Ahhahahahaah
    Eu nem lembro se esses dois personagem aparecerem nos dois que eu li, pra você ver...
    Não sabia que rolava um lance de doença e tal e até fiquei curiosa, mas o suficiente para retomar a série.
    Que bom que curtiu, espero que siga no ritmo! ;)

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Hi baby, tudo bem? não conhecia essa série de livros mas parece ser bem interessante, ainda bem que o protagonista vai se redimindo e a historia parece realmente ser bem construída, mesmo que a capa e a sinopse aponte para algo clichê! adorei sua resenha

    Lilian Valentim
    https://speakcinema.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Oi.
    Eu tenho os primeiros livros dessa serie aqui em casa, mas ainda não li.
    Sabe quando você lê vários livros seguidos do mesmo gênero e chega uma hora que tem que dar um tempo? Então, estou assim.
    Fiquei um pouco perdida na resenha porque ainda não conheço la personagens. Mas pretendo iniciar a série em breve.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Oiee ^^
    Eu só cheguei a ler os três primeiros livros da série, e parei porque vi o pessoal falando não-muito-bem da história do Woods, mas tenho muita curiosidade de ler os livros do Grant e da Harlow. Sempre gostei do Grant, desde o primeiro livro ele foi um dos meus personagens favoritos, e dizer que estou ansiosa para vê-lo se apaixonando é pouco...haha' e pelo pouco que vi de Harlow quando ela surgiu nos primeiros livros, já foi o suficiente para gostar dela.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir