31 agosto 2017

Resenha: Esposa Perfeita - Karin Slaughter

em 31 agosto 2017

14 comentários

A AUTORA DE FLORES PARTIDAS RETORNA NESTE THRILLER ELETRIZANTE
Maridos e esposas. Mães e filhas. Passado e futuro.
Segredos os unem. E segredos podem destruí-los.

Com a descoberta de um corpo de um ex-policial em um canteiro de obras, o detetive Will Trent é chamado para resolver um caso muito perigoso. Ao analisar o cadáver, Sara Linton – nova investigadora forense e amante de Will – nota que parte do sangue do presente na cena do crime é de outra pessoa. Há uma outra vítima: uma mulher, que desapareceu... E que vai morrer se não for encontrada logo.

Para piorar, o terreno pertence a um atleta rico, poderosos, com amigos no Congresso e um dos advogados mais inescrupulosos que existem. Um homem que já escapou de acusações de estupro, apesar dos esforços de Will para colocá-lo na cadeia.

Mas o pior ainda está por vir. Evidências conectam o passado turbulento de Will com o crime... E as consequências vão despedaçar sua vida, colocando Will em conflito com todos ao seu redor, incluindo seus colegas de trabalho, sua família, seus amigos e, acima de tudo, o suspeito que ele tanta procura: sua ex-mulher.


*Livro recebido em parceria com Editora HarperCollins Brasil*

"Se você ama alguém, não faz tudo que puder para machucá-lo. Não o tortura. Não o deixa aterrorizado ou faz com que viva em medo constante. Não é assim que funciona. Não é como as pessoas normais agem."

Esposa Perfeita foi lançado recentemente pela HarperCollins Brasil, e também foi relançado o livro Flores Partidas, da mesma autora, e vocês podem conferir a resenha dele aqui.

Como estes livros foram meu primeiro contato com a autora, não imaginava que eram livros com personagens diferentes, então já explicando pra vocês o babado: Flores Partidas é um livro único, e Esposa Perfeita faz parte de uma série policial chamada Will Trent, sendo o oitavo livro. Mas vocês podem lê-lo de forma independente que não atrapalhará em nada a história, assim como eu li.

A Série Will Trent foca nos casos do policial e sua equipe, e neste livro vamos acompanhar seu novo caso, um policial aparece morto em uma boate abandonada, há sangue por toda parte, um carro queimado e quase nenhuma pista de quem fez isso. Mas a cada nova descoberta um nome parece se repetir: Angie Polaski, a ex esposa tirana de Will.

Como se não bastasse ter que encarar o faro de que Angie bagunçará sua vida novamente, afinal é tudo que ela sabe fazer, esse caso também está relacionado com Marcus Rippy, o jogador de basquete famoso que se livrou de um caso sólido de estupro e agressão, o qual Will trabalhou arduamente nos últimos sete meses.

Mas como solucionar esse mistério? Porque sua ex esposa se envolveu nesse assassinato? Qual a ligação de Marcus em tudo isso? Em Esposa perfeita Karin vai nos mostrar que por trás de um corpo podem haver vários segredos loucos para serem desenterrados, e outros que nunca deveriam sair da cova.

"Sempre havia um cara esperando por ela, esperando algo dela, ansioso por ela, odiando-a. Tinha sido assim desde sempre. Aos dez anos: o cafetão de sua mãe ofereceu trocar uma refeição por sua boca. Aos quinze anos: um pai adotivo que gostava de cortá-la. Aos vinte e três: um soldado que fazia guerra no corpo dela. Aos trinta e quatro: um policial que a convenceu que não havia sido estupro. Aos trinta e sete: outro policial que a fez acreditar que a amaria para sempre. Para sempre nunca durava tanto assim."

Ler Esposa Perfeita foi uma experiência bem diferente pra mim, já que não lia um livro policial há tempos e já tinha até esquecido o quanto é legal acompanhar uma investigação e todos os mistérios que envolvem um bom crime. Diferente de Flores Partidas esse livro tem um rítmo um pouco mais lento, e demorei um pouco a me acostumar com tal escrita, mas quando a peças começaram a se encaixar eu não podia ter gostado menos.

Karin novamente aborda temas como violência a mulher/ doméstica de uma maneira crua, cruel e brilhante. Você vê o quanto o mundo é cruel, o quanto as crianças sofrem quando não tem uma família e como sofrem muitas vezes nas mãos destas que deveriam te proteger, e não te vender para um cafetão com apenas 10 anos. São temas pesados, e a autora não suaviza eles para deixa-los mais intragáveis, o objetivo é realmente o contrário: é mostrar ao leitor como é a vida real, é tocar na ferida, é mostrar como o mundo é feio e que quando você é a vítima é difícil conseguir apoio de alguém, mesmo de policial que deveriam te proteger.

Intercalando entre os pontos de vista de Will e Angie vemos um complexo crime se desenrolar, aquele que era somente um policial velho morto acaba se tornando algo mais a cada página, e você consegue enxergar a podridão do ser humano, o quanto as pessoas ricas são mesquinhas e egoístas quando a sua fama está em jogo. Elas são capazes de tudo, até trair a amizade e confiança daquela que está com você há muitos anos.

"Tempo é o que a levava a avançar. Próxima semana, próximo mês, próximo ano. Tudo que tinha de fazer era continuar correndo, continuar olhando para frente e, no final, daria a volta por cima.
Só que daquela vez, quando deu a volta, descobriu que não havia nada lá."

Uma das coisas mais interessantes deste livro é como os personagens se manipulam para conseguirem o que querem, em algum momento você vê alguns personagens como vilões, e começa a desconfiar de todo mundo porque todos os passados parecem se interligar em algum momento. Esse detalhe da narrativa é muito interessante pois instiga o leitor a pensar, a criar suas próprias teorias e principalmente a ver os personagens como humanos, afinal de contas eles são passíveis de erros e escolhas ruins como qualquer outra pessoa.

Não posso dar muitos detalhes mais do livro pois como a história é focada na investigação e os segredos que ela desenterra qualquer coisa a mais pode ser um spoiler pra vocês, mas com certeza é um livro muito recomendado. Ele é mais fraco com relação a Flores Partidas, mas ainda assim é um livro eletrizante que prende o leitor, talvez demore um pouquinho pra você entrar na história, mas pode ter certeza que quando começar não vai mais querer parar.

Com uma história cheia de mistérios Karin consegue prender o leitor e deixá-lo doido para descobrir todas os segredos que aquele assassinato trás, você vai se sentir junto a equipe de Will em cada página, vai amar e odiar os personagens principais e também vai ficar com o coração apertado com a realidade cruel que a autora apresenta das mulheres que sofrem violência doméstica ou precisam se prostituir e se drogar para conseguirem comida ou permanecerem vivas. É um livro intenso e marcante, e que vai te fazer querer conhecer todos os outros livros da autora.

"Há uma parede de dinheiro que protege esses homens. Eles não perdem coisas. Não perdem esposas. Não perdem os filhos."
 

14 comentários:

  1. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que não costumo ler thrillers e que ainda não conhecia essa obra, mas achei a premissa interessante e fiquei curiosa para saber mais sobre o envolvimento da ex esposa do detetive com o assassinato. Além disso, gostei muito dos remas que a autora abordou nessa obra, sem contar que gosto quando temas assim são abordados de maneira crua. Enfim, parece ser uma obra muito interessante mesmo, por isso vou marcar a dica.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  2. Oie, tudo bom?
    Eu adoro thrillers psicológicos e acredito que iria amar realizar a leitura desse livro! Sempre que uma história tem um tempo corrido, como esse caso de precisarem achar a mulher antes que ela morra, eu fico doida lendo! rs
    Adorei a resenha, parabéns pelo blog de nome novo <3

    ResponderExcluir
  3. Olá!!
    Livros policiais e de investigação são os meus preferidos sempre!
    Amo esse gênero e tudo que envolva esse tipo de história. Ainda não conhecia essa série, mas já vou procurá-la agora!!
    Me pareceu uma história um pouco pesada, pois acho um pouco revoltante ler sobre a violência doméstica, mas fiquei muito curiosa com esse livro.
    Um beijo

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Sabrina,
    Essa autora parece ter o dom de escrever bons livros e prender o leitor, não é?
    Adorei a sua resenha e achei ala bem completa, me deixando intrigada para saber como as coisas se desenrolam e por quais caminhos a Karin segue com a história.
    Quero ver como esses personagens manipulam e mal posso esperar pela chance de ler.
    Parabéns pelo nome novo!
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  5. Tenho lido e ouvido muitos elogios para com esta história e claro, minha curiosidade só aumenta. Adorei a resenha e espero poder ler em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oiee ^^
    Estou doida para ler esse livro, vi o pessoal divulgando bastante as duas capas (minha imaginação tinha ido à mil quando vi ambas) e, por mais que o gênero policial não seja o meu favorito, de vez em quando arrisco uma leitura ou outra, e quase sempre acabo gostando. Fico feliz em saber que você gostou do livro, apesar da narrativa um pouco arrastada no começo.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  7. Oie
    Tudo bom?
    Nossa esse livro parece ser fantástico, adoro histórias investigativas, eu piro tentando descobrir o vilão da história e seus motivos
    Vou procurar por ele e ter o privilégio de apreciar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oie!

    Já vi as capas desses livros por ai, mas não sabia realmente sobre o que eles tratavam e para falar bem a verdade não sentia interesse em realizar a leitura deles, mas agora lendo sua resenha noto que deve ser com certeza uma leitura muito boa, principalmente por ser do gênero policial que amo, irei com certeza procurar mais sobre ele para realizar a leitura!

    Bjs, vem participar do nosso sorteio! Serão 3 Ganhadores! =D http://resenhasteen.blogspot.com.br/2017/08/sorteio-do-desapego-3-ganhadores.html

    ResponderExcluir
  9. Flores partidas é um livro que está na minha wishlist faz tempo e ainda não o comprei Sempre vejo as pessoas falarem muito bem da autora e vi muito bafafá ao redor desse livro.

    Fiquei curiosa a respeito dessa obra, tenho lido alguns policiais atualmente e de fato, é muito bom acompanhar o desenvolvimento do caso! Meu gênero prefereido é fantasia... Mas tenho me rendido a policiais e esse deve ser muito bom!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  10. Ooi! Como deve ter sido legal entrar nesse clima de mentiras, morte e manipulação, goxxxto! Pelo titulo, juro que pensei que era um romance e já tava fugindo pras colinas, mas vendo que é mais uma investigação policial...Certamente leria, viu?

    Abraço!

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Livros policiais não são muito os meus preferidos não, mas estou vendo tantas opiniões positivas sobre esse em questão que estou bem curiosa para conferir. Achei muito legal saber que a cada página lida a vontade de saber como aconteceu o assassinato aumenta, já que não é algo que acontece comigo toda vez que leio. Dica super anotada!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Não sou um leitora assídua de Thillers, mas confesso que a história me interessou muito.
    Todo o clima que você descreveu fazer parte dessa trama, parece envolver muito o leitor a ponto de não querer abandonar a leitura nem para ir ao banheiro.
    Adorei a resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Hello! Bem, thrillers não são minhas leituras favoritas... mas essa me entrigou bastante! O que mais havia chamado minha atenção foram essas capas... as capas não dizem o que o livro vai passar... E, ele parece meio sanguinário e um pouquinho assustador até...O mais legal é que os personagens já tiveram um relacionamento, o que deixa ainda mais mistério ao livro... com certeza lerei! ♥

    ResponderExcluir
  14. Hello! Bem, thrillers não são minhas leituras favoritas... mas essa me entrigou bastante! O que mais havia chamado minha atenção foram essas capas... as capas não dizem o que o livro vai passar... E, ele parece meio sanguinário e um pouquinho assustador até...O mais legal é que os personagens já tiveram um relacionamento, o que deixa ainda mais mistério ao livro... com certeza lerei! ♥

    ResponderExcluir

TOPO